Maranhão apresenta redução das internações por Covid-19

Maranhão apresenta redução das internações por Covid-19

O Maranhão apresentou queda no número de internações por Covid-19. Os leitos de UTI, que chegaram a ultrapassar os 90% de ocupação, estão em 69%; e os leitos clínicos, da média de 75%, caíram para 54% de taxa de ocupação. Os dados são da Secretaria de Estado de Saúde (SES) e foram divulgados pelo governador Flávio Dino, em coletiva, nesta sexta-feira (9), no Palácio dos Leões. Na ocasião, atualizou ainda o cenário da doença no Maranhão. “Nossa visão é de continuidade da queda nas internações e sendo assim, de mais flexibilidades das restrições”, frisou o governador.

O Governo prossegue com os postos de vacinação para a segunda dose para profissionais da salvamento, forças armadas, educação e segurança, de órgãos estaduais e federais. Estão disponíveis, o drive thru do São Luís Shopping e IEMA Rio Anil, na capital; e em Imperatriz, drive thru do Shopping Imperial. E no sábado (10), na cidade de São João Batista, mais uma edição do Arraial da Vacinação.

“Quanto mais pessoas protegidas com a segunda dose, melhor para toda sociedade. Precisamos construir a proteção coletiva. Destaco, mais uma vez, a importância da segunda dose na data marcada”, enfatizou o governador Flávio Dino.

Flávio Dino reforçou mais um sorteio do programa Dose Premiada, nesta sexta, às 16 horas. Participam, automaticamente, pessoas já imunizadas com a segunda dose da vacina contra a Covid-19. Serão distribuídos ao longo dos sorteios, 50 prêmios de R$ 1 mil; 20 prêmios de R$ 5 mil; e 5 prêmios de R$ 10 mil. “Essa premiação é um incentivo para que as pessoas se vacinem e retornem para a segunda dose”, pontuou. A lista de sorteados estará no site dosepremiada.ma.gov.br e informações: dosepremiada@segov.ma.gov.br, além dos contatos (98) 2016-4344/2016-4345.

Mesmo com a queda nas internações, o Governo do Estado mantém o plano de ampliação da rede de saúde. Já concluiu e inaugurou a ampliação a capacidade do setor de hemodiálise no Hospital de Chapadinha, de 42 para 90 pacientes; e em Barra do Corda, amplo ciclo de obras de infraestrutura vai transformar o Hospital Municipal em Hospital Regional.

Medidas restritivas

O governador Flávio Dino atualizou as medidas restritivas, com algumas novas flexibilizações, devido à redução nas taxas de internações. Ficam permitidos eventos com até 150 pessoas, até 0h; administração pública estadual funciona com 80% da capacidade e igrejas, com 70%; grupos de risco vacinados retornam ao trabalho em 30 dias, nos setores públicos e privados, exceto gestantes; comércio e indústria, das 9h às 21h; bares e restaurantes, até às 0h; academias e supermercados, das 6h às 0h; shoppings, 10h às 22h. Estabelecimentos, em geral, funcionando com 70% da capacidade. As medidas valem para o período de 13 a 19 de julho.

Do Blog do John Cutrim

Rafael Leitoa não quer mais ser chamado de Rafael Leitoa

Rafael Leitoa não quer mais ser chamado de Rafael Leitoa

Diego Emir

O líder do governo Flávio Dino na Assembleia Legislativa do Maranhão decidiu abandonar o sobrenome “Leitoa” e a partir de agora só será identificado por Deputado Rafael. A decisão é mais um capítulo da ruptura entre o parlamentar e o grupo comandado por Chico Leitoa em Timon.

De acordo com Rafael, não fazia mais sentido usar o Leitoa e lembrou que também não era seu sobrenome, que tem como nome de batismo: Rafael de Brito Sousa.

