Rapidinhas da Boca da Noite

Rapidinhas da Boca da Noite

AZEDOU

Rapaz parece que o clima tá meio azedo entre um prefeito e um certo blogueiro acolá. Segundo fontes do blog, o negócio tá mais azedo do que limão verde e o blogueiro fobando que tem as costas quentes. Será? Sioh não cutuque a onça com vara curta.  kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

TRISTONHA

Qual é a secretária que está duidamente arrependida de ter assumido a função? A mulher pensou só na pose, se empolgou com os acordos e depois de dois meses: neca de catiriba. Não caiu uma moeda do cofre e ainda teve o salário reduzido. Oh coisa triste confiar em quem não cumpre acordo.Te iludiu Maria de Lurdes kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

PASSANDO A PERNA 1

Quem foi o pré-candidato que ganhou uma ajuda pedindo a ajuda em nome de outro pré-candidato? Sioh o cabra é o diabo…. foi lá nas terras onde o homem goza de amizade para se aproveitar disso. Que coisa! Segundo fontes do blog passou a perna no doutor kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Pense num povo unido!

PASSANDO A PERNA 2

O dito cujo também anda com a língua solta falando dos companheiros. Lá tem metido a ripa e só ele é o bonzão. Dia desses falou mal de um e não sabia que tava falando justamnete para o sobrinho de um companheiro kkkkkkkkkkkkkk Isso ainda vai dar pano pra manga… pode apostar kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

O PAPEL

Rapaz e aquele papel que o tal blogueiro-apresentador tanto mostra no programa dele que nunca diz o que é. Primeiro era pra mostrar ontem, depois disse que era hoje e agora ficou pra amanhã. O que será, que será? É o jeito aguardar! Oh! curiosidade que mata gente kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Saúde de Chaapdinha multa Caixa Econômica em R$ 75 mil por descumprimento de normas sanitárias

Saúde de Chaapdinha multa Caixa Econômica em R$ 75 mil por descumprimento de normas sanitárias

A Vigilância Sanitária de Chapadinha, com apoio da Secretaria Municipal de Segurança, acaba de multar a agência local da Caixa Econômica Federal por descumprimento das normas sanitárias de enfrentamento e combate à pandemia do coronavírus.

De acordo com o auto de infração, a Caixa foi multada por falta do uso massivo de máscaras de proteção, descumprimento de critérios e marcações para organização de filas e excessiva aglomeração de pessoas.

A multa lançada contra a Caixa Econômica de Chapadinha tem o valor de R$ 75.000,00 (setenta e cinco mil reais), pode aumentar em caso de reincidência e a Procuradoria do Municipal não descarta ações judiciais para obrigar a instituição bancária a cumprir as orientações de interesse da saúde da população.

Secom/PMAC

Fisioterapeuta aponta problemas com respiradores do Maranhão vindos da China

Um fisioterapeuta que atua na rede estadual de Saúde usou as redes para falar da sua preocupação com a qualidade dos respiradores trazidos da China para utilização em pacientes de Covid-19 no Maranhão.

O professor Daniel Lago é especialista em Fisioterapia Respiratória e Terapia Intensiva e doutor em Ciências pela UERJ. Ele sugere, numa postagem no Instagram, que pode ter faltado consultoria ao governo Flávio Dino (PCdoB) na hora de adquirir os equipamentos.

Leia o depoimento:

Não sei se por falta de orientação e consultoria adequada, o governo do Maranhão adquiriu ventiladores mecânicos desse modelo chinês.
Nunca vi e já perguntei para vários colegas do país e ninguém conhece!
Aparelho simples, sem monitorização, sem gráficos, sem recursos que permitam a mínima segurança para o paciente!
Cada dia mais tenho certeza que os gestores acham que ventilação mecânica é só soprar ar dentro dos pulmões.

—————–

Numa segunda postagem, o fisioterapeuta pontuou que sua postagem não tem qualquer cunho político: trata-se, segundo ele, de um desabafo de um profissional que lida diretamente com paciente infectados pelo novo coronavírus.

“E como profissional de saúde que lida diretamente na assistência a pacientes com COVID-19, expresso a minha preocupação!”, escreveu.

Ambos os posts contam com muitos comentários de profissionais da área de saúde do Maranhão.

