Vereador Cará deixa a base do governo e fecha apoio a Bruno Silva

Às 18h:56

O vereador Reginaldo Janse – Cará (MDB), deixou a base do governo e anunciou na tarde desta segunda (17), o apoio a pré-candidatura a prefeito do empresário Bruno Silva (PP).

O prefeito inicia o ano já com a primeira grande perda do seu grupo, causada sobretudo pela inabilidade na condução do seu grupo político e alto índice de rejeição popular.

Tutóia-MA ganhará resort cinco estrelas de 54 bangalôs

Tutóia-MA ganhará resort cinco estrelas de 54 bangalôs

O Maranhão ganhará um resort cinco estrelas com exatos 54 bangalôs. A responsável pelo investimento de R$ 30 milhões é a Stelle Incorporadora, que adquiriu uma ilha no município de Tutóia, distante 300km da capital São Luis, para dar início ao projeto “Dulinem Island Resort”.

O resort terá residências de madeira com extremo conforto e pensado para a hospedagem, projeto idealizado e elaborado pelo CEO da Stelle, Thiago Weckerlin.

O resort será desenvolvido no meio da ‘Rota das Emoções’ – trecho que vai de Jericoacoara, no litoral cearense, até os Lençóis Maranhenses, na cidade de Barreirinhas, e terá características de sustentabilidade como uma usina fotovoltaica, além de outros pontos como estação de tratamento de esgoto, transformação dos resíduos em adubos e também um dessalinizador para converter a água do mar em água doce.

A escolha da localização foi estratégica para que o projeto gerasse retorno financeiro. “Fiz uma análise detalhada. Estamos no meio de Jericoacoara e dos Lençóis Maranhenses, e o pessoal que faz este trajeto para em Tutóia. A proposta da incorporadora promete rentabilidade para os investidores que Resort”, arma Weckerlin.

Os 54 bangalôs – que variam de 79m² a 150m² – podem ser adquiridos pelos investidores pelo preço de R$ 750 mil, mas o valor sobe para R$ 1,1 milhão já  em maio. O projeto foi lançado oficialmente nesta segunda-feira (17) e a Stelle abrirá logo sete unidades de bangalôs para venda.

Ouviu o que não queria: Rafael Cruz enquadra Toinho da Cultura…

Ouviu o que não queria: Rafael Cruz enquadra Toinho da Cultura…

O prefeito Américo de Sousa (PT), designou o secretário de Articulação Política Toinho da Cultura para lhe representar na Sessão Solene de reabertura dos trabalhos legislativos na última sexta (14). Ao fazer uso da palavra, Toinho leu uma mensagem meio insossa assinada pelo prefeito em que outras coisas dizia havia herdado a cidade em situação de caos administrativo.

Em contraponto a fala do representante do prefeito, o vereador ao fazer uso da palavra já deu a primeira alfinetada no início ao cumprimentar o pré-candidato a prefeito Bruno Silva (PP), que se fazia presente mostrando o respeito que tinha pela Casa Legislativa, que fez questão de estar presente e que não mandava representante.

Em outro momento do discurso, Rafael disse que fez a escolha certa em não participar do atual governo e que era feliz por isso, fazendo um mandato de cabeça erguida e sem criticar a escolha de seus pares.

O vereador também disse que em sua atuação política tem adversários, mas que inimigos jamais e se houvesse era de uma outra parte porque da dele não haveria nem ódio nem rancor, já que todo mundo só dar aquilo que tem e completou que o atual governo levou a classe política ao total descrédito.

Antes de finalizar, o parlamentar fez referência a mensagem do prefeito que havia dito que herdou a cidade com um caos administrativo e para contrariá-lo, Rafael disse que se caos administrativo é uma obra por mês, é emprego para as pessoas da cidade, é UPA e tantas outras realizações do governo, mas que a população estava sentindo falta desse caos administrativo. Foi além, ao dizer que se a população fosse indagada sobre o período que a cidade viveu caos, 80% da população diria que o tempo do caos a gente está vivendo hoje.

Com os aplausos efusivos da platéia e visivelmente constrangido, o representante do prefeito teve que engolir em seco as críticas de corpo presente.

O secretário leu o que o prefeito mandou.

Mas acabou ouvindo o que não queria…

Irmão de Arnaldo Melo morre em acidente na BR-135

Irmão de Arnaldo Melo morre em acidente na BR-135

O deputado estadual Arnaldo Melo (MDB) perdeu um irmão na noite de ontem (16) após um grave acidente na BR-135, no Campo de Perizes.

Rui Fernando Alves de Melo estava em um dos veículos que se envolveram numa colisão.