Desde o inicio do ano, Rafael foi excluído do Grupo Leitoa, após a eleição da Mesa Diretora da Câmara de Vereadores de Timon. O ex-prefeito Luciano Leitoa atribui ao primo a derrota, uma vez que Uilma Resende (PDT), aliado do líder do governo, venceu a chapa montada por Celso Tacoani (PCdoB) que tinha o apoio da prefeita Dinair Veloso (PSB).

Rafael sempre negou envolvimento nessa disputa, mas Luciano, Chico e Dinair nunca acreditaram e decidiram por romper com o até então aliado.

Rafael Leitoa sempre foi o sobrinho querido de Chico Leitoa, alguns apontavam que ele parecia mais um filho, uma vez que as semelhanças físicas e a forma de atuar politicamente eram mais parecidas do que do próprio Luciano Leitoa.

Alguns apontam que a ruptura entre Luciano e Rafael começou desde a pré-campanha de Timon, quando o deputado estadual era apontado como melhor pontuado nas pesquisas. Mas por ciúmes, o então prefeito tinha bancado o nome de Dinair Veloso. A vitória veio com apenas 375 votos de diferença.

Agora, os laços foram rompidos e Rafael não tem outro caminho senão buscar a sua própria identidade e rumo. Ele também deve deixar o PDT nas próximas semanas e ir exatamente para o partido que o primo, Luciano Leitoa, presidia, o PSB, que segue sendo o partido da prefeita de Timon, Dinair Veloso.

Em 2022, Rafael deve enfrentar o seu Chico Leitoa na disputa por uma vaga na Assembleia Legislativa e os dois também deve polarizar uma briga doméstica.

Escutec: Bruno Silva tem 79% de aprovação em Coelho Neto

Escutec: Bruno Silva tem 79% de aprovação em Coelho Neto

Passado os primeiros seis meses de governo, o prefeito Bruno Silva (PP), confirma o capital político que o fez ser o mais votado da história política de Coelho Neto. O Instituto Escutec – o mesmo que praticamente acertou o resultado eleitoral da cidade no ano passado, realizou uma pesquisa para medir a popularidade do jovem prefeito e o resultado o coloca entre os mais bem avaliados do Maranhão.

A pesquisa Escutec perguntou aos entrevistados se aprovam ou desaprovam a administração do prefeito Bruno Silva (PP): 79% aprova, 12% desaprova e 9% Não souberam/Não opinaram. A pesquisa entrevistou 800 pessoas entre os dias 29 de junho e 02 de julho de 2021, com margem de erro de 3%, para mais ou para menos.

A aprovação indiscutível do prefeito pode ser medida nas ruas pela forma popular e planejada como decidiu governar a cidade que viveu no ostracismo político-administrativo vivido nos últimos quatro anos. Em seis meses, o prefeito já foi recebido em audiência pelas principais lideranças políticas do Estado e garantiu uma parceria sólida com o governador Flávio Dino e apoio do Deputado Estadual Glalbert Cutrim, do Deputado Federal André Fufuca e do senador Weverton Rocha.

Conquistas

Na Educação, o prefeito fez a entrega da emblemática Escola Justino Bastos, paralisada desde 2015, além da entrega de reforçado kit-merenda escolar para cerca de 11.000 mil alunos que integram a rede municipal de ensino. Na Saúde, o prefeito garantiu a disponibilidade de 02 novas ambulâncias, implantou um Centro Covid, reestruturou a UPA e implantou leitos de Semi-Uti que tem ajudado a salvar vidas de pacientes graves vítimas da Covid-19, além de garantir a vacinação da população e retornar o funcionamento do Centro de Imagem. Na Cultura, o prefeito realizou entrega de cestas básicas para a classe artistica e a realização de uma Live Junina com entrega de incentivo para toda a categoria.

