Ministério da Saúde credencia Centro de Atendimento para Enfrentamento da Covid-19 de Duque Bacelar

Ministério da Saúde credencia Centro de Atendimento para Enfrentamento da Covid-19 de Duque Bacelar

O município de Duque Bacelar  foi credenciado pelo Ministério da Saúde para receber  temporariamente incentivos financeiros referente ao funcionamento do Centro  Comunitário de Atendimento para Enfrentamento da Covid-19.

De acordo com a portaria do governo federal, o aporte financeiro mensal  leva em consideração o cenário emergencial de saúde pública decorrente do novo coronavírus em todo o país.

Os Centros Comunitários são estruturas auxiliares, que servem para identificação precoce dos casos, com atendimento adequado das pessoas com síndrome gripal (SG) e Covid-19.

A iniciativa é  um reforço a mais para melhorar os fluxos assistenciais da Atenção Primária em Saúde e da Rede de Atenção à Saúde.

De acordo com a secretária Kamila Santana, a Prefeitura de Duque Bacelar já  havia implantado o Centro de Testagem para atendimento provisório e após solicitação feita pela Secretaria Municipal de Saúde e pelo Prefeito Jorge Oliveira, passa agora a receber esse incentivo por atender os requisitos previstos nas normativas do Ministério da Saúde.

Com contribuição do Blog do Raphael Duarte

Após cobrança do blog, sindicância para apuração de mortes no Hospital de Coelho Neto finalmente é oficializada

Após cobrança do blog, sindicância para apuração de mortes no Hospital de Coelho Neto finalmente é oficializada

Na solenidade de reinauguração do Hospital Municipal no último dia 03 de junho, o prefeito de Coelho Neto Américo de Sousa (PT), anunciou para os quatro cantos que havia determinado ao secretário de Saúde Raimundo Carvalho a instauração de sindicância para apurar morte de uma gestante e seu filho ocorrido no último dia 30 de junho naquela unidade hospitalar.

Acontece que do dia que o prefeito havia anunciado até a última sexta (17), quando esse blog oficializou a cobrança sobre a publicação da sindicância haviam se passado quase 15 (quinze) dias e nada.

Pois bem, nesta segunda (20), o Diário Oficial finalmente trouxe a publicação da Comissão que terá o prazo de 60 (sessenta dias), para apurar o ocorrido.

Tudo isso após a cobrança e vindo apenas 10 dias antes do episódio completar um mês….

SAMU: Mais um capítulo na revolução da saúde de Chapadinha

SAMU: Mais um capítulo na revolução da saúde de Chapadinha

Ao longo de pouco mais de 03 (três) anos, o governo municipal tem promovido uma verdadeira revolução na saúde e aquisições históricas foram viabilizadas ao longo desse período a custa de muita articulação política, empenho e disposição em fazer o melhor para o povo.

Um dos sonhos antigos diz exatamente sobre o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU, programa do Governo Federal em parceria com os municípios. Não se entendia como municípios de menor porte no Estado tinha o serviço, enquanto Chapadinha na condição de sede de uma regional ficava de fora, mesmo sendo referência para diversos outros municípios.

A espera finalmente acabou! Chapadinha não foi contemplada apenas com a implantação do serviço, como de imediato já recebeu duas ambulâncias. Quando foi anunciado os mais céticos duvidaram, hoje elas estão estacionadas na frente do Complexo Hapa, como um testemunho desse novo momento vivido pela saúde do Município.

Além das ambulâncias que a Prefeitura já havia viabilizado com recursos próprios, agora o serviço de urgência e emergência conta com dois modernos veículos também 0 km que estará a disposição dos usuários do Sistema Único de Saúde – SUS.

“Estou muito feliz com essa aquisição, pois também como profissional médico sei o quanto esse serviço representará um divisor de águas em nossa prestação de serviço, com veículos e equipe preparada para socorrer quem precisa. É orgulho demais em poder viabilizar no nosso governo mais essa conquista que reforça essa rede de saúde que estamos organizando desde 2017”, disse o prefeito Magno Bacelar.

