Um reconhecimento para quem merece!

 

“Recebes cidade querida de nossa vida todo ideal, por tua gente serás protegida, com civismo, paz e moral”. (Refrão do hino de Coelho Neto)

Esse refrão do hino de Coelho Neto quando ouvido chega a causar arrepio e emoção. Sem medo de errar é uma das músicas mais belas que eu já ouvi e seu autor deveria está muito inspirado quando a compôs. Cantamos esse hino várias vezes durante o ano e lamentavelmente poucos sabem que o autor está vivo ai para contar a história.

JOSÉ SAMPAIO DE OLIVEIRA acaba de ser condecorado pela Câmara de Coelho Neto com suas principais homenagens: o Título de Cidadania Honorária e a Medalha Maria Bacelar – a maior honraria da Casa, graças a sensibilidade do vereador Luiz Ramos (PSD) que foi o autor da proposta. Na plenária todos era unânimes em reconhecer a legitimidade da proposta apresentada pelo vereador.

Durante a Sessão Solene, mesmo de muletas, fez questão de fazer seu discurso da tribuna, onde tentou com voz visivelmente embargada descrever a emoção do momento. Zé Sampaio – como é conhecido pelos amigos, tem outra larga folha de serviços prestados, mas ser o autor do hino da cidade o coloca em posição privilegiada.

A dívida que temos com a nossa cultura e com os nossos vultos históricos é infelizmente impagável, pois ao longo dos anos foi-se deixando com que os capítulos da nossa história se passassem sem que nada fosse escrito. Nonatinho sem dúvida alguma faria festa se estivesse vivo para ver o irmão receber esse reconhecimento tão esperado.

Que bom e oportuno essas homenagens, pois sou a favor de que elas venham em vida e a pessoa sinta a emoção de ser enaltecido pelos seus feitos. Tem outros Zé Sampaio por ai na fila aguardando a vez do reconhecimento, mas hoje nos sentimos representados pela vez dele. Aplausos!

Afonso Bacelar e Raimundo Guanabara: uma noite histórica!

A nova geração de Coelho Neto talvez esteja longe de saber a representatividade desse abraço e o peso dessa foto. Estamos falando de Afonso Bacelar e Raimundo Guanabara, principais expoentes do embate político mais acirrado e disputado de nossa cidade.

Os dois históricos adversários políticos viveram um dia especial nesta quinta (12), ao receberem da Câmara de Vereadores a Medalha Maria Bacelar – maior honraria da Casa concedida a uma personalidade.

Quis o destino que os dois fossem homenageados no mesmo dia. Ao término do uso da fala, Afonso mais uma vez mostrou sua grandeza de homem público ao cumprimentar Guanabara e através de um abraço sepultar simbolicamente os sentimentos de disputa política que durante anos colocaram os dois em lados opostos.

Como bem disse Afonso em alusão a medalha, Maria Bacelar representa o amor: o amor as pessoas e sobretudo o amor a Coelho Neto. A história é testemunha que estamos diante de dois dos principais nomes políticos que nossa terra viu nascer.

Não há como falar de Coelho Neto sem as realizações dos mandatos desses dois ex-prefeitos. Para quem conhece a nossa história, a noite foi de reverências e saudosismo.

Parabéns Guanabara, viva Afonso Bacelar! Posso dizer como o poeta, meninos eu vi!

Familiares de vítima de imprudência no trânsito realizam manifestação em Coelho Neto

A família de Laurindo Teixeira, 54, atropelado e morto por um motoqueiro, no último dia 2, reuniu amigos e populares em uma manifestação, pedindo por justiça.

O fatídico acidente que ceifou a vida do industriário Laurindo aconteceu em frente a escola Coelho Neto. Segundo informações, a morto Titan 150, prateada, era pilotada pelo também industriário Ascelau Meireles, que estaria pilotando em alta velocidade.

No local existia uma faixa de pedestres, mas, foi apagada com o tempo sem que a secretaria de obras providenciasse uma reforma. Ascelau, que segundo consta, não possui habilitação, teria fugido do local sem prestar socorro à vítima. A moto teria sido emprestada de um amigo.


Horas depois do acidente, ele teria se apresentado à delegacia local, onde prestou depoimento, tendo sido liberado posteriormente. O proprietário da moto apreendia também teria recebido o veículo.