Na área da infraestrutura, o governo municipal tem atuado na recuperação e revitalização de espaços públicos, eficiente limpeza pública, além da implantação do Posto Avançado do Detran, entrega de unidades habitacional, construção de pontes e recuperação de estradas vicinais e a pavimentação polédrica de ruas. O prefeito também tem garantido a antecipação dos salários dos servidores públicos, pagamento da primeira parcela do 13º salário dos aniversariantes do mês, além da conclusão do pagamento de 1/3 de férias de todos os servidores. Na agricultura, a assistência ao homem do campo segue garantido, com o apoio realizado através da distribuição de sementes, máquinas e articulação para regularização fundiária na região de assentamentos.

A força política do prefeito também garantiu um convênio junto ao Governo do Estado para realizar a reforma do Mercado Velho, obra aguardada por várias décadas pela população de Coelho Neto.

Essa administração arrojada e eficiente na cidade de Coelho Neto, tem colocado o prefeito Bruno Silva (PP), como um dos prefeitos mais bem avaliados em todo o Maranhão.

Do Blog do Gilberto Leda

Lucas Porto condenado a 39 anos de prisão pela morte de Mariana Costa

Lucas Porto condenado a 39 anos de prisão pela morte de Mariana Costa

G1 Maranhão

O empresário Lucas Leite Ribeiro Porto, acusado de matar a publicitária Mariana Menezes de Araújo Costa Pinto, de 33 anos, sobrinha-neta do ex-presidente José Sarney, foi condenado, em júri popular, a 30 anos de prisão por homicídio com quatro qualificadoras, sendo feminicídio, asfixia, impossibilidade de defesa e ocultação de provas, e 9 anos de prisão por estupro, totalizando a pena privativa de liberdade de 39 anos de reclusão em regime fechado inicial.

Após o anúncio da sentença, a defesa do empresário afirmou ao G1 que vai recorrer da decisão.

Após seis dias de julgamento, o Tribunal do Júri decidiu, na madrugada desta segunda-feira (5), pela condenação do réu. O juiz negou ao acusado o direito de recorrer da decisão em liberdade, além disso, ele disse que o fato do Lucas Porto estar preso há quatro anos não são relevantes para diminuir a pena.

Desde 2016, Lucas Porto permanecia preso no Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em São Luís, onde respondia pelos crimes de homicídio qualificado por asfixia, mediante recurso que impossibilitou a defesa da vítima, objetificando ocultar crime e por feminicídio. Agora, ele será levado novamente ao presídio, onde deverá a cumprir a pena, inicialmente, em regime fechado.

Sem Roseana, Weverton tem liderança consolidada em todas as pesquisas

Sem Roseana, Weverton tem liderança consolidada em todas as pesquisas

Sem Roseana Sarney, o senador Weverton Rocha é o líder em todos os cenários para o governo do Estado, de acordo com as últimas pesquisas.

Tanto na pesquisa Exata quanto na Escutec, divulgadas neste fim de semana, Weverton é o primeiro em todos os cenários, quando retirado o nome de Roseana, que deve concorrer a uma vaga na Câmara Federal.

Num cenário sem Roseana, a pesquisa do instituto Escutec mostra a liderança de Weverton, com 22%, à frente de Edivaldo Júnior (18%), Carlos Brandão (14%) e Simplício (7%).

Já na Exata, em um cenário quando se exclui o nome de Roseana, Weverton vence com 31%. Em segundo vem Edivaldo com 15%, Josimar de Maranhãozinho aparece com 12%, seguido por Brandão que pontua com 10%.

Os levantamentos confirmam não só a liderança consolidada de Weverton, mas também um índice de voto cristalizado, já que tem mantido o percentual de votos em todas as consultas realizadas neste ano.

Do Blog do John Cutrim

Entrega da Escola Justino Bastos representa virada de página

Entrega da Escola Justino Bastos representa virada de página

A inauguração da Escola Justino Bastos representou uma conquista muito aguardada pela população.

Com recursos próprios e em tempo recorde, o prefeito Bruno Silva garantiu a entrega da obra que durante anos ficou abandonada, sofrendo com a ação do tempo, a depredação e a ação de vândalos.

Diversas autoridades e a população em geral, fizeram questão de acompanhar o acontecimento, que reforça o compromisso do atual governo com a educação.

