Em 11º, Dino não comenta ranking de promessas cumpridas do G1

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), notabilizou-se nos últimos anos por fazer festa sempre que o G1 divulgava seu ranking de cumprimento de promessas.

Com desempenho favorável, o comunista corria para as redes a cada novo levantamento publicado.

Pois bem…

Na tarde de ontem (3) o G1 divulgou a primeira leva de promessas cumpridas e não cumpridas de governadores de todo o país – os dados referem-se ao primeiro ano do atual mandato.

Alguém viu Dino comemorar?

Ele ficou em 11º lugar…

Saiba mais aqui.

Do Blog do Gilberto Leda

O cartão de visitas de Flávio Dino nos Lençóis…

A imagem acima foi postada hoje (30) no Instagram pelo deputado estadual Wellington do Curso (PSDB).

Trata-se de trecho da MA-315, entre Barreirinhas e Paulino Neves, estrada recentemente “pavimentada” pelo governo Flávio Dino (PCdoB).

“Passando pela MA-315 (que liga Barreirinhas a Paulino NEVES, rodovia Estadual inaugurada no começo do deste ano. E olha a situação em que se encontra vários trechos!”, escreveu o parlamentar.

Que belo cartão de visitas para os milhares de turistas que visitam a região nesta época do ano, não?

Do Blog do Gilberto Leda

Moro diz a Eliziane que Força Nacional fica no MA enquanto for necessário

Do blog do Zeca Soares

A líder do Cidadania no Senado, Eliziane Gama (MA), acompanhada pela deputada federal Joênia Wapichana (Rede-RR), se reuniu com o ministro da Justiça, Sérgio Moro, para discutir a situação dos índios de várias etnias no Maranhão.

A reunião nesta quinta-feira (19), em Brasília, foi solicitada pela parlamentar para discutir ações de prevenção da violência e iniciativas que envolvem tanto o Poder Executivo quanto o Legislativo.

O ministro informou às parlamentares que a Força Nacional atuará no estado enquanto houver necessidade e disse que as unidades de segurança estão atuando juntas para combater o aumento da violência.

Moro disse ainda que o inquérito da PF (Polícia Federal) sobre a morte do líder indígena Paulo Paulino Guajajara demonstrou que não há qualquer relação com crime de ódio e que o conflito que ocasionou a morte do índio parece se relacionar a caçadores e não a madeireiros.

Aproveitando as explicações, Eliziane Gama questionou o ministro se já tinha sido decretado a prisão de algum responsável pela morte do indígena, mas Moro não soube responder de imediato.

Projeto

A parlamentar maranhense aproveitou a oportunidade para falar sobre o projeto de lei de sua autoria, protocolado hoje no Senado, que torna o crime contra o indígena por disputa de terras em crime hediondo.

“Precisamos atuar no combate do ‘Indiocídio’. Aumentou em 20% o número de assassinatos de indígenas no Brasil, segundo o Conselho Indigenista Missionário [CIMI]. Os dados mais recentes são de 2018, quando foram registradas 135 mortes. No ano anterior, foram 110 casos de assassinato”, ponderou a parlamentar, que cobrou ainda do ministro Sérgio Moro discursos mais fortes em defesa das minorias.

Para ela, o ministro é muito respeitado e precisa aproveitar seu carisma com a população para defender quem mais precisa.

“O senhor é um símbolo da Justiça e representa muito para o País e precisa se posicionar de forma mais enfática na defesa dos povos indígenas. Sua fala tem força e pode ter o poder de inibir crimes”, disse Eliziane Gama.

Obra de Flávio Dino no Parque Rangedor ‘dissolve’ na primeira chuva

 

A primeira precipitação do período chuvoso de São Luís já colocou à prova uma das mais recentes obras do Governo do Maranhão na capital: o Parque Rangedor.

E ela não passou no teste…

A forte chuva de segunda-feira (16) criou verdadeiros lamaçais na praça, e fez descolarem-se placas de grama colocadas como ornamentação no local.

O caso fez lembrar a notória MA-315, que Liga Barreirinhas a Paulino Neves. Inaugurada em janeiro deste anos, a rodovia também se “dissolveu” rapidamente (reveja).

Do Blog do Gilberto Leda

COMENTÁRIO DO BLOG – E esse mesmo Flávio Dino que deseja cuidar dos Lençóis Maranhenses. É mole?

TRE confirma hoje eleição 100% biométrica no Maranhão em 2020

O presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Maranhão, desembargador Cleones Cunha, confirmará hoje (16), durante coletiva à imprensa, que as eleições de 2020 serão realizadas no Maranhão pelo processo biométrico em 100% dos municípios.

