Prefeitura de Chapadinha organiza força-tarefa para evitar aglomeração em Agência da Caixa e Lotéricas

Prefeitura de Chapadinha organiza força-tarefa para evitar aglomeração em Agência da Caixa e Lotéricas

A Prefeitura de Chapadinha está desenvolvendo uma força-tarefa para evitar aglomeração na Agência da Caixa e Lotéricas durante o processo de pagamento da segunda parcela do Auxílio Emergencial. A ação intersetorial envolve o esforço conjuntos das secretarias de Assistência Social, Educação e Saúde.

Com a probabilidade de mobilização de centenas de pessoas, foram designados equipes de profissionais para atuar na distribuição de lanches, higienização com álcool em gel e orientações necessárias para cumprimento das recomendações de distanciamento.

Como parte dessa garantia de infraestrutura, o governo municipal garantiu também a implantação de tendas e instalação de banheiros químicos para estes usuários.

“O governo está cumprindo com seu papel, atendendo a uma determinação do prefeito Magno Bacelar para que além de evitar aglomeração, possamos garantir um pouco de conforto a estes beneficiários desse programa social que vai beneficiar as famílias e servir para aquecer nossa economia”, destacou a secretária de Assistência Social Danúbia Carneiro.

Secom/PMC

COVID-19: Secretaria de Saúde de Chapadinha divulga investimentos e plano de aplicação de recursos

COVID-19: Secretaria de Saúde de Chapadinha divulga investimentos e plano de aplicação de recursos

Separando legítimas indagações sobre o bom uso dos recursos públicos da exploração política eleitoral em torno do combate à pandemia, a Secretaria Municipal de Saúde vem esclarecer:

1 – Não bastasse toda estrutura como UPA, HAPA, Maternidade, Novas UBSs, Ambulância e outros equipamentos garantidos durante a gestão de 2017 pra cá, a secretaria de saúde e a prefeitura não esperaram o depósito de acréscimo e custeou as primeiras ações contra o coronavírus com recursos próprios. Barreiras sanitárias, EPIs, Medicamentos, testes rápidos e outras despesas foram realizadas com recursos próprios;

2 – Após o depósito de recursos financeiros do governo federal da ordem de R$ 1.200.000,00 (um milhão e duzentos mil reais) a secretaria submeteu um plano de aplicação de recursos que foi aprovado por unanimidade pelo Conselho Municipal de Saúde; A planilha financeira está disponível abaixo.

3 – Atendendo a convite do Legislativo Municipal estivemos na Câmara Municipal (dia 30/04/2020), onde foi feita a exposição detalhada do plano de gastos e foi respondida às indagações dos parlamentares. O evento foi encerrado com todas as perguntas respondidas;

4 – Além de todas as ações já mencionadas, a administração vem fazendo adaptações prediais nas unidades, melhorando equipamentos como uma ambulância que sofreu transformação para receber respirador mecânico, um novo hospital de urgência e emergência do município foi aberto e várias outras ações que consomem recursos financeiros e investimentos necessários;

5 – A Secretaria Municipal de Saúde esclarece ainda que sua despesa mensal anterior à pandemia com funcionários já era da ordem de R$ 2.700.000,00 (dois milhões e setecentos mil reais) e que diante das necessidades em decorrência do momento essa despesa tende a aumentar significativamente tanto com pessoal, quanto com materiais, insumos e investimentos físicos;

6 – A saúde de Chapadinha ressalta também que grande parte dos recursos extras ainda não foram utilizados e serão aplicados mediante planejamento com prioridade para equipamentos de proteção para servidores da linha de frente nas unidades hospitalares, insumos, medicamentos e contratação de mais profissionais especializados.

7 – Finalizamos lembrando que os gastos públicos são fiscalizados por órgãos como tribunais de contas, controladorias e promotoria pública. A primeira prestação de contas específica para esse fim será realizada nos próximos dias junto ao conselho municipal de saúde, com direito e ampla publicidade pra cumprimento dos ditames da transparência pública.

Secom/PMC

Prefeito Magno Bacelar edita novo decreto com novas regras relacionadas ao Covid-19

O prefeito Magno Bacelar assinou novo decreto nesta terça (12), com novas medidas restritivas aplicáveis ao comércio considerado essencial, medidas de proteção à coletividade para enfrentamento e prevenção da transmissão do Covid-19 no âmbito do município de Chapadinha.