O prédio da Escola Justino Bastos vira a página do abandono e passa a figurar entre as unidades educacionais mais bonitas da região, todo climatizado, além da infraestrutura necessária para receber a comunidade escolar.

Fotos: Magno Romero

Prefeito Arquimedes Bacelar sanciona lei que regulamenta gentílico de Afonso Cunha

Prefeito Arquimedes Bacelar sanciona lei que regulamenta gentílico de Afonso Cunha

O prefeito Arquimedes Bacelar (PDT), sancionou a lei que regulamenta oficialmente o gentílico da cidade de Afonso Cunha, que após o projeto passa a ser “Afonsense”.

A sanção se dá após a aprovação do projeto de lei apresentado na Câmara de Vereadores pela vereadora Júlia Rodrigues.

Ao defender a matéria no plenário, a vereadora Júlia Rodrigues argumentou que por várias vezes foi alvo de gozações sobre o assunto e que essa regulamentação era necessária.

“Parecia que não tinhamos identidade, que cada um chamava do jeito que bem queria e agora não, corrigimos essa dívida histórica e passamos a ter o nosso próprio gentílico como acontece em toda a cidade”, disse a vereadora.

O prefeito destacou a importância da aprovação da matéria e rebateu críticas da oposição ao projeto. “A oposição argumentou que a vereadora estava mudando o gentílico da cidade, mas não se muda o que não se tem. Não havia nada que regulamentasse esse assunto, mas agora temos a nossa identidade e ser afonsense passa a ser a tradução do nosso orgulho de ser dessa cidade”, disse o prefeito.

A Prefeitura de Afonso Cunha já lançou uma peça publicitária que enaltece o gentílico da cidade, cuja sanção do projeto já fora devidamente publicada no Diário Oficial.

 

Maranhão recebe nova remessa de vacinas contra a Covid-19 e chega a 4 milhões de doses

Maranhão recebe nova remessa de vacinas contra a Covid-19 e chega a 4 milhões de doses

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), recebeu, nesta quinta-feira (1º), mais um lote de vacinas para dar continuidade à campanha de imunização contra a Covid-19 no Maranhão. São 26.910 vacinas da Pfizer para dar continuidade à imunização dos maranhenses. Com esta remessa, o estado ultrapassa a marca de 4 milhões de doses recebidas desde o início da Campanha Nacional de Vacinação contra a Covid-19.

“Conforme orientação do Ministério da Saúde, a nova remessa de vacinas Pfizer é destinada à aplicação da primeira dose em população privada de liberdade, além de pessoas de 59 a 55 anos. Os municípios seguem a orientação de acordo com a realidade local, podendo dar continuidade à vacinação por idade, conforme a cobertura dos públicos-alvo”, afirma Halice Figueiredo, chefe do Departamento de Controle das Doenças Imunopreveníveis da SES.

Os novos lotes foram encaminhados para a Central de Armazenamento e Distribuição de Imunobiológicos do Maranhão, vinculada à SES, responsável pela distribuição dos imunizantes aos municípios maranhenses. Para garantir a conservação adequada da vacina, as doses foram armazenadas em ultrafreezers, aparelhos que podem chegar à temperatura de –86 °C.

Na noite de quarta-feira (30), o Maranhão já havia recebido outro lote com 46.750 doses da vacina AstraZeneca destinadas à aplicação da primeira dose no público de trabalhadores industriais e trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbanos e de longo curso.

Outro assunto destacado pela chefe do Departamento de Controle das Doenças Imunopreveníveis da SES, Halice Figueiredo, foi a diminuição da quantidade de doses enviadas pelo Ministério da Saúde, o que, consequentemente, reflete na diminuição da quantidade de imunizantes que chegam aos municípios maranhenses.

