Coronel Schnneyder segue liderando pesquisa em Timon

Coronel Schnneyder segue liderando pesquisa em Timon
Pesquisa do Instituto Escutec registrada no dia 17 de março sob o número MA-00666/2020 mostra que o pré-candidato a prefeito de Timon, Coronel Schnneyder, segue na liderança das intenções de votos.
Num cenário mais amplo estimulado onde é colocado os nomes de todos os pré-candidatos a prefeito de Timon, com exceção do deputado Rafael Leitoa que anunciou oficialmente desistência, o resultado é o seguinte: Coronel Schnneyder 26%; Socorro Waquim 18%; Alexandre Almeida 16%; Jaconias Morais 10%; Dinair Veloso 9%; Henrique Júnior 7%; Leandro Bello 4%; professora Fafá 2%, Clara Prado 1%; Erivaldo Lima 1%; Nenhum deles 2% e Não Sabe/Não Respondeu 4%.
Já num segundo cenário estimulado com apenas cinco pré-candidatos a prefeito ficou assim: Coronel Schnneyder 32%; Socorro Waquim 25%; Jaconias Morais 14%; Dinair Veloso 10%; Henrique Júnior 8%; Nenhum deles 4% e Não sabe/Não Respondeu 7%.
Rejeição
Neste quesito a secretária Dinair Veloso é a primeira com 19% seguida da vereadora Socorro Waquim 18%, ex-deputado Alexandre Almeida 12%, ex-vereador Jaconias Morais 6%. A sequência segue com Coronel Schnneyder 5%, Henrique Júnior 5%, Leandro Bello 4%, professora Fafá 3%, Clara Prado 2%, Erivaldo Lima 1%, Nenhum deles 15% e Não Sabe/Não Respondeu 10%.
Dados – A pesquisa do Escutec ouviu 400 eleitores timonenses nas zonas urbanas e rural entre os dias 18 a 21 deste mês e tem intervalo de confiança de 90% e margem de erro de 4% para mais ou para menos. As informações são do Blog do Gilberto Léda.

Rafael Leitoa perde queda de braço para Dinair Veloso

Rafael Leitoa perde queda de braço para Dinair Veloso

Vendo que não seria o pré-candidato a prefeito escolhido pelo seu primo, prefeito Luciano Leitoa o deputado estadual Rafael Leitoa se antecipou e emitiu na noite deste domingo (16), uma Nota Oficial de que está fora da disputa eleitoral deste ano e segue na Assembleia Legislativa.

“A missão que me foi confiada pelo povo do Estado do Maranhão e ampliada pelo Governador Flávio Dino, ao me indicar seu líder na Assembleia Legislativa, me fizeram refletir e tomar a posição de não pleitear, dentro do meu grupo político, a candidatura a prefeito na sucessão municipal de Timon”, disse Rafael Leitoa num trecho da Nota Oficial divulgada.

Na verdade o prefeito Luciano Leitoa despachou oficialmente qualquer possibilidade de pré candidatura do deputado Rafael Leitoa ainda setembro do ano passado quando concedeu uma entrevista na TV Meio Norte e foi repercutida pelo Blog do Ludwig (reveja). “O próximo prefeito o deputado Rafael estará ajudando, mas, como deputado…”, disse Luciano Leitoa.

Tudo em casa

Nada de novidade, como alguém tentou passar, na escolha do pré-candidato a prefeito com a possibilidade de ser anunciado um nome fora do altíssimo clero do clã Leitoa. Tudo em casa! É que nos próximos dias o prefeito Luciano Leitoa vai anunciar o nome da secretária Municipal de Educação, Dinair Veloso como pré candidata a prefeita.

Do Blog do Ludwig

Coronel Schnneyder se apresenta como projeto alternativo para Timon

Coronel Schnneyder se apresenta como projeto alternativo para Timon

Em entrevista concedida ao programa Tribuna Piauí, na TV Band, o pré-candidato a prefeito de Timon Coronel Schnneyder destacou que a população timonense lhe quer como uma alternativa e que essa construção será baseada no anseio popular. “O que vai nos credenciar é a vontade popular. Eu fui convocado pela população e ela nos vê pelos olhos da oposição, ela me quer como uma alternativa. O que vai nos credenciar à tomada de decisão é a vontade da população”, destacou.

Durante a entrevista o Coronel Schnneyder fez um breve resumo de sua passagem pelo comando do 11º Batalhão da Polícia Militar em Timon e destacou que sua marca à frente do 3º maior Batalhão da PM no Maranhão levou em conta a ótica da polícia comunitária e acredita que foi essa proximidade que fez nascer na população o interesse no seu nome para administrar o município.

“Lembro que em janeiro de 2019, antes de ser retirado do Comando da PM, nosso nome já pontuava em pesquisas espontâneas. E esse foi um dos fatores motivadores de nossa pré-candidatura. Nos quatro cantos de Timon, aonde eu ando, graças a Deus, nós temos sido bem recebidos pelas pessoas, nós temos sido acolhidos pelas famílias e isso nos motiva a cada dia mais”.

Ao ser questionado pelo cenário político em Timon, que há anos é comandada por famílias que se revezam no poder, o pré-candidato pontuou que sua caminhada é em busca de gerar melhorias na qualidade de vida da população, por isso está colocando o seu nome à disposição desse chamado popular.