 

De acordo com o novo decreto, fica prorrogada as medidas aplicadas ao comércio não essencial e as restrições impostas para alguns seguimentos do essencial até o próximo dia 22 de maio.

Com a normativa, fica prorrogada a proibição de reuniões em templos religiosos também até o próximo dia 22 de maio.

Magno na canela de Levi Pontes: “Não Fechamos Hospitais”

Magno na canela de Levi Pontes: “Não Fechamos Hospitais”

Após comentário do ex-deputado Levi Pontes que criticou o prefeito Magno Bacelar e o governador Flávio Dino em postagem que comunica ter contraído covid-19, o prefeito Magno usou as redes sociais para responder.

“Temos uma UPA Municipal, uma Maternidade Municipal, um Complexo Hospitalar-HAPA e agora um novo local para atender a Urgência e Emergência separadamente da UPA que ficou exclusiva para tratar de pacientes com o Covid-19”, listou o prefeito.

Magno lembrou que UPA foi fechada pelo governo do estado, que o município reabriu com recursos próprios e refutou que a Unidade esteja sucateada como alegou Levi.

“Quero lembrar que nossa UPA foi fechada pelo governo do estado, reabrimos e hoje é bancada com recursos próprios do nosso tesouro municipal, e atende todo mundo”, declarou.

“A UPA Municipal não está fechada, nem sucateada, ela está é nos servindo e muito, porque sei que todos nós precisamos, e todo investimento na saúde nunca é muito”, concluiu Magno. “Graças a Deus que todo povo Chapadinhense e todo estado do Maranhão está vendo nosso esforço e o quanto nossa saúde Municipal evoluiu mesmo em tempos difíceis. Chapadinha tem um prefeito médico, que se preocupa e sabe dar valor a nossa saúde Municipal”, ponderou o prefeito Magno.

Ao encerrar o prefeito Magno alfinetou Levi por ter fechado seu antigo hospital particular HCC e ter deixado a UPA fechar enquanto era deputado estadual aliado do governador. “Só pode falar de saúde quem tem compromisso e quem nunca fechou hospital, e nem permitiu o Estado fechar um”, finalizou.

 

Coronavírus: Prefeito Magno Bacelar oferece ginásio para abrigar hospital de campanha para a região

Coronavírus: Prefeito Magno Bacelar oferece ginásio para abrigar hospital de campanha para a região

Com o aumento significativo de casos confirmados de coronavírus na cidade e região, o prefeito de Chapadinha Magno Bacelar anunciou que ofereceu a estrutura do ginásio poliesportivo para o Governo do Estado para abrigar um hospital de campanha para a região.

Confira a integra do que disse o prefeito:

Meus amigos com o número de pacientes aumentando com Covid-19, ofereci ao governo do Estado o nosso município Chapadinha e o espaço de nosso Ginásio Poliesportivo Nonato Vale, para que possa ser utilizado para a implantação de um Hospital de Campanha no confronto a esta pandemia.

Espero que nosso pedido seja atendido, pois nosso município está estrategicamente localizado na região do Baixo Parnaiba, e poderá ajudar não só nosso município como os demais. Neste momento delicado abro as portas do nosso município ao governo do Estado.

Reforço o pedido para que todos Chapadinheses se conscientize e se mantenham em casa. E o uso da máscara.

Prefeitura executa ações de fiscalização no comércio em Chapadinha

Prefeitura executa ações de fiscalização no comércio em Chapadinha

A Prefeitura segue com as ações de fiscalização para garantir o cumprimento das normas estabelecidas para enfrentamento do coronavírus – Covid19, no âmbito do município de Chapadinha.

As equipes tem atuado na autuação de lojas e bares que seguem funcionando em desacordo com as normas vigentes.

A ação do governo municipal visa notificar ainda, todos os estabelecimentos do comércio não essencial que insistem em funcionar normalmente.

Secom/PMC

Prefeitura inicia ações em bancos e lotéricas de Chapadinha

Prefeitura inicia ações em bancos e lotéricas de Chapadinha

A Prefeitura de Chapadinha através das Secretarias de Saúde e Segurança Pública Municipal seguem com ações preventivas de fiscalização para coibir aglomerações em casas lotéricas em nos espaços externos das agências bancárias.

