Fest-Show de Mara Pavanelly encerra festejo de Santa Luzia em Afonso Cunha

O palco do Balneário Prainha recebeu uma multidão nesta sexta (13), durante o encerramento da programação cultural do Festejo de Santa Luzia.

A multidão que compareceu ao evento assistiu ao Fest Show da cantora Mara Pavanelly, promovido pela Prefeitura de Afonso Cunha através da Superintendência de Cultura.

O prefeito Arquimedes Bacelar esteve presente no evento acompanhado de secretários, vereadores e assessores do governo.

Na sua fala para a multidão ele saudou a cantora, os visitantes, falou do apoio dado a programação do Festejo de Santa Luzia e das manifestações artísticas do município como um todo.

Durante o evento ele conversou com políticos, tirou fotos com populares e avaliou de forma positiva o evento. “Fechamos com chave de ouro mais um evento”, disse ele.

PROGRAMAÇÃO PARALELA

Nesse ano a estrutura do Festejo de Santa Luzia foi montada paralelo a nova praça da Comunidade, com toda estrutura de barracas no mesmo espaço mobilizando dezenas de pessoas durante os dias da programação.

Prefeito Jorge Oliveira se reúne com o deputado Márcio Jerry

O prefeito de Duque Bacelar Jorge Oliveira (PCdoB), cumpriu mais uma agenda de trabalho onde foi recebido pelo deputado federal Márcio Jerry.

Na oportunidade eles trataram de várias melhorias para o município, dentre as quais as ações de melhoria na prestação de serviço da Caema e do projeto da Estação de Tratamento de Água -ETA.

Ao final da reunião o prefeito reafirmou o compromisso do deputado federal Márcio Jerry em honrar os votos de confiança que recebeu do povo da cidade. Durante a audiência o prefeito se fez acompanhar do empresário Rildo Aguiar e do assessor Antonio Resende.

Prefeito Arquimedes prestigia final da Copa Cidade em Afonso Cunha

A Prefeitura de Afonso Cunha através da Superintendência de Esportes realizou no último domingo (07), a final da Copa Cidade.

O evento realizado no Estádio Concitão contou com a presença do prefeito Arquimedes Bacelar, do superintendente de Esportes Jane Gomes, do presidente da Câmara Pedro Medeiros e dos vereadores Manoel Gomes e Paizinho, além dos secretários Milton Bastos (Educação), Raimundo Grosso (Cultura), Tales Paranhos (Administração) e do ex-vereador Marcos Crispim.

A disputa se deu entre os times Borrusia e Os Amigos foi acirrada com Borrusia se consagrando campeão do evento. Na oportunidade houve a entrega de medalhas, troféus e da premiação em dinheiro.

“Foi mais um ano de grandes realizações para o engrandecimento do esporte de nossa cidade. Queremos parabenizar a superintendência de Esportes e seus colaboradores pelo empenho e reafirmar novas ações no próximo ano”, disse o prefeito Arquimedes Bacelar.

Ascom/PMAC

Aldeias Altas: MP denuncia nove por fraude em contrato de R$ 3,7 milhões

O Ministério Público do Maranhão ofereceu denúncia contra nove pessoas por irregularidades no processo de licitação e na execução de um contrato de limpeza urbana da Prefeitura de Aldeias Altas, em 2017. Entre os envolvidos estão empresários e servidores públicos municipais. O contrato inicial e seus aditivos resultaram em um prejuízo de R$ 3.738.027,44 no período de fevereiro de 2017 a janeiro de 2019.

Figuram na denúncia Paulo Roberto Feitosa Wanderley, Melissa Lima Barroso Moura, Milena Lima Barroso Moura, Paulo Valério Mendonça, George Luis Damasceno Borralho, Antônio José Sousa Paiva, Hidiogenes Soares Lima, Jaime Neres dos Santos e Kelliane da Silva Santos.

O pregão presencial n° 10/2017 tinha o objetivo de contratar empresa para a realização de serviços de limpeza pública em Aldeias Altas. As investigações do Ministério Público, no entanto, apontaram que o processo licitatório foi “fabricado” para dar aparência de legalidade à contratação da empresa M L Barroso Moura – ME (Impacto Empreendimentos). Outra empresa do grupo, a Impacto Construção Civil Ltda., também participou do certame.