Ele foi foi inicialmente socorrido por populares que testemunharam a batida e depois removido para o Hospital UDI, em São Luís, mas não resistiu aos ferimentos e morreu ainda no domingo.

O velório está sendo realizado na Paz União do Centro de São Luís.

Do Blog do Gilberto Leda

A opção de escolha do vereador João Paulo…

A opção de escolha do vereador João Paulo…

O vereador João Paulo (MDB), teve um encontro casual esses dias com o pré-candidato a prefeito Bruno Silva (PP).

Como não poderia deixar de ser, a conversa foi em clima amistoso e transcorreu da melhor forma possível.

Mas o parlamentar agora terá que escolher: continuar na base do governo ou optar pelo apoio a Bruno Silva. Para muitos,  a escolha pode parecer difícil, mas na prática não é se levarmos em consideração o cenário que envolve esse posicionamento.

João Paulo foi aliado do grupo do ex-prefeito Soliney Silva pelo qual se elegeu. Sua sogra a ex-secretária de Educação Albertina Tavares além das questões políticas possui relações de amizades de décadas com a família Silva e todo o seu grupo político também são de apoiadores da pré-candidatura de Bruno Silva.

Pesaria nessa decisão o fato de João Paulo ser base do governo sem ser. Todos os vereadores que foram para a base nunca foram tratado como base na verdade e isso é um fato inegável e de conhecimento público.

Enfim, essa é uma decisão que só o vereador poderá tomar.

Mas que se colocar na balança, o cenário passará a ser favorável para Bruno Silva.

É aguardar e conferir!

Rapidinhas da Boca da Noite

Rapidinhas da Boca da Noite

TIRO

Rapaz fontes do blog informaram que um pré-candidato a prefeito de uma cidade acolá estava em um determinado povoado e lá no bar apareceu uma briga entre pessoas da mesma família. Sem pestanejar o dito cujo teria sacado o revólver e dado dois tiros pra cima pra tentar acalmar o povo… depois que se tocou que era briga de família, guardou o revólver. Será que as coisas pra ele se resolve é na bala? Hum rum!! Te aquieta Sinhozinho Malta kkkkkkkkkkkkkk

ANDADO

Rapaz e aquele outro pré-candidato parece que tá é no onze mesmo neh kkkkkkkk O homem não para… reunião de manhã, conversa de tarde, encontro a noite. Enquanto tem uns com medo de botar a cara na rua, ele não tem contado conversa. Bora, bora!!

FOTO

Rapaz e a foto daquele pré-candidato com a mulher “máxima”. Olha que desde que a foto foi divulgada teve gente no lexotan, outros correram para o rivotril e uns dois que estavam meio desprevenido tiveram que apelar para o suco de maracujá kkkkkkkkkkkkkkkkkk Tinha “gunvernista” se sacudindo todinho com crise de pelanca kkkkkkkkkkkkkk Segura que lá vai!

DÚVIDA

Qual a cidade maranhense que vai divulgar a programação do Carnaval apenas no Natal? É o Carnaval de Natal kkkkkkkkkkkkk Dou um doce a quem souber kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

TORCIDA

E aquela cidade que está ficando ilhada por conta de problemas da água na estrada? É torcer para que as bandas que virão de outras cidades não tenham que enfrentar uma chuva dessas que tem caído, sob pena de azedar a programação do “Carnaval de Natal” kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Prefeito Arquimedes participa de Sessão Solene de reabertura dos trabalhos da Câmara de Afonso Cunha

Prefeito Arquimedes participa de Sessão Solene de reabertura dos trabalhos da Câmara de Afonso Cunha

O prefeito Arquimedes Bacelar esteve presente ontem (15), na Sessão Solene de reabertura dos trabalhos legislativos da Câmara de Vereadores.

Diversas autoridades compuseram a mesa, dentre as quais o presidente da Câmara Pedro Medeiros, os vereadores Paizinho e Evangelista Braga, o ex-prefeito Antônio Maria e o secretário da Administração Thales Paranhos.

Durante a sua fala, o prefeito Arquimedes Bacelar cumprimentou os vereadores, desejou boa sorte no reinício dos trabalhos e reafirmou sua parceria com o Poder Legislativo através da bancada governista, que tem sido parceira na aprovação dos projetos de interesse da população.

Estiveram presentes ainda diversos secretários, assessores e integrantes da comunidade.

Sarney: ‘Calcule o que se sente ao ouvir dizer que vivemos 50 anos de atraso!’

Sarney: ‘Calcule o que se sente ao ouvir dizer que vivemos 50 anos de atraso!’

Da Coluna do Sarney

No meu último artigo sobre o meu governo do Maranhão, 1966-1970, terminei contando como constituímos um grupo de trabalho para planejar o que íamos fazer. Era o GTAP.

