“O asfalto de Dino tem validade curta”, diz Wellington sobre 01 ano de inauguração da MA-315

Nesta quarta-feira (15), o deputado estadual Wellington do Curso destacou o “aniversário” da MA-315, que liga Barreirinhas a Paulino Neves, e lamentou que, embora colocado há menos de 01 ano, a rodovia esteja em péssimas condições de trafegabilidade. A MA foi inaugurada por Flávio Dino em 15 de janeiro de 2019 e a ela foi atrelado o gasto de mais de R$10 milhões.

Ao falar sobre o assunto, Wellington do Curso mencionou uma espécie de “prazo de validade” típica das ações do governador Flávio Dino, já que não duram nem 06 meses.

“Hoje, a MA-315 completa um ano. Há exatamente um ano, Flávio Dino divulgou propaganda em que se divulgava uma estrada novinha. Ocorre que essa estrada ‘novinha’ ficou apenas na propaganda. Um ano se passou e o asfalto de péssima qualidade do governador Flávio Dino, que tem prazo de validade muito curto, já foi embora. O que encontramos no local são buracos, crateras e a população sofrendo. Para mudar essa realidade, oficiamos o Ministério Público e o TCE para investigar a qualidade da obra e o real destino dos recursos públicos. A MA-315 completa um ano, mas a população não tem o que comemorar”, disse Wellington do Curso.

Segue a procissão de ambulâncias no Maranhão…

Um leitor do Blog do Gilberto Léda registrou na manhã desta quarta-feira (15) que, a despeito dos milionários valores gastos para propagar um Maranhão de sonhos – inclusive na saúde – pacientes do interior do estado seguem convivendo com a já famosa “procissão de ambulâncias”.

No registro encaminhado ao blog, seis delas a caminho da capital, vindo dos mais variados municípios maranhenses, via ferry boat.

O fechamento de unidades de saúde no interior, como mostrado ontem (14) pelo jornal O Globo (reveja), talvez explique isso.

Do blog do Gilberto Leda

Obras da MA-014 são paralisadas por falta de combustível

A população que precisa utilizar a MA-014, uma importante via estadual no Maranhão que liga Vitória do Mearim a Pinheiro, voltou a reclamar sobre a paralisação da obra de recuperação dessa estrada.

A situação da MA-014 é preocupante, em alguns pontos quase intrafegável, mas veio a esperança quando este mês o Governo Flávio Dino anunciou a recuperação da estrada e assegurou que “as obras seriam executadas por quatro frentes de serviços”.

No entanto, nesta quinta-feira (31), o Blog recebeu um áudio de autoria do vereador Joãozinho de João do Sangue, o mais votado nas últimas eleições, afirmando que as obras na MA-014 estão paradas, pasmem, por falta de combustível nas máquinas que deveriam estar trabalhando na recuperação dessa importante estrada para a Baixada Maranhense.

“Recebi a informação sobre os carros e máquinas que estão recuperando a MA-014, estarem parados por falta de combustível. Eu fui averiguar e, infelizmente, a situação é verdadeira. O encarregado da obra está despachando os funcionários, que estão indo para casa de carona, pois não possuem o dinheiro nem para pagar a passagem e sem previsão de retomar as obras. É uma irresponsabilidade grande, não sei se por conta da empresa ou por parte do Governo do Estado, o que não pode acontecer é ficarmos ilhados na MA-014”, afirmou o vereador.

Sendo assim, quem precisar utilizar a MA-014 terá que rezar para que o combustível chegue antes das chuvas começarem, para só assim a obra, enfim, ser concluída.

É aguardar e conferir.

Com contribuição do Blog do Jorge Aragão

Após repercussão negativa, Governo Flávio Dino desiste de ensinar artes marciais a detentos

A Secretaria de Estado da Administração Penitenciária (Seap) do governo Flávio Dino (PCdoB) anunciou que desistiu de dar aulas de artes marciais a detentos do Maranhão.

A iniciativa havia sido anunciada pelo titular da pasta, Murilo Andrade, em postagem nas redes sociais.

“10 internos da UPR de Itapecuru-Mirim participaram de ação do projeto-piloto ‘Creed’, que tem como foco a oferta de atividades esportivas aos custodiados”, destacou Andrade. O nome remete a um filme com Silvester Stalone, uma espécie de sequência de ‘Rocky’.

Entre as “atividades esportivas” havia lutas. Após pressão social, no entanto, ele recuou.