O vereador Luiz Ramos também participou da manifestação em solidariedade ao amigo Laurindo. “Sou a favor da manifestação no sentido de despertar as autoridades policiais para esse tipo de ocorrência, o que tem resultado em lágrimas para as famílias dessas vítimas “, disse o parlamentar.

Do Blog Direto ao Assunto

Manifestação marcará cobrança de justiça por mortes no trânsito em Coelho Neto

A Família do senhor Laurindo Teixeira Neto convida a todos para se fazerem presentes a uma manifestação pacífica, para pedir justiça pela morte de entes queridos no trânsito de Coelho Neto.

A concentração será neste sábado dia (07), às 8h da manhã em frente à Escola Coelho Neto com percurso pela Avenida Coelho Neto, Avenida Santana e ruas do Centro com término na Delegacia de Polícia.

Se junte a nós pela paz e segurança no trânsito de nossa amada cidade.

2020, conjunturas e o fator Rafael Cruz…

Rafael Cruz: nome e peso para agregar em qualquer chapa

Às vésperas do ano eleitoral, Coelho Neto convive semanalmente com as especulações comuns políticas desse período com o diferencial de disseminação provocado pela força da rede social.

No rol dos pré-candidatos a variedade é grande: gente sem partido, gente querendo sair do ostracismo político, candidato importado, gente sem grupo, gente sem voto, enfim nomes para todos os gostos.

A oposição chega ao final do ano pré-eleitoral sem um consenso e com um “mói” de candidatos… Normal para a democracia, mas incompatível com a atual conjuntura. Sem entrar no mérito do caminho que cada um irá tomar, faz se necessário lembrar e destacar a simbologia da representatividade do vereador Rafael Cruz (MDB).

Conhecido por ser o “vereador raiz” da oposição, Rafael foi o único a se insurgir contra o atual governo municipal desde o primeiro dia de governo. Mesmo recebendo críticas das mais diversas – inclusive deste blog, o emedebista se manteve fiel ao grupo que integrava. A troco de que tamanha fidelidade? Terá isso algum reconhecimento?

Só se ouve falar em conjecturas das mais diversas, alianças de todos os tipos e é praticamente inaceitável que nessas composições o nome do parlamentar não seja colocado como opção. Rafael é jovem, tem reconhecida atuação, tem discurso e engrandece qualquer chapa que for convidado a participar.

Não se pode virar as costas para a história, ao contrário é preciso ser leal a ela. Na composição de uma chapa todas essas características precisam ser levadas em consideração para garantir uma composição uniforme e Rafael tem know-how para somar em qualquer cenário.

Ou se leva isso em consideração, ou experimentaremos novamente uma chapa “pedrez”, de conveniência, que resultará em rompimento e troca de ofensas no futuro.

E a história mais uma vez é nossa aliada para testemunhar estes fatos…

A ascenção de Leo Carvalho…

O menino que saiu de Coelho Neto em busca de realizar o sonho de ser cantor ganha o mundo e se prepara para vôos ainda maiores…

Se tem alguém que não pode reclamar da sorte esse alguém é o jovem Leonardo Carvalho. Filho de Coelho Neto, o menino cresceu sabendo desde cedo o que queria e não demorou muito para que a vida lhe sorrisse.

Leo tinha o sonho, a persistência e a vontade de ganhar o Brasil fazendo música, mas faltava alguém que apostasse na idéia. Deu os primeiros passos em busca dos seus objetivos e nessas voltas que o mundo dá aparece o conterrâneo Elkeson Cardoso, jogador recentemente pentacampeão da China que entre uma música e outra percebeu que por trás daquele menino havia um talento necessitando apenas da tal oportunidade.

Além de cantar e encantar o público de todos os gostos, Leo também se tornou compositor de mão cheia. Uma de suas músicas por exemplo, foi parar no repertório da renomada banda Chicabana e chegou a dividir o palco com nomes famosos como Marrone – da dupla com Bruno.

A agenda de shows também tem para todos os gostos. Além das apresentações em sua terra natal, Leo tem feito shows no Rio de Janeiro, Salvador e Goiânia.

O cantor que agora está sendo agenciado por Eliwilson Cardoso (irmão de Elkeson) surge com agenda em eventos particulares na China e em Dubai iniciando seus primeiros vôos internacionais em meio ao lançamento de Você ia – seu mais novo sucesso.