Faltava água, as ruas estavam destruídas e a energia eram quatro geradores a lenha da Ullen. Atacamos essas emergências. Asfaltei todas as ruas de São Luís, criei a Caema e fiz um novo sistema de abastecimento de água. Construímos a barragem do Batatã; no Sacavem, a adutora e a ampliação da Estação de Tratamento de Água; reformamos todos os sistema de distribuição d’água, construindo quatro caixas-d’água — Calhau, Oiteiro da Cruz, Tirirical e Galpão (atual início da Kennedy, onde existia um galpão com mercado de legumes e frutas) —; substituímos o encanamento da cidade. Trouxemos dois containers com geradores novos, evitando a continuidade do racionamento que existia até a chegada da energia da hidroelétrica que estávamos construindo no Rio Parnaíba — Boa Esperança.

Comecei a construção de grandes conjuntos de casas populares, criando a COHAB. Para estabelecer comunicação com o interior e melhorar a da capital, criamos a Telemar, cujo presidente era o General Alexandre Colares Moreira, e iniciamos o primeiro plano de Comunicação do Brasil, preparado pelo Coronel Goes, o mesmo que fez o Plano Nacional, grande autoridade na matéria.

Abrimos e construímos a Avenida Kennedy, transferimos a a população da grande palafita que ocupava a área que hoje é a região da Areinha para o outro lado do Bacanga — onde estávamos construindo a Barragem —, e fundamos o Anjo da Guarda. A cidade mudava de aspecto, e os problemas urgentes estavam resolvidos com as novas vias. Para elaborar e implantar um plano de engenharia de tráfego, trouxemos o Major Fontenelle, que fazia o mesmo plano no Rio no governo Carlos Lacerda. Assim, buscávamos, com grande antevisão, enfrentar os problemas que viriam no futuro.

Com a Barragem do Bacanga e a Ponte José Sarney, a cidade era outra, se expandia, abria as asas. Roseana completaria essa obra trabalhando por São Luís, construindo viadutos, abrindo novas avenidas, criando os Vivas, promovendo a Cultura com o renascimento das tradições culturais. Desse modo o nosso objetivo de tornar a cabeça do Estado a sua capital, renovando-a, estava atingido. Tudo que temos hoje vem do passo inicial e, como dizem os chineses, toda corrida começa no primeiro passo.

Pense como seria hoje a São Luís sem nada disso, sem a visão do futuro, sem as obras de há 50 anos, que concebemos e iniciamos.

Depois veio a parte da Educação, com a Cema, a TV Educativa, a Universidade, os Ginásios Bandeirantes, as escolas João de Barros e a nova mentalidade que passou a existir, de progresso e futuro.

E calcule o que se sente ao ouvir dizer que vivemos 50 anos de atraso!!

Imagem do dia: Bruno Silva e Márcia Bacelar juntos?

Imagem do dia: Bruno Silva e Márcia Bacelar juntos?

Em meio as animações do final de semana que antecede o Carnaval 2020, um encontro inusitado pode sinalizar fervura nos bastidores políticos de Coelho Neto.

O registro de um bate papo animado no início da noite deste sábado (15), marcou o encontro do pré-candidato a prefeito Bruno Silva com a ex-prefeita Márcia Bacelar.

Será que teremos novidades? É aguardar e conferir!

Em apoio a pré-candidatura do marido, Andressa Silva cai em campo e mantém agenda de visitas em Coelho Neto

Em apoio a pré-candidatura do marido, Andressa Silva cai em campo e mantém agenda de visitas em Coelho Neto

A médica Andressa Silva abriu espaço na rotina de consultas e plantões para apoiar o projeto do marido em busca do mandato de prefeito em Coelho Neto.

Simpática, humana e sensível as questões sociais ela iniciou uma série de visitas na cidade para acompanhar de perto a realidade da população.

Na prática, a esposa de Bruno Silva não conseguiu ver nada de diferente na cidade que pudesse servir de alento para a população diante de anos de promessas de facilidade, mas que hoje sente falta de serviços essenciais como acesso a coleta de lixo, por exemplo.

“A figura da primeira dama não pode e nem deve ser figurativa, pois espera-se dela a relação mais próxima da comunidade e do olhar para as questões sociais. Defendemos uma atenção diferenciada com a população que mais precisa e qualquer governo comprometido com o bem estar do seu povo não pode agir diferente disso. É preciso trabalhar muito para mudar essa realidade e buscarmos as parcerias necessárias para a ajudar a população”, disse ela.

Nas visitas que tem feito, Andressa vem sendo muito bem recebida e disse que uma das plataformas da pré-candidatura da marido é retornar com a execução e apoio a projetos sociais.