Na manhã deste sábado (18), o secretário de Saúde Dr Eli Monteiro recebeu os veículos e na próxima semana será anunciado oficialmente onde ficará a sede do serviço.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192) tem como objetivo chegar precocemente à vítima após ter ocorrido alguma situação de urgência ou emergência que possa levar a sofrimento, a sequelas ou mesmo à morte. São urgências situações de natureza clínica, cirúrgica, traumática, obstétrica, pediátrica, psiquiátrica, entre outras. O SAMU 192 realiza os atendimentos em qualquer lugar e conta com equipes que reúne médicos, enfermeiros, auxiliares de enfermagem e condutores socorristas.

Após perder o filho, mãe cobra explicações de atendimento médico no Hospital de Coelho Neto

Após perder o filho, mãe cobra explicações de atendimento médico no Hospital de Coelho Neto

Não há como assistir o vídeo da fala de dona Jesus Sousa sem sentir o nó na garganta. Trata-se de uma mãe inconformada com a perda do filho – o jovem João Victor, estudante do IFMA de Coelho Neto, falecido na última segunda (13).

Segundo depoimentos em um vídeo na rede social, a abordagem da equipe de saúde que prestou os primeiros socorros João Vitor em casa já foi desastrosa – diferente da saúde humanizada pregada pelo atual governo. Segundo depoimentos ele precisava apenas ser hidratado, pois estava fraco em decorrência de um problema no intestino que lhe causou vômitos e consequentemnte deixou de se alimentar.

No vídeo ela diz que a equipe do Hospital Municipal ao invés de atendê-lo, decidiu encaminhá-lo a Unidade de Pronto Atendimento – UPA, que hoje é a responsável pelo tratamento das pessoas com Covid-19. Ela cobra uma resposta do Município a respeito do atendimento dele, tanto no Hospital Municipal, quanto na UPA, incluindo os prontuários com a medicação que lhe foi dada.

É o segundo caso de relatos condenando o atendimento médico do “novo hospital” em menos de um mês da sua inauguração. Quando mãe e filha morreram no final de junho e somente após muita pressão sobre explicações, o prefeito Américo de Sousa (PT), chegou a dizer que a havia determinado abertura de procedimento administrativo e abertura de sindicância para apurar o caso, mas próximo a um mês os atos a esse respeito sequer foram oficializados no Diário do Município.

Dona Jesus chegou a ir ontem (17), na UPA cobrar explicações e já expôs seus questionamentos em rede social, mas até agora não houve qualquer manifestação pública a respeito do assunto.

Cadê o secretário de Saúde Raimundo Carvalho e a diretoria do Hospital de Coelho Neto que ainda não se manifestaram sobre o caso?

Após prefeito de Coelho Neto anunciar sindicância para apurar mortes no hospital, ato nunca fora oficializado…

Após prefeito de Coelho Neto anunciar sindicância para apurar mortes no hospital, ato nunca fora oficializado…

Durante entrega da reinauguração do Hospital Casa de Saúde e Maternidade de Coelho Neto no último dia 03 de julho, o prefeito de Coelho Neto Américo de Sousa (PT), se manifestou pela primeira vez oficialmente sobre a morte de mãe e filho ocorrido nas dependencias da unidade hospitalar no útlimo dia 29 de junho.

Na oportunidade, o prefeito disse que havia determinado ao secretário de Saúde Raimundo Carvalho a instauração de Procedimento Administrativo e que o profissional fosse afastado para que houvesse a apuração.

No entanto, como se sabe, para casos como esse é públicado um ato determinando a abertura do processo com detalhes da apuração, com tempo de duração e seus devidos responsáveis.

Estranhamente sabe-se lá por quais motivos, da edição do Diário Oficial do dia 30 até o presente momento não consta o ato dessa sindicância, quem são seus integrantes e qual o prazo para que o resultado da investigação seja dada.

O engraçado disso tudo é que esse ato mais grave não teve a urgência necessária por parte do governo, mas a portaria “da perseguição” a respeito do terreno do hospital pertecente ao ex-prefeito Waltenir Lopes, essa já foi publicada, mesmo com a decisão judicial recente de que a Prefeitura havia perdido o prazo para anular seu próprio ato.