Do Blog do Gilberto Leda

Saúde de Flávio Dino: Por falta de verba, serviços serão suspensos no Hospital de Pinheiro

O Instituto Acqua informou aos prestadores de serviços do Hospital Regional de Dr. Jackson Lago, em Pinheiro, nesta semana, que vai precisar suspender pelo menos mais três serviços oferecidos à população da Baixada Maranhense.

Segundo comunicado expedido à unidade – em que justifica a revogação de editais para a contratação de serviços médicos -, a entidade confirma o fim dos atendimentos em ortopedia, urologia e otorrinolaringologia.

Motivo? Falta de recursos…

“Desde o segundo semestre de 2018 a Secretaria de Estado da Saúde vem constantemente efetivando cortes orçamentários e alterações no Planos Operativos que orientam as contratações e despesas”, destaca o documento.

Ainda de acordo com o instituto, os atendimentos nessas três áreas vão parar a partir do dia 1º de agosto.

Na sexta-feira (26), o Blog do Gilberto Léda já havia revelado que parou na mesma unidade o serviço de tomografia.

Do Blog do Gilberto Leda

Mudanças na Articulação Política do governo Flávio Dino

A articulação política do governo Flávio Dino passará por mudanças significativas. As conversas estão avançadas e logo deverão ser efetivadas. A cabeça da secretaria de Comunicação e Assuntos Políticos continuará sob o comando do jornalista Márcio Jerry. Mas abaixo, provavelmente com os cargos de subsecretários, três nomes influentes comandarão a articulação governamental.

O ex-vereador José Joaquim, o ex-deputado Rubens Pereira e o ex-vice-governador Pastor Porto foram os escolhidos para estar à frente da nova articulação política do governo.

Joaquim conhece muito bem São Luís após mais de 20 anos de experiência como vereador. Com grande penetração na igreja católica, deve ter atuação na região metropolitana. Mesmo tendo sido candidato a vice-prefeito na chapa de Eliziane Gama, Joaquim também tem bom relacionamento com o prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior.

O tarimbado Rubens Pereira, pai do deputado federal Rubens Pereira Júnior, terá maior ação na região Leste. Atualmente, Rubão é diretor na Assembleia Legislativa.

Ex-vice governador Pastor Porto atuará na articulação em Imperatriz e região tocantina.

Comunicação

Na área da comunicação, o jornalista Daniel Merli também deverá ter espaço de maior destaque na pasta comandada  por Márcio Jerry.

Do Blog do Clodoaldo Correa

“É uma injustiça”, diz Márcio Jerry sobre afirmação de Belezinha

12081338_881389911944516_962985192_n

Foi só a notícia de reclamação da prefeita de Chapadinha Ducilene Belezinha (PRB), chegar aos grupos de whatsApp para as pessoas reagirem de forma contrária ao governador Flávio Dino (PCdoB), alegando de que o atual governo está se comportando da mesma forma que sempre criticaram.

Reagindo de imediato ao tom das críticas, o Secretário de Articulação Política Márcio Jerry reagiu de imediato dizendo que o atual governo tem práticas diferentes e que a afirmação de Belezinha é injusta. A seguir as ponderações de Jerry:

1. Governo de mudanças, sim; e de muitas em todas as áreas, na forma de governar, no método e nos objetivos pautados em critérios republicanos, democráticos;

2. Mudança não se faz da noite pro dia; não é um milagre; é construção permanente. O rumo tá apontado, o caminho traçado e os resultados em vários setores já são nítidos ;

3. Não há essa de mesma prática, em nada; há outra prática, edificada sobre outros valores;

4. Quanto à reclamação da prefeita Belezinha, é uma injustiça. Gov Flávio Dino já recebeu mais de 140 prefeitos em audiências e reuniões. E como até aquela cobra morta dentro de uma garrafa de cachaça do Ambrósio sabe o então candidato Flávio Dino só teve apoio de cerca de 20 prefeitos.

No mais, viva o debate, sempre edificante quando feito com respeito e espírito aberto.

Se Jerry garante que o governador já recebeu mais de 140 prefeitos porque não receber Belezinha? Se o Secretário de Articulação Política assegura que não há problemas em receber prefeitos e a prefeita garante que não foi atendida das duas uma: ou a reivindicação da mandatária não foi encaminhada ou “por algum motivo” não foi atendida. Simples assim!

