Efeito contrário: Decreto do Prefeito de Coelho Neto que reduz horário do comércio aumenta fluxo de pessoas e provoca aglomerações

Efeito contrário: Decreto do Prefeito de Coelho Neto que reduz horário do comércio aumenta fluxo de pessoas e provoca aglomerações

Está sendo um verdadeiro tiro no pé o efeito do Decreto Municipal nº 477/2020, assinado pelo prefeito de Coelho Neto Américo de Sousa (PT), e que passou a valer desde a última quarta (27), para minimizar o efeito de propagação do coronavírus na cidade.

Um dos pontos do decreto versa exatamente sobre a redução do horário de atendimento do comércio local até as 14h, medida que ao invés de reduzir a presença das pessoas acabou tendo efeito contrário durante o horário em que este é permitido.

Acontece que o tempo reduzido para fazer compras – com destaque para os essenciais, fez com que mais pessoas procurassem o comércio no mesmo horário e o que se vê nos principais pontos comerciais da cidade é uma verdadeira aglomeração de pessoas transitando de um lado para outro.

Ao invés de fechar os comércios, a Prefeitura deveria manter a fiscalização para que as normas de distanciamento e higienização fossem cumpridas, sem que isso refletisse em aumento de pessoas nas ruas.

Além de antipática, a medida não teve o efeito prático esperado. Confira o vídeo de uma parte da Avenida Coelho Neto:

Justiça concede liminar e suspende efeitos de assembleia “fantasma” do Sintasp

Justiça concede liminar e suspende efeitos de assembleia “fantasma” do Sintasp

O juiz da 1ª Vara da Comarca de Coelho Neto Dr. Paulo Roberto Brasil Teles de Menezes deferiu parcialmente a tutela de urgência pleiteada para suspender os efeitos da Assembleia Geral Extraordinária para Prestação de Contas e Alteração Estatutária do SINTASP/MCN de Coelho Neto-MA, suspostamente realizada no último dia 23 de abril, divulgada em primeira mão por esse blog.

A ação assinada pelos advogados Dr. Thiago Machado e Antonio Lopes é uma vitória pessoal dos servidores, muitos deles que tiveram nomes incluido na lista de presença, sem sequer terem participado.

Desde que a denúncia fora feita por esse blog, a presidência do SINTASP adotou um silêncio sepulcral e nada fora dito para garantir explicações a categoria.

Nesta segunda (25), os servidores entraram com nova ação desta feita para garantir o afastamento do presidente Izaque Vale do cargo.

Polícia Militar desarticula dupla de menores infratores em Coelho Neto

Polícia Militar desarticula dupla de menores infratores em Coelho Neto

Mesmo com o boicote que passou a sofrer por parte do prefeito Américo de Sousa (PT), desde que reassumiu o comando da Polícia Militar em Coelho Neto, o comandante Capitão Paulo Jamerson vem respondendo com trabalho atuando com eficiência para minimizar os efeitos do clima de insegurança da cidade.

Durante uma ação realizada no final de semana, a PM desarticulou uma dupla de menores que andava numa moto tocando o terror e fazendo assaltos na cidade. Ele antecipou que além destes, mais uns três que agem da mesma forma já estão na mira da Polícia Militar.

Por serem menores de idade, o Comandante fez um apelo para que as autoridades pudessem atuar em conjunto com vistas a encaminhar a dupla para tratamento, para retirá-los da criminalidade e evitar assim a volta a rua para a prática dos mesmos atos.

Desde que o Capitão Paulo Jamerson retornou ao comando em Coelho Neto tem se virado para garantir que o trabalho da PM não seja prejudicado pelo boicote coordenado pelo governo municipal, retirando colaboradores que atuavam a disposição do Comando da PM, bem como do corte do fornecimento de alimentação e combustível.

Prefeitura de Coelho Neto deveria entregar Academia de Saúde em junho; Obra sequer começou

Prefeitura de Coelho Neto deveria entregar Academia de Saúde em junho; Obra sequer começou

Os moradores do Bairro Quiabos deveriam está nos preparativos para receber uma Academia de Saúde, mas essa vontade vai ter que esperar mais um pouco. Para não fugir da praxe da bagunça e desorganização do atual governo, a obra que deveria está prestes a ser entregue a comunidade sequer foi iniciada.