A carreira de Leo Carvalho está em plena ascensão. E o reforço do padrinho de peso tende a ser aquele empurrãozinho que faltava.

Estamos falando de um sonhador que chegou lá dando força para quem também quer chegar.

Pelo mérito, trabalho e talento…

Não foi acidente! Coelho Neto e a licença para matar sob duas rodas…

Está ficando cada vez mais comum a morte de pessoas inocentes por irresponsáveis inconsequentes sob duas rodas

Imagem ilustrativa

Editorial

A cidade de Coelho Neto assiste estupefata a morte de pelo menos duas pessoas inocentes no intervalo de pouco mais de uma semana em decorrência da irresponsabilidade de condutores – na sua maioria conduzidas por menor de idade que insistem em fazer malabarismos sob duas rodas.

O que deveria ser motivo de indignação e providências ao que parece se tornou apenas números na estatística assombrosa das vítimas dos inconsequentes.

Nesse caso não estamos falando de acidentes de trânsito, estamos falando de mortes no trânsito causado por pessoas conscientes e que assumem friamente o risco de matar.

Nessa hora surgem as teorias e os dedos para apontarem os culpados. De quem é a culpa? A vítima é que não é. Mesmo sabendo de todas as deficiências no trânsito da cidade, o caso em questão é bem particular.

Quem levanta pneu de moto não para em faixa, não se atenta para semáforo e não respeita leis. A cidade poderia está toda sinalizada e com a melhor equipe na rua, mas isso jamais teria poder de coibir a irresponsabilidade desses indivíduos que insistem em tornar essa prática comum.

Quem mora na Avenida Coelho Neto por exemplo, tem essa cena como parte do cotidiano, aliás não tem dia e nem hora. O que diz a Lei sobre um menor de idade circulando pela cidade sem capacete, sem habilitação e fazendo piruetas sob duas rodas? Quem responsabilizar? A questão é bem mais complexa do que se imagina.

Por fim, o fato precisa ser encarado de frente pelas autoridades, mas principalmente pelas famílias. Esse é o tipo de problema que não adianta está querendo apontar o dedo para outro, quando o assunto diz respeito a toda sociedade.

Semana passada foi um, hoje (02) foi outro a morrer sem qualquer relação de parentesco comigo ou com a minha família.

Mas amanhã poderá ser um dos meus, ou ser eu mesmo o atingido pela irresponsabilidade daqueles que fazem questão de assumir a licença para matar…

Secretaria de Educação de Coelho Neto emite nota para responder denúncia do vice-prefeito Antônio Pires

A Secretaria de Educação de Coelho Neto emitiu nota nesta segunda (25), em que se manifesta oficialmente diante das denúncias do vice-prefeito Antônio Pires formalizadas na tribuna da Câmara sobre o Censo Escolar.

A seguir a integra da nota:

A SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO E CULTURA de Coelho Neto vem trabalhando para garantir o direito de aprendizagem de todos os alunos da Rede Municipal de Ensino, pautando suas ações no respeito e na aplicação correta e transparente dos recursos do FUNDEB (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e Valorização dos Profissionais do Magistério).

Em 2016 nossa cidade recebeu cerca de 44 milhões do FUNDEB, em 2017 esses recursos tiveram uma queda para 37 milhões, onde foi observado uma baixa nos alunos matriculados e a não adesão ao Programa Mais Educação por falta de responsabilidade dos sujeitos que estavam à frente do processo educacional. A governabilidade com essa queda de recursos foi o grande desafio do governo municipal em 2017, mas com trabalho e aplicação de medidas pontuais conseguimos garantir a qualidade da educação e avançar na busca da elevação dos recursos federais.

As medidas adotadas por essa secretaria foram: Adesão ao Programa Mais Educação, Criação de um Centro de Apoio a pessoa com deficiência, oferta INÉDITA de atendimento às crianças de 2 e 3 anos, ativação da Busca Ativa dos alunos fora da sala de aula principalmente dos Jovens e Adultos, melhoria na infraestrutura de várias escolas, valorização salarial dos professores (respeitando o piso salarial e reajustes do FUNDEB), entre outras ações. Conforme o gráfico abaixo nossos recursos em 2019 são equivalentes ao ano de 2016. Cabe uma reflexão: O que você comprava com 100 reais em 2016, você consegue comprar com os mesmos 100 reais agora em 2019?