“Dessa forma, não podemos distribuir a mesma quantidade que distribuímos quando recebemos, por exemplo, 160 mil doses de imunizantes. Outra particularidade é o público-alvo, que é estipulado pelo Ministério da Saúde. Assim, os municípios recebem as doses de acordo com a quantidade daquele público-alvo, impossibilitando assim a distribuição em partes iguais”, esclareceu Halice Figueiredo.

A distribuição das doses conta com o apoio da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP), através do Comando Tático Aéreo (CTA), que faz o transporte das vacinas com o uso de helicópteros e avião, e da Polícia Militar, responsável pela segurança no deslocamento. Para o transporte das vacinas, das regionais aos municípios, também são utilizadas vans refrigeradas.

Com a nova remessa, o Maranhão totaliza 4.001.110 doses recebidas, sendo 1.304.540 doses da CoronaVac, 2.319.850 doses da AstraZeneca, 334.620 doses da Pfizer e 42.100 doses da Janssen.

Do Blog do John Cutrim

Com Live Junina, Bruno Silva resgata cultura e amplia apoio a artistas de Coelho Neto

Com Live Junina, Bruno Silva resgata cultura e amplia apoio a artistas de Coelho Neto

Com a mega-estrutura montada para receber a Live Junina realizada entre os dias 23 à 27 de junho, pela Secretaria de Cultura, o prefeito Bruno Silva deu mais um grande primeiro passo para o resgate da cultura de Coelho Neto.

Durante o governo anterior, o setor havia sido totalmente abandonado e após o início da pandemia, nada foi feito para amparar a categoria. Até o recurso enviado pelo Governo Federal foi perdido, por incompetência da equipe do ex-prefeito que perdidos em meio a burocracia, garantiam até o último momento que o recurso seria viabilizado.

Após a iniciativa da ação de distribuição de cestas básicas para a categoria, o prefeito viu na realização do evento a possibilidade de resgatar a tradição, mesmo em tempos de pandemia e garantir um aporte financeiro para o setor. Ao longo de 05 dias de evento, foram contemplados 47 artistas locais e 10 apresentações culturais.

O assunto tomou de conta da rede social. O apoio aos artistas renderam mais de 60 mil visualizações nas plataformas do Facebook e Youtube por pessoas em todos os cantos do país, além de toda estrutura e incentivos financiada com recursos próprios. Todos os artistas foram unânimes em agradecer ao prefeito pela oportunidade e frisar o pioneirismo da iniciativa.

O sucesso foi tamanho, que o prefeito já garantiu que vai repetir a iniciativa no festejo da padroeira. Bruno Silva mostrou que o respeito a cultura vai para além do discurso.

E que no seu governo isso passa a acontecer na prática…

Vereador denuncia “entrega camuflada” da merenda escolar em Duque Bacelar

Vereador denuncia “entrega camuflada” da merenda escolar em Duque Bacelar

A prefeitura de Duque Bacelar, pressionada pela bancada da oposição na Câmara de Vereadores, iniciou o que chamou de distribuição de cestas de alimentos da merenda escolar, nas unidades de ensino do município.

Com uma propaganda espetaculosa na internet, o prefeito Flávio Furtado/PDT, rodeado de assessores, percorreu algumas escolas da zona rural, para proceder a espalhafatosa entrega dos alimentos.

Atento a tudo isso, o vereador José Júnior/PCdoB constatou que a entrega  dos alimentos, além de dissimulada, não está sendo feita por aluno, a exemplo do que fez o prefeito Bruno Silva/Progressistas, do vizinho município de Coelho Neto. A entrega, pela prefeitura de Duque Bacelar estaria sendo feita por família e não por aluno, como deveria ser.

A constatação do vereador é grave! Os recursos da merenda escolar, destinados aos municípios, são quantificados. Portanto, o certo seria cada aluno receber a sua cesta. Ou seja, se determinada família tem cinco filhos matriculados na rede municipal, o certo seria aquela família receber as cinco cestas.

O vereador José Júnior disse ao blog que vai pedir informações à prefeitura, e, se for o caso, denunciar o fato aos órgãos específicos.

Do Blog Direto ao Assunto