As irregularidades surgem desde o termo de referência que embasou a licitação, no qual foram inseridas tabelas com descrição do objeto de forma genérica, para as quais o secretário municipal de Obras e Infraestrutura, Antônio José Sousa Paiva, não sabia explicar como havia chegado àqueles valores. O valor global pela prestação de serviços em 12 meses era previsto em R$ 2.566.169,00, “valor altíssimo para um município do porte de Aldeias Altas”, avalia o promotor de justiça Francisco de Assis da Silva Júnior, titular da 1ª Promotoria de Justiça de Caxias, comarca da qual Aldeias Altas é termo judiciário.

Muitos dos encargos aplicados estavam acima da previsão legal, com o objetivo de aumentar o valor estimado do contrato. Também foram criados artifícios com o objetivo de afastar eventuais concorrentes, como a exigência de que o edital fosse retirado na Comissão de Licitação do município.

A proposta vencedora, no valor de R$ 2.181.805,64, estava, portanto, abaixo dos R$ 2,5 milhões estimados, tentando demonstrar benefício à administração pública.

Já na fase de execução do contrato, verificou-se que o Município de Aldeias Altas não exercia ações de fiscalização da limpeza pública. Depoimentos também apontaram que todos os pagamentos eram realizados em espécie, um indício de lavagem de dinheiro. A gestão do dinheiro para pagamento de pessoal era feita, inclusive, na própria sede da prefeitura.

Orcrim

De acordo com o MP, a organização criminosa – que também agia em outros municípios maranhenses – era formada por três núcleos. O núcleo central era formado por Melissa Lima Barroso Moura, Paulo Roberto Feitosa Wanderley e Milena Barroso Moura, que também eram os responsáveis pela lavagem de dinheiro.

O núcleo operacional era composto por Paulo Valério Mendonça e George Luis Damasceno Borralho, enquanto o “núcleo público” era formado pelos servidores Antônio José Sousa Paiva, Hidiogenes Soares Lima, Jaime Neres dos Santos (presidente da Comissão Permanente de Licitação) e Kelliane da Silva Santos (pregoeira, filha de Jaime Neres). Esse último núcleo só teria conhecimento sobre as práticas criminosas realizadas em Aldeias Altas.

“O modo como foi operacionalizado o procedimento licitatório, bem como a fiscalização do serviço, seleção de funcionários pela empresa, pagamento em espécie realizado na sede da prefeitura e vários outros, verifica-se que os denunciados se aproveitaram da fragilizada organização administrativa do Município de Aldeias Altas para apropriarem-se de dinheiro público, em prejuízo aos cofres municipais e à sofrida população do município”, avalia, na ação, o promotor Francisco de Assis da Silva Júnior.

Hígia

O caso das irregularidades em Aldeias Altas havia motivado a Operação Hígia, em 16 de julho deste ano (saiba mais). Na ocasião, o Grupo de Atuação Especial no Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) e a Polícia Civil deram cumprimento a mandados de prisão temporária e de busca e apreensão nas cidades de Aldeias Altas, Caxias e São Luís.

Durante a operação, foram presos temporariamente Antônio José de Sousa Paiva e Jaime Neres dos Santos. Este último também foi preso em flagrante por posse ilegal de arma e o primeiro, por subtração de documento público.

Na época, as investigações já apontavam que o procedimento licitatório teria sido superfaturado e foram identificados indícios de associação criminosa com o objetivo de fraudar a licitação, envolvendo tanto a empresa vencedora e uma das perdedoras, a Impacto Construção Civil Ltda., cujo responsável legal, Paulo Valério Mendonça, recebeu mais de R$ 1 milhão da empresa M L Barroso Moura – ME.

Além disso, foi constatado que a empresa investigada também fez transferências bancárias para familiares do secretário municipal de Infraestrutura, Antônio José Sousa Paiva, e do presidente da Comissão Permanente de Licitação, Jaime Neres dos Santos.

Prefeitura de Afonso Cunha realiza capacitação do Selo UNICEF

A Prefeitura de Afonso Cunha através da Secretaria de Assistência Social realizou mais uma atividade de capacitação referente ao Selo UNICEF- Município Aprovado.

O evento realizado ontem (10), na Câmara de Vereadores reuniu servidores das secretarias de Assistência Social e de Saúde, além de membros dos conselhos Tutelar e dos Direitos da Criança e do Adolescente.

A capacitação direcionada ao atendimento a vítima e/ou testemunha de violência foi ministrado pela assistente social Carolina Lima, psicóloga Ana Lays Sá e o advogado José Diego Leal. O evento contou com a presença do prefeito Arquimedes Bacelar e do presidente da Câmara Pedro Medeiros.