Seguindo a orientacao do prefeito Magno Bacelar, está sendo mantida a interdição de vias próximas aos perímetros das casas lotéricas e da agência da Caixa Econômica Federal, onde foi implantado as medidas de sinalização, balizamento e desvio do tráfego.

Além disso, segue a mobilização de equipes de monitoramento em cada estabelecimento, com agentes de segurança e saúde orientando e fiscalizando o cumprimento das indicações sanitárias.

Secom/PMC

Agora são 11: Prefeitura atualiza boletim e confirma mais 02 casos em Chapadinha

Agora são 11: Prefeitura atualiza boletim e confirma mais 02 casos em Chapadinha

Com mais dois registros nesta sexta-feira, 24/04, Chapadinha já totaliza 11 casos de covid-19, segundo o boletim diário da Vigilância Epidemiológica.

Ainda de acordo com informes da Secretaria de Saúde os novos casos diagnosticados são de uma pessoa de 34 anos e outra de 52 anos de idade, ambos do sexo masculino.

Sobre o quatro clínico dos pacientes, há nove pessoas sem sintomas ou com sinais leves da doença e que cumprem isolamento domiciliar com acompanhamento das equipes multidisciplinares da secretaria municipal de saúde. Um paciente foi transferido para São Luís e duas pessoas se encontram internadas na UPA.

Diante do surgimento de novos casos, a Secretaria Municipal de Saúde reforça o apelo para que a população permaneça em casa o máximo possível.

Secom/PMC

Prefeitura de Chapadinha unifica pagamentos de servidores no 5º dia útil do mês subsequente

Prefeitura de Chapadinha unifica pagamentos de servidores no 5º dia útil do mês subsequente

Em função da grave crise sanitária que afeta o mundo inteiro, com severos impactos econômicos e sociais que ameaçam a normalidade das contas públicas e a capacidade financeira de estados e municípios, a Prefeitura de Chapadinha precisou adotar algumas medidas administrativas que passa a informar aos servidores e à sociedade em geral conforme segue:

1 – Como parte de uma ampla restruturação de calendários, atividades e orçamentos, a partir deste mês estabelecemos o 5º dia útil do mês subsequente como data unificada para o pagamento de todo o funcionalismo público municipal;

2 – A medida tem por foco principal adotar tratamento igualitário a todos e evitar a injustiça de categorias recebendo antecipadamente em detrimento de outras de igual importância para os serviços públicos ofertados aos cidadãos;

3 – Por conta da emergência sanitária do coronavírus vamos adotar estratégias para que o pagamento do funcionalismo seja realizado sem aglomerações e com o mínimo de risco para servidores e população em geral;

4 – Como é de conhecimento de toda a sociedade e muito em particular dos servidores, como iniciado em janeiro de 2001, na primeira gestão do prefeito Dr. Magno, os funcionários passaram a receber adiantado no dia 20 de cada mês, sendo este o patamar que continuamos a buscar e esperamos retomar tão logo consigamos juntos superar mais esta dificuldade.

Secom/PMAC

Saúde de Chaapdinha multa Caixa Econômica em R$ 75 mil por descumprimento de normas sanitárias

Saúde de Chaapdinha multa Caixa Econômica em R$ 75 mil por descumprimento de normas sanitárias

A Vigilância Sanitária de Chapadinha, com apoio da Secretaria Municipal de Segurança, acaba de multar a agência local da Caixa Econômica Federal por descumprimento das normas sanitárias de enfrentamento e combate à pandemia do coronavírus.

De acordo com o auto de infração, a Caixa foi multada por falta do uso massivo de máscaras de proteção, descumprimento de critérios e marcações para organização de filas e excessiva aglomeração de pessoas.

A multa lançada contra a Caixa Econômica de Chapadinha tem o valor de R$ 75.000,00 (setenta e cinco mil reais), pode aumentar em caso de reincidência e a Procuradoria do Municipal não descarta ações judiciais para obrigar a instituição bancária a cumprir as orientações de interesse da saúde da população.

Secom/PMAC