O blog conversou com moradores e chegou a visitar a Unidade de Saúde na última sexta (22), já que a obra deverá ser construida nas proximidades e nenhuma movimentação de máquinas, placa da obra e homens trabalhando foi vista no local.

É que a Prefeitura através da Secretaria de Saúde firmou contrato com a empresa Albatroz Construções para a referida obra no valor de R$ 122.416,20 (cento e vinte e dois mil, quatrocentos e dezesseis reais e vinte centavos), para a execução da obra no prazo de três meses.

O contrato foi assinado no dia 05 de março e mesmo finalizando o mês de maio, a obra segue sem sair do papel.

Talvez seja vontade de empurrar a obra para mais perto da eleição. Ou talvez seja a velha incompetência e incapacidade de cumprir prazos que é uma marca do atual governo.

Que o diga  a reforma do Hospital Municipal, cuja empresa executora por coincidência é a mesma Albatroz…

Descaso: Filho de paciente relata “via crucis” ao solicitar ambulância do Samu em Coelho Neto

Descaso: Filho de paciente relata “via crucis” ao solicitar ambulância do Samu em Coelho Neto

Passou a circular em grupos de whatsapp de Coelho Neto, um vídeo com depoimento dramático de um filho necessitando de uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – Samu, de Coelho Neto para socorrer sua mãe.

No seu relato feito durante a madrugada, ele diz que chegaram a ligarar para o Samu e que a equipe assegurou que buscariam a mãe dele em casa. A senhora estava com falta de ar, febre e gripada.

Ele foram até ao prédio do Samu e para surpresa dele a atendendente teria dito que a unidade estava sem motorista. Pasmem!

Visivelmente cansado e ofegante, ele lamentou ter que transferir a mãe de lá até a Unidade de Pronto Atendimento – UPA, a pé, em decorrência do descaso no Samu. Negligente com as denúncias de descaso, nem a Prefeitura de Coelho Neto e nem a Secretaria de Saúde se manifestaram até agora sobre o episódio lamentável.

Confira o vídeo:

Bruno Silva relembra discurso antigo de Américo e cobra dele pagamento de insalubridade aos profissionais da saúde

Bruno Silva relembra discurso antigo de Américo e cobra dele pagamento de insalubridade aos profissionais da saúde

O empresário Bruno Silva fez uso de sua rede social na manhã desta quinta (21), para fazer uma cobrança pública ao prefeito de Coelho Neto Américo de Sousa (PT), relacionada a área da saúde.

Líder de inúmeras promessas não cumpridas, Bruno Silva resolveu lembrar o histórico do petista que antes de ser prefeito defendia o pagamento da insalubridade aos profissionais de saúde e nem com o problema da pandemia, ainda não houve sensibilidade do governo municipal com a causa da categoria.

Ao final Bruno Silva apelou ao prefeito para que fizesse valer sua palavra e cumprisse aquilo que a categoria tem direito e que ele tanto cobrava: Veja a integra:

Gostaria de tratar de um assunto que tem me incomodado e de fundamental importância nesse momento. Quando presidia o sindicato e depois quando apresentava o seu programa de rádio, o hoje prefeito Américo de Sousa defendia o pagamento dos 40% de insalubridade aos profissionais da saúde e a criação dos Plano de Cargos e Carreiras dos demais servidores públicos, já que o existente atinge apenas os profissionais de Educação. 

Pois bem, passado quase quatro anos de governo, o prefeito abandonou as pautas que ele antes defendia e nada foi feito por estas categorias. Gostaria de apelar ao prefeito que o momento é delicado e os profissionais da saúde merecem receber a insalubridade em seus salários, já que como o próprio prefeito falava no passado, é um direito constitucional.

Vários prefeitos do Maranhão já concederam esse direito aos servidores da saúde e Coelho Neto que ao longo desses quase cinco meses já recebeu mais de R$ 11 milhões de reais não pode ficar de fora.