‘Por ora, o sistema dá conta’, diz secretário de Saúde sobre leitos de Covid-19 no MA

‘Por ora, o sistema dá conta’, diz secretário de Saúde sobre leitos de Covid-19 no MA

De O Estado

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), e o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, traçaram ontem (15), em momentos distintos, um panorama preocupante da capacidade da rede hospitalar estadual de seguir atendendo aos pacientes de Covid-19, notadamente em São Luís, onde há mais casos registrados.

Em duas entrevistas, eles garantiram que há esforços para o aumento da oferta de leitos, mas acabaram revelando que, no ritmo atual, a capacidade se esgotará em breve, o que leva à necessidade diária de reavaliação das condições de atendimento.

Durante entrevista ao programa Ponto Final, da Rádio Mirante AM, o titular da SES sugeriu que a rápida expansão da doença na capital pode abreviar o estrangulamento do sistema, que, pelo menos por ora, ainda está dando conta da demanda. Ele reclamou de pessoas que seguem sem atender às recomendações de isolamento e distanciamento social.

“Como a gente ainda não tem uma taxa de ocupação preocupante – tanto porque a gente continua a expansão dos leitos, quanto porque eu tenho leitos da rede municipal e da rede federal que a gente não está utilizando, que vai utilizar num segundo momento -, eu posso dizer assim: por ora, o sistema dá conta. Obviamente, a gente tem que ver essa projeção semana a semana”, declarou.

Ele admitiu que situação não é de tranquilidade. Mas ponderou que “não é para ter desespero”, principalmente quando se compara a rede do Maranhão, e sua atual taxa de ocupação, com a de outros estados.

“Hoje, qual  situação? Não é uma situação para a gente ter muita tranquilidade, para dizer assim: ‘não vai acontecer nada’. Mas também não é para ter desespero”, disse, para completar: “A gente tem uma taxa de ocupação de leitos de UTI, ela é considerável, mas ela ainda não é preocupante e o sistema ainda consegue dar conta dos casos que nos chegam”.

Coletiva

O posicionamento de Carlos Lula está em linha com o discurso do governador do Maranhão. Em coletiva na manhã de quarta-feira ele também tratou do tema – e também acabou por desnudar a situação da rede estadual diante da pandemia.

Flávio Dino disse, por exemplo, que a atual oferta de leitos – seja de UTI, seja de internação normal – garante atendimento a pacientes infectados pelo novo coronavírus apenas até o final desta semana. Mas garantiu que, já na próxima haverá entrega de novos leitos.

“Nós temos segurança para afirmar a todos os maranhenses da Ilha de São Luís, que até o final de semana nós temos oferta garantida de leitos para pessoas que precisam se internar, seja UTI, seja internação normal”, destacou ele (saiba mais).

Dino acrescentou que o Governo do Maranhão prepara-se para entregar cem novos leitos exclusivos para pacientes infectados pelo novo coronavírus, o que deve garantir capacidade de atendimento por mais algumas semanas depois disso.

“Com isso, nós percorreremos mais algumas semanas”, completou, lembrando que, após esses cem leitos, haverá entrega de outros 52 leitos mais.

“Quero sublinhar: não há risco de falta de leitos na rede hospitalar estadual de São Luís até o final de semana. Na próxima semana, teremos a inauguração de novos leitos, com isso vamos readquirir a capacidade de oferta”, concluiu, pontuando que a rede de Saúde do governo tem tido apoio da Prefeitura de São Luís, com o Hospital da Mulher, e do governo federal, com o Hospital Universitário da Ufma (Dutra), finalizou.

Futuro presidente do TSE é contrário à prorrogação de mandatos…

Futuro presidente do TSE é contrário à prorrogação de mandatos…

O ministro Luiz Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), admitiu a possibilidade de adiamento das eleições de outubro, ainda que por apenas algumas semanas.

– Essa decisão não precisa ser tomada agora, mas a gente não deve fechar os olhos à realidade. Se chegarmos em junho sem um decréscimo substancial da pandemia, é possível ter que fazer esse adiamento, que não deve ser por um período mais prolongado do que o absolutamente necessário para fazerem eleições com segurança – disse o ministro, em entrevista à Folha de S. Paulo, no fim de semana.

O futuro presidente do TSE diz que, se necessário, esse adiamento será de “algumas semanas, nada mais que isso”.