Perseguição do prefeito contra o ex-prefeito Walternir Lopes de olho na posse do hospital segue firme, mesmo com a justiça já tendo dito que o tempo para questionamento da área já fora prescrito

Por que será tanta letargia para dar respostas as mortes no “novo hospital? Com a palavra o secretário de Saúde….

Prefeitura distribui mais 02 (dois) mil kit’s de higiene em Duque Bacelar

Prefeitura distribui mais 02 (dois) mil kit’s de higiene em Duque Bacelar

A Prefeitura de Duque Bacelar está distribuindo mais uma remessa de (02) dois mil kits de higiene na cidade como estratégia de combate ao novo coronavírus.

 A ação está sendo coordenada pela Secretaria Municipal de Saúde e conta com o total apoio do prefeito Jorge Oliveira. A entrega aconteceu nas escolas do município e do estado e contou com o apoio do Agentes Comunitários de Saúde.

“Essa é mais uma ação valiosa e vai reforçar os trabalhos executados na cidade contra o avanço do novo coronavírus. É de fundamental importância que as comunidades mais vulneráveis tenham acesso a itens pessoais de higiene e limpeza para contribuir no combate à Covid-19. Aqui agradeço imensamente o apoio dado pelo prefeito  Jorge Oliveira que desde o início se preocupa com a situação vivida pela população de  Duque Bacelar diante  à  essa pandemia e a toda nossa equipe”, destacou Kamila Santana, secretária municipal de saúde.

O kit é formado por álcool em gel, sabão em barra, água sanitária, máscaras de proteção facial e um folheto explicativo com dicas de segurança recomendados pelos órgãos de saúde.

Do Blog do Raphael Duarte

Único na Microrregional: Afonso Cunha é contemplado com Centro de Atendimento da COVID-19

Único na Microrregional: Afonso Cunha é contemplado com Centro de Atendimento da COVID-19

De acordo com a Portaria nº 1.579/2020, do Ministério da Saúde, a cidade de Afonso Cunha é uma das 767 cidades brasileiras contempladas com o Centro de Atentimento para Enfrentamento do Covid-19 – e o único da microrregional de Coelho Neto. Os Centros de Atendimento são estruturas auxiliares, que servem para identificação precoce dos casos, com atendimento adequado das pessoas com síndrome gripal (SG) e Covid-19, no Sistema Único de Saúde (SUS).

“Essa conquista é fruto de muito trabalho, dedicação e de um governo que tem levado a sério as medidas do enfrentamento ao Covid-19 desde o início e como resultado dessas ações conseguimos garantir uma redução no número de ativos, cujos números atualmente são inferiores ao número de recuperados. As ações desse centro servirão para otimizar esse atendimento que já vem sendo feito de forma tão satisfatória. O prefeito Arquimedes Bacelar e o município de Afonso Cunha mais uma vez sai na frente”, explicou a secretária de Saúde Analídia Bacelar.

Os Centros de Atendimento podem identificar e tratar os casos com sintomas leves de coronavírus. Estes estabelecimentos possibilitam que os demais serviços oferecidos nas unidades de saúde da Atenção Primária, como cuidados com a saúde da criança, consultas de pré-natal, acompanhamento de pessoas com doenças crônicas como diabetes e hipertensão, sejam mantidos e retornem à rotina habitual.

Estas unidades atuam como ponto de referência da Atenção Primária à Saúde (APS) e buscam também conter a transmissibilidade do coronavírus, ao reduzir a ida de pessoas com sintomas leves aos serviços de urgências ou hospitais, além de deixar a procura das unidades de saúde para manutenção e retorno do atendimento de rotina.

Para garantir essa implantação, as gestões municipais podem utilizar os espaços disponíveis em sua rede de saúde ou até mesmo criar um espaço específico para o Centro de Atendimento. A decisão de como operacionalizar a estratégia é de autonomia do gestor.

No Maranhão, 87% das pessoas que faleceram por Covid-19 tinham comorbidades

No Maranhão, 87% das pessoas que faleceram por Covid-19 tinham comorbidades

Na coletiva virtual desta sexta-feira (3), o governador Flávio Dino enfatizou dois pilares importantes no combate ao coronavírus no Maranhão: medidas assistenciais e o cumprimento das regras sanitárias. Ele destacou ainda os dados divulgados pelo Governo Federal que apontam que, dentre os estados da região Nordeste, o Maranhão foi o que menos perdeu empregos formais.