Até o domingo (15), segundo dados do site do tribunal, 94,36% do eleitorado maranhense já está cadastrado para votar por meio da impressão digital.

O ciclo de 2019 de recadastramento biométrico no Maranhão chegou ao fim. Todos os 217 municípios do estado receberam equipes do TRE para incluir o eleitorado no sistema biométrico de votação.

Com o fechamento do sistema para este ano, o Maranhão ficou com mais de 4,2 milhões de eleitores já dentro do sistema biométrico. Isto representa pouco mais de 94% do total de eleitores no estado.

Restaram se recadastrar cerca de 256 mil eleitores, que representam pouco mais de 5,6% do eleitorado.

Do Blog do Gilberto Leda

Delegado é assaltado na porta de banco em São Luís

Um delegado da Polícia Civil do Maranhão foi alvo de assaltantes neste sábado (14), em São Luís.

Clarismar de Oliveira Filho, da Superintendência Estadual de Investigação de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP), estava na porta do Banco do Brasil do São Francisco quando foi abordado.

Os bandidos levaram alguns pertences e fugiram em direção à Ilhinha.

O delegado ainda conseguiu recuperar documentos.

Do Blog do Gilberto Leda

Deputados aliados de Dino rejeitam mandar R$ 10 mi da Comunicação para a Saúde

A base aliada ao governador Flávio Dino (PCdoB) rejeitou nesta terça-feira (11), por maioria, dois destaques do deputado estadual César Pires (PV) ao Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA) de 2020, que redirecionariam R$ 10 milhões da Comunicação para a Saúde.

A peça orçamentária foi apreciada hoje em plenário.

O primeiro destaque sugeria que R$ 3 milhões fossem remanejados da Secretaria e Estado da Comunicação e Assuntos Políticos (Secap) para a “política de sangue e derivados”, que envolve hemodiálise e insumos para o Hemomar, por exemplo.

A segunda proposta era a garantia de outros R$ 7 milhões para o Fundo Estadual de Combate ao Câncer, também a serem retirados da Comunicação.

Votaram a favor dos destaques apenas o próprio César Pires, além dos deputados Adriano Sarney (PV), Wellington do Curso (PSDB) e Antonio Pereira (DEM).

Do Blog do Gilberto Leda

Moro envia Força Nacional ao Maranhão

O ministro da Justiça Sergio Moro autorizou a Força Nacional de Segurança Pública a atuar na Terra Indígena Cana Brava Guajajara, no Maranhão, onde dois índios foram assassinados no sábado (7).

Os agentes deverão apoiar a Funai para garantir a integridade física e moral dos indígenas, dos servidores do órgão e dos não índios. Ficarão na região por ao menos 90 dias.

O emprego da Força Nacional ocorrerá entre 10 de dezembro e 8 de março de 2020, e o contingente ainda será definido pelo ministério. A eventual prorrogação da força poderá ocorrer se for solicitado.

Do Blog do John Cutrim

Flávio Dino não cuida da Lagoa da Jansen e agora quer cuidar dos Lençóis

O governador do Maranhão Flávio Dino (PCdoB), mandou espalhar a notícia de que seu governo está na briga para ficar com a gestão do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses.

Um dos principais pontos turístico do Maranhão, o território é federal e recentemente foi incluído em uma lista de localidades que serão privatizadas pelo governo de Jair Bolsonaro, junto com os parques nacionais de Jericoacoara (CE) e Iguaçu (PR).

Dino jura que dá conta do serviço.

Embora, em quase cinco anos, ele não tenha conseguido cuidar, sequer, da Lagoa da Jansen, um minúsculo ponto turístico dentro de São Luís (saiba mais).

Na verdade, o comunista quer apenas mais um motivo para afrontar o presidente da República.

Do Blog do Gilberto Leda

Bandidos metralham viatura da PM e assaltam banco em Turiaçu

Um grupo de criminosos tocou o terror na cidade de Turiaçu, interior do Maranhão, durante um assalto à agência do Bradesco, na madrugada deste sábado (7).

Segundo as primeira informações, os bandidos chegaram à cidade divididos em grupos. Enquanto uma parte explodia a agência bancária, outra neutralizava os policiais, metralhando a viatura da PM, e um terceiro grupo fazia moradores reféns. Houve tiroteio.

Após a ação criminosa, os assaltantes liberaram os reféns e fugiram levando o dinheiro do banco.

Do Blog do Gilberto Leda