O adiamento do pleito para algumas semanas depois do previsto foi cogitado pelo senador Weverton Rocha (PDT), em post do blog Marco Aurélio D’Eça publicado em março. (Relembre aqui)

Roberto Barroso é contra a prorrogação do mandato dos atuais ocupantes de prefeituras e câmaras municipais para além de 1º de janeiro de 2021, quando encerram os atuais mandatos.

– A prorrogação de mandato deve ser evitada até o limite do possível. Se ocorrer, que seja pelo mínimo tempo possível. Sou totalmente contrário à ideia de se fazer coincidir com as eleições em 2022 – opinou o ministro.

Barroso assume em 26 de maio o comando do Tribunal Superior Eleitoral (STF).

Do Blog do Marco d´Eça

Mudanças na Saúde de Chapadinha: Sai Mônica Pontes e assume Eli Monteiro

Mudanças na Saúde de Chapadinha: Sai Mônica Pontes e assume Eli Monteiro

Para cumprir o prazo de desincompatibilização do cargo para concorrer às eleições municipais, foi confirmada uma mudança no comando da Secretaria de Saúde de Chapadinha: sai Mônica Pontes e assume Eli Monteiro.

As mudanças foram efetivadas pelo prefeito Magno Bacelar em todos os órgãos comandados por postulantes que disputarão cargo eletivo. Mônica Pontes deixa o governo com visível aprovação e como uma das apostas do prefeito Magno Bacelar que superou as expectativas.

Quando assumiu a pasta havia uma certa desconfiança de críticos sobre a performance da jovem secretária, mas ela não se intimidou e contrariou as previsões de alguns que para ser bom gestor precisa ser técnico da área.

Com o aval do prefeito para trabalhar, Mônica mudou a dinâmica da rotina da saúde e se destacou como “tocadora de obras”. Para acompanhar o ritmo do prefeito, Mônica correu para concluir obras e sua gestão deixa um legado de grande prestação de serviço e entrega de obras que resolveu problemas históricos.

Ainda não se sabe qual cargo disputará, mas seja qual for Mônica está preparada, pois passou no teste e se revelou uma gestora de excelência.

Arquimedes assina decreto que regula controle de fluxo de pessoas e veículos nas divisas do município

Arquimedes assina decreto que regula controle de fluxo de pessoas e veículos nas divisas do município

O prefeito Arquimedes Bacelar (PDT), assinou nesta quarta (08), o Decreto nº 03/2020, que determina o controle de fluxo de pessoas, ônibus de viagem e turismo intermunicipal e interestadual nas divisas de Afonso Cunha.

De acordo com o ato, o controle de fluxo de pessoas e ônibus de viagem e turismo será exercido pela vigilância em saúde municipal, em articulação com os serviços de vigilância em saúde federal e estadual, e com o apoio da Guarda Civil Municipal, Agentes de Trânsito, Polícia Militar e demais forças de segurança.

Os órgãos envolvidos no controle de fluxo de pessoas poderão solicitar a colaboração da Polícia Federal e Polícia Rodoviária Federal.

Ainda de acordo com o documento asssinado pelo prefeito, o controle de fluxo será exercido por meio de abordagem das pessoas provenientes de outras localidades, as quais receberão orientações e determinações expedidas pelo serviço de saúde com objetivo de conter a contaminação pelo novo coronavírus.

Ascom/PMAC

Presos que estiverem em grupo de risco vão passar a quarentena em casa no Maranhão

Presos que estiverem em grupo de risco vão passar a quarentena em casa no Maranhão

Os detentos do regime semiaberto de São Luís que pertencerem ao grupo de risco do novo coronavírus (Covid-19) ficarão em prisão domiciliar por trinta dias, por determinação do juiz titular da 1ª Vara de Execuções Penais, Marcio Castro Brandão. São idosos, hipertensos, portadores de diabetes, doenças cardiovasculares, respiratórias ou renais crônicas, portadores de HIV, mulheres grávidas e lactantes.

Esse ano, tiveram direito ao benefício 70 internos de 10 unidades prisionais da capital maranhense. A Portaria 03/2020 foi editada a partir da listagem nominal elaborada pela Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (SEAP), em consulta aos prontuários dos internos.