“Todo o esforço que estamos fazendo vale a pena. Infelizmente nós ainda não vencemos o coronavírus. Hoje o quadro é bem menos grave do que os meses anteriores. Porém, em termos nacionais, estamos muito longe de vencer o coronavírus. Sublinho a imperatividade de que todos observemos as regras sanitárias”, assegurou Dino.

Durante a coletiva, o governador citou que o Maranhão permanece com a menor taxa de contágio do país. “O nosso estado continua sendo o estado brasileiro com a menor taxa de contágio do país. Essa semana, estudo feito pela PUC-RJ e FGV, mostra que permanecemos com a menor taxa contágio. Estamos lutando com essa meta e sabemos que todo esforço tem valido a pena nessa luta que é diária”, pontuou o governador.

“Estabilidade, essa é a síntese desta semana quanto à pandemia do coronavírus no Maranhão. Os casos ativos caíram nos últimos 30 dias e nós estamos lutando para que essa tendência se mantenha. O cumprimento das regras sanitárias é vital para o alcance dessa meta”, complementou o governador do Maranhão.

Taxa de letalidade

O Maranhão permanece com a taxa letalidade abaixo da média brasileira. Na coletiva, o governador mostrou gráfico sobre a relação óbitos x comorbidades. No Maranhão, 87% das pessoas que faleceram tinham comorbidades, como hipertensão e diabetes. Já 13% das pessoas que faleceram não tinham histórico de comorbidades.

“Não é verdade que só morre de coronavírus quem tem comorbidade. Mesmo que a pessoa não tenha outras patologias, ela também pode entrar, infelizmente, nessa terrível estatística. Não há dúvida que a probabilidade desse desfecho indesejado é maior quando estamos na presença de outras doenças pré-existentes. Então essas pessoas precisam ter cuidados adicionais”, demonstrou o governador.

Do Blog do John Cutrim

COVID-19: Prefeitura de Duque Bacelar segue com ações de enfrentamento a pandemia

COVID-19: Prefeitura de Duque Bacelar segue com ações de enfrentamento a pandemia

A Prefeitura de Duque Bacelar segue intensificando as medidas preventivas de enfrentamento à  Covid-19. Nesta segunda-feira, 29 de junho, aconteceu mais uma etapa dos trabalhos de higienização e desinfecção dos principais espaços públicos da cidade, com maior circulação de pessoas e também na zona rural.

O trabalho está sendo executado pela Secretaria Municipal de Saúde, Vigilância Sanitária e limpeza pública. De acordo com a secretária de Saúde, Kamila Santana, todas às ações atendem a uma determinação do prefeito Jorge Oliveira.

A equipe responsável pela higienização  foi totalmente preparada e utilizou os produtos recomendados pela Anvisa durante o processo; além de equipamentos individuais de proteção.

A Prefeitura segue promovendo uma série de ações preventivas o que tem sido fundamental para conter a elevação da Covid-19 em Duque Bacelar.

Homem pagou R$ 5 mil pela morte da ex-esposa e da filha em São Luís, diz polícia

Homem pagou R$ 5 mil pela morte da ex-esposa e da filha em São Luís, diz polícia

Um homem teria pago a quantia de R$ 5 mil pela morte da ex-esposa, Graça Maria Pereira de Oliveira, 54, e da filha, a jovem Talita Oliveira de Oliveira Friseiro, 25.

Mãe e filha foram encontradas mortas e enroladas em um lençol dentro de um veículo na Rua Duque Bacelar, Quintas do Calhau, próximo à churrascaria Sal e Brasa, no dia 7 de junho (reveja).

De acordo com informações da delegada Viviane Fontenele, do Departamento de Feminícidio da Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP), G. A. S contratou uma pessoa para matar as duas.

O executor trabalhava em uma obra ao lado da casa das vítimas, e era bem conhecido da família, fato que explica o seu fácil acesso à residência para praticar o crime. Os dois já estão presos.

Com informações do Jornal Pequeno.