Acompanhada da Articuladora do Selo Raísa Maia, a secretária de Assistência Social Elaine Cristina reafirmou o compromisso do governo do prefeito Arquimedes Bacelar não apenas na disputa do Selo, mas sobretudo com a melhoria dos indicadores sociais do município em favor da criança e do adolescente.

Ascom/PMAC

Prefeitura de Duque Bacelar realiza mais uma etapa da Copa Solidária

A Prefeitura de Duque Bacelar através do Departamento de Esportes realiza nesta terça (10), mais uma etapa da Copa Solidária de Futsal.

 O evento é mais uma ação de promoção de incentivo do esporte local e movimenta ao todo cerca de 08 equipes em sua realização.

A disputa entre Volta Redonda e Cascavel acontece no ginásio Ribamarzão, a partir das 20h:30.

Caixa começa a pagar hoje décimo terceiro do Bolsa Família

Agência Brasil

Os beneficiários do Bolsa Família começarão a receber nesta terça-feira (10) o abono natalino, equivalente ao décimo terceiro do benefício. Instituído pela Medida Provisória 898, editada em outubro, o abono consiste no benefício pago em dobro em dezembro.

Segundo a Caixa Econômica Federal, que administra os pagamentos, 13,1 milhões de famílias estão sendo atendidas pelo Bolsa Família em dezembro. Neste mês, o governo desembolsará R$ 2,5 bilhões com o pagamento do benefício deste mês, mais R$ 2,5 bilhões com o décimo terceiro.

O benefício extra será pago com o mesmo cartão, nas mesmas datas e por meio dos mesmos canais pelos quais os beneficiários recebem as parcelas regulares do Bolsa Família. Os beneficiários que recebem por meio de crédito em conta poupança ou na conta Caixa Fácil terão o valor do abono natalino creditado nas mesmas contas.

O calendário de pagamentos seguirá o dígito final do Número de Inscrição Social (NIS) do responsável familiar apresentado no cartão do programa.

Beneficiários com o final 1 serão pagos nesta terça-feira. O cronograma segue com o pagamento aos beneficiários com final 2 na quarta (11); final 3, dia 12; final 4, dia 13; final 5, dia 16; final 6, dia 17; final 7, dia 18; final 8, dia 19; final 9, dia 20, e final 0, dia 23.

Moro envia Força Nacional ao Maranhão

O ministro da Justiça Sergio Moro autorizou a Força Nacional de Segurança Pública a atuar na Terra Indígena Cana Brava Guajajara, no Maranhão, onde dois índios foram assassinados no sábado (7).

Os agentes deverão apoiar a Funai para garantir a integridade física e moral dos indígenas, dos servidores do órgão e dos não índios. Ficarão na região por ao menos 90 dias.

O emprego da Força Nacional ocorrerá entre 10 de dezembro e 8 de março de 2020, e o contingente ainda será definido pelo ministério. A eventual prorrogação da força poderá ocorrer se for solicitado.

Do Blog do John Cutrim

Prefeito Arquimedes participa da entrega de premiação a vencedores de campeonato esportivo

O prefeito Arquimedes Bacelar (PTB), esteve presente na entrega da premiação aos vencedores da Copa Society no último sábado (07), no Espaço Duduzão. Durante a solenidade, foi realizado a entrega dos vencedores nas modalidades masculino e feminino.

Ao lado do superintendente de Esportes Jane Gomes e do vereador Manoel Gomes ele enalteceu os vencedores: Borussia e Flamengo campões masculino e feminino respectivamente. Os times do Força Elétrica e Tagarelas ficaram com o vice campeonato.

Participaram do evento os secretários Milton Bastos (Educação), Zico Bento (Agricultura), Raimundo Grosso (Cultura) e Elyelsson Guterres (Adjunto Cultura).

Ascom/PMAC

Flávio Dino não cuida da Lagoa da Jansen e agora quer cuidar dos Lençóis

O governador do Maranhão Flávio Dino (PCdoB), mandou espalhar a notícia de que seu governo está na briga para ficar com a gestão do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses.

Um dos principais pontos turístico do Maranhão, o território é federal e recentemente foi incluído em uma lista de localidades que serão privatizadas pelo governo de Jair Bolsonaro, junto com os parques nacionais de Jericoacoara (CE) e Iguaçu (PR).

Dino jura que dá conta do serviço.

Embora, em quase cinco anos, ele não tenha conseguido cuidar, sequer, da Lagoa da Jansen, um minúsculo ponto turístico dentro de São Luís (saiba mais).

Na verdade, o comunista quer apenas mais um motivo para afrontar o presidente da República.

Do Blog do Gilberto Leda