Um dos grandes avanços deste governo, é o atendimento às crianças de 2 e 3 anos, que deveriam está sendo atendidas nas creches, uma vez que o governo federal disponibilizou os recursos para estas na gestão passada, mas infelizmente essas obras não foram concluídas embora os recursos tenham sido gastos pelos gestores da época.

Como não temos as creches, adaptamos as escolas para atender essas crianças tanto na sede como no campo, temos ainda um Centro de Atendimento (prédio alugado da Maçonaria) com excelência em aceitação e qualidade de ensino. No campo essas crianças de 2 e 3 anos são atendidas junto com as crianças da educação infantil, no modelo multisseriado.

Abaixo imagens das crianças de 2 e 3 anos em atividades lúdico-pedagógicas na Escola Mul. Companheiro Leão José Silva (Bairro Anil), Espaço de Atendimento a criança de 2 e 3 anos(Maçonaria) e Escola Mul. Professora Maria do Socorro Sousa Lima (Povoado Santo Inácio).

Hoje nossa maior preocupação além da qualidade de ensino e o resultado final dessa aprendizagem através do IDEB, são as questões que envolvem a distorção idade-série e evasão escolar, pois são problemas que impactam consideravelmente os resultados finais da educação e consequentemente a garantia de recursos federais.

Recentemente foi divulgado os municípios maranhenses investigados por fraudes e irregularidades no CENSO ESCOLAR, e Coelho Neto não faz parte dessa relação o que estimula este governo enfrentar desafios e avançar na Educação que queremos e merecemos.

Afirmamos nosso compromisso com a Educação, NÃO trabalhamos com irregularidades no Censo, NÃO negociamos com os direitos dos estudantes, NÃO negamos nossos desafios, NÃO nos acovardamos diante das críticas e NÃO temos compromisso com erros e sim com acertos.

Portanto, nos colocamos a disposição da comunidade para esclarecimento de dúvidas e recebimento de sugestões que venham colaborar com a garantia da qualidade de nossa educação.

SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO E CULTURA

Prefeito de Coelho Neto faz cobrança pública para a base aliada na Câmara: “10 não pode perder para 03”

Em discurso realizado na manhã deste sábado (23), o prefeito de Coelho Neto Américo de Sousa (PT), esboçou pela primeira vez em público uma reação as denúncias feitas pelo vice-prefeito Antônio Pires (PCdoB) na tribuna da Casa relacionadas a Educação.

Após a denúncia, foi a vez do vereador Rafael Cruz (MDB), cobrar da Câmara a investigação e cogitar a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito – CPI para investigar o caso.

Durante discurso no auditório da Secretaria de Assistência Social, o prefeito fez uma cobrança pública para a base aliada: “Quero repetir inclusive para o nosso presidente da Câmara nós somos 10 (referindo se ao numero de vereadores da base aliada) e 10 não pode perder para 03, 10 não pode perder para três”.

No discurso do prefeito fica claro nas entrelinhas que a base aliada pode fazer a vez de maioria e barrar as movimentações da oposição no sentido de investigar o governo.

Veja o vídeo:

 

Vice-Prefeito de Coelho Neto formaliza denúncia no MP para apurar supostas irregularidades da Educação

O vice-prefeito de Coelho Neto Antônio Pires esteve ontem (21), na sede do Ministério Público para formalizar denúncia contra a Prefeitura de Coelho Neto por conta de supostas irregularidades na Secretaria de Educação.

Ele já havia estado presente na Câmara Municipal para tratar do tema e agora repassou também ao Ministério Público a tarefa de investigar o caso.

“Hoje, acompanhado do presidente do STTR, Nhozinho Araujo, protocolei junto ao Ministério Público de Coelho Neto, a denúncia que levei ao conhecimento da câmara municipal e da população na sessão do dia (18) sobre os supostos alunos fantasmas do nosso município com base no censo escolar dos anos de 2017/2018, onde existem fortes indícios de corrupção na educação, cerca de 1.500 matrículas em creches inexistentes na zona rural e urbana. E mais de 2.000 matrículas no EJA onde os dados não batem com a realidade das salas de aula. Agora esperamos uma resposta da câmara de vereadores e do Ministério Público, para que seja investigado a denúncia e caso seja confirmado, que os culpados sejam responsabilizados”, disse ele.