Defendo a legitimidade do Plano de Cargos, Carreiras e Salários dos demais profissionais da Prefeitura de Coelho Neto, incluindo os da saúde. Seria uma forma de garantir direitos para aqueles que tanto fazem pelo município e no momento certo tratarei do que penso a respeito desse assunto e a forma de como essa proposta pode se tornar real.

Não se pode enaltecer o trabalho dos profissionais de saúde apenas de boca, nesse momento é preciso garantir algo de concreto e que sirva de motivação a todos eles, que não tem hora, dia, feriado e estão arriscando suas vidas enfrentando essa pandemia. Exatamente por isso reforço ao prefeito o pedido para que possa rever sua posição e garantir que os direitos que o senhor tanto defendeu no passado, possam ser cumpridos no presente.

Ignorados pelo poder público, artistas da terra fazem lives de forma independente em Coelho Neto

Leo e Thyago realizaram live neste domingo (17) sem qualquer apoio da Prefeitura

Em meio aos reflexos negativos da pandemia do Coronavírus, uma das categorias mais afetadas é exatamente a classe artística. Sem poder realizar festas, a categoria dos artistas locais sofrem no próprio bolso com as determinações do isolamento social.

Em Coelho Neto a situação não é diferente. A “prata da casa” segue sendo totalmente ignorada por parte da Prefeitura de Coelho Neto que dá de ombros para a realidade e até agora não conseguiu elaborar absolutamente nada que pudesse minimizar os impactos negativos dessa realidade.

O setor cultural é um dos mais afetados pelo descaso do atual governo, que não conseguiu sequer cumprir com a promessa simples de desmembrar a Cultura da pasta da Educação, modelo duramente criticado pelo então candidato a prefeito Américo de Sousa (PT).

De lá para cá o que o vimos foi um verdadeiro desmonte do setor, além do fechamento da biblioteca mais antiga da cidade e o abandono do Farol da Educação.

Diferentemente da Prefeitura de Pinheiro, por exemplo, que garantiu apoio aos artistas locais e ainda realizou live beneficiente para angariar alimentos para a cidade, em Coelho Neto os artistas não foram vistos pelo governo e precisam recorrer ao comércio local e a terceiros para cobrir uma obrigação que na prática é do governo municipal.

Já que a festa de São João provalmente não será realizada, caberia a Prefeitura pensar algo para reverter esse recurso em ajuda para estes profissionais.

Mas pensar em quem está precisando ao que parece, é exigir muito desse governo…

Autoridades e Classe Política de Coelho Neto lamentam morte de Dona Fátima Almeida

Diversas autoridades e lideranças políticas de Coelho Neto se manifestaram com pesar pelo falecimento de Dona Fátima Almeida ocorrido neste sábado (16).

A prinicípio a idéia era não se fazer velório, mas por desejo da família este acontece de forma restrita para evitar aglomeração. Fátima Almeida faleceu de complicações em decorrência de um probelma de saúde e era esposa do ex-vereador José Almeida e mãe da ex-primeira dama Suely Silva.

O ex-prefeito Soliney Silva – que era seu genro, se manifestou em nome da família consternado pela perda e agradecendo as orações e mensagens de apoio.

Confira algumas manifestações:

Américo de Sousa – Prefeito de Coelho Neto

O Prefeito de Coelho Neto, Américo de Sousa dos Santos, expressa profundo pesar pelo falecimento da Senhora Maria de Fátima Almeida, ocorrido neste sábado, 16 de maio.

A Senhora Maria de Fátima Almeida deixa três filhos, netos e bisnetos. Era esposa do Senhor José Alves de Almeida, ex-vereador e mãe da ex-primeira-dama, Mara Suely Almeida e Silva. À família enlutada, o conforto espiritual neste momento de grande perda e dor. Que Deus conforte a todos.

Marcos Tourinho – Presidente da Câmara

O presidente da Câmara de Coelho Neto Marcos Tourinho (PCdoB), em nome dos demais vereadores lamenta profundamente a morte da senhora Maria de Fátima Almeida ocorrida em Coelho Neto neste sábado (16).