Governo dialoga com BNDES para retomada de projetos paralisados na gestão passada

unnamed (2)

O secretário de Estado da Agricultura Familiar, Adelmo Soares, se reuniu com representantes do Banco Nacional de Desenvolvimento Social (BNDES) para tratar da retomada de contratos de apoio aos projetos produtivos já existentes entre o Governo do Estado e o Banco. A reunião aconteceu nesta quarta-feira, (09), na sede do Banco na cidade do Rio de Janeiro.

Segundo o secretário, por determinação do governador Flávio Dino, todos os projetos que tramitavam por Chamadas Públicas, em parceria entre o Governo do Estado e o BNDES serão retomados após três anos paralisados desde a gestão estadual passada.

De acordo com Adelmo, são quarenta e cinco projetos que foram aprovados anteriormente e a missão do Governo é fazer com que estes projetos sejam retomados e beneficie a produção da agricultura familiar do Maranhão.

“A partir de agora teremos mais recursos para incentivar a produção e uma parceria mais firme e forte com o BNDES para desenvolver as cadeias produtivas que escolhemos para trabalhar, que são a de arroz, caprino e ovino, hortifrúti e mandioca,” disse o secretário.

Os projetos serão financiados com recursos oriundos do Fundo Maranhense de Combate à Pobreza (Fumacop).

Participaram da reunião a superintendente de Crédito da SAF, Railda Pascoal; a assessora jurídica da SAF, Patrícia Albuquerque; a gerente do Departamento de Economia Solidária do BNDES, Shanna Lima; o técnico do Departamento de Economia Solidária, João Paulo Picanço e o assessor jurídico do BNDES, Caetano Torres.

Stênio Rezende destaca agenda do governo com a bancada de deputados estaduais

unnamed (2)
governador Flávio Dino e deputado Stênio Rezende

O deputado estadual Stênio Rezende (PRTB), avaliou de forma bastante positiva a reunião da bancada de deputados estaduais com o governador Flávio Dino (PCdoB), realizada no final da tarde de ontem (03), no Palácio dos Leões.

De acordo com o parlamentar, a reunião serviu para discutir o atual cenário do Estado após oito meses do novo governo e fortalecer o clima de harmonia entre os poderes.

“O país se depara com um clima de crise com reflexo nas mais diversas áreas. No Maranhão apesar de todas as dificuldades encontradas o governador Flávio Dino se mostrou otimista e já consegue contabilizar um cenário com muitos avanços nas mais diversas áreas do governo. Ações como Mais IDH, Escola Digna, construção dos Institutos de Educação Tecnológica, Mais Asfalto, Mais Empresas, CNH Jovem e a proposta dos Hospitais Regionais elencam a lista de algumas das conquistas apontadas pelo governador”, disse ele.

Rezende destacou ainda a proposta do governo em ampliar ainda mais o diálogo com os parlamentares.

“Não podemos deixar de enaltecer a disponibilidade do secretário de Articulação Política Márcio Jerry em acatar a sugestão dos deputados e promover a criação da assessoria parlamentar presencial nos mesmos moldes do que já ocorre entre o Governo Federal e o Congresso. Com esse novo instrumento, espera-se um trabalho mais articulado ainda no que tange ao encaminhamento das demandas estabelecidas entre o governo e os deputados estaduais”, finalizou.

Governo retoma projeto de hospitais regionais idealizado por Jackson Lago

IMPERATRIZ-100-LEITOS-1-1
Deixado inacabado por Roseana, hospital de Imperatriz será entregue ainda este ano.

O governador Flávio Dino (PCdoB) deverá entregar dez grandes hospitais de média e alta complexidade até o próximo ano. A iniciativa remonta o projeto idealizado pelo saudoso ex-governador Jackson Lago, que pretendia construir cinco grandes hospitais nas maiores regiões do estado.

Lago chegou a implantar o Socorrão de Presidente Dutra, mas teve o governo interrompido antes de concluir o mandato para o qual foi eleito. Talvez por vingança, a unidade fora propositalmente sucateada pela gestão de Roseana Sarney e Ricardo Murad.

Serão inaugurados cinco hospitais de 50 e 100 leitos até dezembro em Pinheiro, Santa Inês, Caxias, Chapadinha e Imperatriz.

A ideia é centralizar o atendimento da rede estadual em municípios estratégicos, acabando com a sobrecarga nos hospitais de São Luís. Ao contrário dos malfadados 64 “elefantes brancos” do programa Saúde é Vida, que só serviram para o enriquecimento ilícito dos ex-gestores da Saúde.

Do Blog Marrapá