Conforme o documento, durante o período da prisão domiciliar o apenado será submetido às seguintes condições: não se ausentar do endereço indicado à unidade prisional, sem justificativa ou autorização do juiz; uso de monitoramento eletrônico, em havendo disponibilidade do equipamento; e apresentar-se espontaneamente à unidade, no 31º após sua saída da unidade.

O descumprimento dessas medidas importará a expedição do mandando de prisão e abertura de procedimento disciplinar para apuração da falta grave, suspensão de benefícios e, se for o caso, regressão ao regime fechado.

Não serão beneficiados com a saída temporária os internos que não apresentarem boa conduta carcerária ou tiverem com mandado de prisão provisória. Nesses casos, deverá a unidade prisional providenciar o devido isolamento para a proteção do apenado, em conformidade com o plano de contingência do COVID-19, estabelecido pela Secretaria de Administração Penitenciária.

Enquanto Isso no Maranhão

11 anos de blog…

Editorial

O início de 2020 trás consigo a sensação do dever cumprido: 11 anos de blog. Há cada novo ano é um motivo a mais para comemorar tamanho feito desse projeto que é uma realização pessoal e o que é melhor, gozando da fidelidade plena dos nossos leitores desde os primeiros aos que seguem nos dias atuais.

Não teria como dizer que foi fácil, mas foi desafiante como tudo em minha vida. Quanta coragem para um jovem do interior ter a audácia de criar um blog para divulgar noticias, quando sequer tinha computador em casa e quando esse meio de comunicação ainda estava penetrando nas cidades do interior do Estado.Quis fazer história. E fiz!

Quando se faz as coisas com boa vontade, Deus se encarrega de ajudar e naquele tempo enviou uma “anja” para me presentear com o tal computador. “Que blogueiro é esse que não tem computador? Arruma o melhor computador pra esse menino aqui cuidar no blog dele”, disse ela na época com seu jeitão despachado a um vendedor. Na hora agradeci meio encabulado, mas em casa chorei muito. Era o empurrãozinho que eu precisava e a  gratidão que ela terá de mim para o resto da vida.

De lá para cá não parei mais de escrever e adotei a blogosfera como uma espécie de sacerdócio. Entrei na faculdade de jornalismo, tranquei e voltei de novo com vistas a aperfeiçoar esse dever diário que é redigir, que certamente é um dom divino. Passado todo esse tempo, sou grato de completar 11 anos ininterruptos de muita informação e de prazerosamente ser identificado nos locais como “o blogueiro”.

11 anos não são 11 dias e nesse meio termo também nasceu um livro que está pronto para ser lançado. Esse ano é de contabilizar vitórias que vieram a partir da arte de escrever que aprendi na Escola Chapeuzinho Vermelho. Foi sob o comando rígido, mas sem perder a ternura da Tia Graça Melo que construi o alicerce pelo gosto da escrita cultivado nas séries seguintes na Escola Magno e Escola CEM. Quem teve Francisco Lima como professor de português não pode se dar ao luxo de dizer que não gosta de redação, porque quem não gostava com certeza teve que aprender a gostar.

Por esse tempo tive a honra de ter pessoas que contribuiram diretamente com seus textos em colunas semanais, dentre eles o ex-prefeito Magno Bacelar com um quadro de sucesso e crônicas que os leitores apreciavam e correram o país. O quadro Rapidinha da Boca da Noite é sucesso absoluto, inspirando inclusive algumas imitações estilo “tabajara”, que não tiveram o mesmo sucesso, mas que valeu a intenção.

Nesses 11 anos não tivemos férias, não houve tempo para aposentadoria, não teve descanso e muito menos repouso. Alguns dias escrevendo mais, outros dias nem tanto devido a outras atribuições, mas sem abrir mão da missão.

Em um ano de grandes vitórias como esse, agradeço a Deus e aos leitores que nos permitiram chegar até aqui. Há 11 anos em Coelho Neto era só eu, hoje são vários blogueiros que junto comigo dividem a missão de informar, cada um a seu jeito, com seu estilo e com suas caracteristicas próprias.

Como bem cantou Gonzaguinha, “aquele que sabe que é negro o coro da gente e segura a batida da vida o ano inteiro, aquele que sabe o sufoco de um jogo tão duro e apesar dos pesares ainda se orgulha de ser brasileiro…. 11 anos segurando o rojão, sem fugir da fera e enfrentando o leão. E vamos a luta!

Muito Obrigado!