Ela era esposa do ex-vereador José Almeida, mãe da ex-primeira dama Suely Silva e tia do ex-presidente da Câmara Márcio Almeida. Ao tempo em que apresentamos votos de profundo pesar pela perda, rogamos a Deus que conforte familiares, amigos e conhecidos.

Ex-Prefeito Waltenir Lopes

Ao meu amigo e compadre José Almeida e todos os familiares meus sentimentos e peço a Deus o reino da glória e o paraíso para minha comadre.

Ex-Prefeito Magno Bacelar 

Registrando pesar venho trazer solidariedade à família e orações para que Deus conforte a todos e receba a Senhora Fátima em seu reino eterno.

Ex-Prefeito Raimundo Guanabara

Externo meu profundo pesar ao meu amigo José Almeida, a ex-primeira dama Suely e toda a família pela perda inestimável da nossa amiga Fátima Almeida. Sua perda é irreparável, mas fica o seu legado de mulher de coragem, honesta, empreendedora e que deu sua parcela de contribuição como cidadã a nossa cidade.

Ex-Prefeito Uiran Sousa

Meus sentimentos de pesar pelo falecimento da sra Fátima Almeida, esposa do meu amigo José Almeida. Deus, com certeza, a receberá em sua morada.

Dr. Sampaio 

Tive momentos agradáveis com dona Fátima. Sua espontaneidade e alegria contagiava a todos. Foi uma cristã que merece está ao lado de nosso Deus todo poderoso. Aqui, quero deixar minhas condolências a toda a família.

Ilson do Baiano

Meus sentimentos aos familiares, família que conheço desde pequeno, senhor José Almeida muito amigo do meu pai Baiano, lamentável e que Deus conforte os corações de todos os familiares

Vereador Luiz Ramos

Meus sentimentos de pesar ao Zé Almeida e toda família, que Deus conforte o coração de cada um de vcs nesse momento, tão difícil.

Vereador Mohabe Branco

Não é fácil perder a qum amamos, fica um vazio, um adeus constante. Tanto amor, tanta saudade. Mas tenho certeza, não foi um adeus… é somente um até breve. Nossos mais sinceross entimentos de carinho e solidariedade para com a família de Dona Fátima Almeida.

Vereadora Camila Liz

Dona Fátima uma grande mulher. Que Deus conceda paz e força aos familiares nesse momento de dor. Que o tempo traga paz e alivie o sofrimento. Descanse em paz nos braços do Senhor.

Caso Sintasp: Servidora divulga Carta Aberta e denuncia uso indevido do seu nome em Ata da entidade

A servidora Maria Idenê divulgou uma Carta Aberta ontem (16), para tratar da Assembleia “na surdina”, promovida pelo Sindicato dos Servidores Públicos – SINTASP, no último dia 21 de março.

Teor da Carta Aberta

O encontro foi divulgado em primeira mão por esse blog, mostrando várias inconsistências, dentre as quais a marcação da reunião em período que as aglomerações já estavam proibidas e a falta de publicidade da Assembleia confirmada por Maria Idenê.

Apesar de relatar não ter conhecimento da reunião, o nome de Maria Idenê curiosamente aparece na Ata como se ela estivesse estado presente. O que houve? Falsificaram assinaturas? Cometeram crime de falsidade ideológica?

Mesmo sem sequer saber da reunião, nome da servidora aparece na lista dos presentes da entidade

Segundo informações a quele o blog teve acesso, o caso de Idenê não é isolado e outros servidores que também constam com nome na Ata negam ter participado da tal Assembleia. Para apurar o caso, foi formalizado um Boletim de Ocorrência e ao que parece o assunto ainda vai deve render.

BO confirmando que não esteve na Assembleia

Do lado do SINTASP, desde que a denúncia foi tornada pública por esse blog, o silêncio é sepulcral e nenhuma explicação sobre o ocorrido foi dada.

Na velha máxima, de que quem cala, consente…