“A minha pré-candidatura é uma alternativa, que representa a mudança de um ciclo. O meu posicionamento vai se dar em função dos anseios da população. O que mais me interessa e o que vai me interessar é o que a população vai me dizer através das nossas pesquisas. Por isso estamos construindo esse projeto junto à população”, concluiu.

As informações são do Blog do Gilberto Léda.

Rejeição nas alturas: 70% não votam em candidato apoiado por Luciano Leitoa

Rejeição nas alturas: 70% não votam em candidato apoiado por Luciano Leitoa

A pesquisa do Data Max divulgada ontem (30) pelo Blog do Gilberto Léda – que mostra o Coronel Schneyder liderando as intenções de votos para prefeito de Timon (reveja) – traz um fato preocupante para os aliados de Luciano Leitoa (PSB): segundo o levantamento, mais de 70% dos entrevistados dizem não votar num candidato eventualmente apoiado pelo atual prefeito.

Quando se pergunta ao eleitor timonense, “Independente de quem seja, o(a) Sr(a) Votaria em um Candidato a Prefeito de Timon – MA, apoiado/ indicado pelo Atual Prefeito / Luciano Leitoa? (ESTIMULADA)”, o resultado foi o seguinte:

Não votaria 70,22%;
Sim votaria 25,44%;
Não Sabe/ Não Opina – Espontânea 4,34%.

A pesquisa do Instituto Data Max tem registro de número MA-08866/2020 e ouviu 507 eleitores timonenses entre os dias 8 e 12 deste mês. O intervalo de confiança é de 95%, com margem de erro de 4,35 pontos percentuais, para mais ou para menos.

Do Blog do Gilberto Leda

Comandante Schnneyder lidera em todos os cenários em Timon

Comandante Schnneyder lidera em todos os cenários em Timon

A terceira maior cidade do Maranhão parece buscar uma alternativa à disputa histórica entre os grupos Leitoa e Waquim. Passando pelo meio dessa briga e impulsionado pelo sentimento de insegurança e de mudança da população de Timon, aparece o nome do Tenente Coronel Hormann Schnneyder.

CENÁRIO 1: COM RAFAEL CANDIDATO DO PREFEITO

Em pesquisa encomendada pelo Política Dinâmica ao Instituto DataMa(x), o “Comandante Schnneyder” (sem partido) dispara na liderança das intenções de voto para prefeito em Timon, pontuando com 28,40% em cenário estimulado. Em segundo lugar, o ex-deputado estadual Alexandre Almeida (PSD), com 18,74%, seguido pelo deputado estadual Rafael Leitoa (PDT) com 18,15%.

A ex-prefeita e atual vereadora Socorro Waquim (MDB) alcança 15,38%, enquanto o advogado Jaconias Moraes (PSC) aparece com 8,48%. O vereador Henrique Junior (PTN) foi lembrado por 6,11% dos entrevistados. Se fossem estes os candidatos, votariam em branco ou anulariam o voto 3,16% dos eleitores. Não souberam responder ou não quiseram opinar 1,58% dos entrevistados.

CENÁRIO 2: COM DINAIR CANDIDATA DO PREFEITO

Quando é trocado o nome de Rafael pelo de Dinair Veloso (atual secretária de Educação de Timon), Schnneyder continua na frente e amplia seu desempenho. O comandante alcança 30,18%, seguido por Alexandre Almeida com 20,71% e a professora Socorro Waquim com 16,77%.

Mais atrás, com 9,86%, aparece Jaconias Moraes. Logo depois, o vereador Henrique Júnior, que pontua com 6,90%.

CENÁRIO 3: APENAS 4 CANDIDATOS

Permanecendo apenas 4 nomes na disputa, Schnneyder pontua com 33,53%. A vereadora Socorro Waquim sobe para a segunda posição, somando 21,89% e ficando à frente do deputado Rafael Leitoa, que aparece com 21,70%. Bem mais atrás, Jaconias Moraes recebe 11,83% das intenções de voto.

Não opinaram ou não souberam responder 5,92% e votariam em branco ou anulariam o voto 5,13% dos pesquisados.

CENÁRIO 4: SOMENTE 3 CANDIDATOS

Em contexto mais restrito de candidaturas, o Comandante Schnneyder dispara, atingindo 40,04% das intenções de votos do eleitorado de Timon. Neste cenário específico, o deputado estadual Rafael Leitoa não alcança mais do que 24,46%, enquanto Jaconias Moraes fica com apenas 15,38% da preferência do eleitorado timonense.

Brancos e nulos somam 10,65%. Não saberiam em quem votar ou não quiseram opinar neste cenário 9,47%.

FICHA TÉCNICA

Número de identificação: MA-08866/2020

Data de início da pesquisa: 08/01/2020

Data de término da pesquisa: 12/01/2020

Entrevistados: 507

A variável renda familiar é ponderada de acordo com as estatísticas do Censo Demográfico IBGE 2010. O intervalo de confiança é de 95% com margem de erro de 4,35% para mais ou para menos.

Empresa contratada/ Nome Fantasia: CNPJ: 11186543000161 – ROGERIO M. P. MOURA – ME / DATA MAX

Da Coluna do Marcos Melo

Eleições 2020: Pesquisa registrada avaliará cenário político em Timon

Eleições 2020: Pesquisa registrada avaliará cenário político em Timon

Já consta no site da Justiça Eleitoral a primeira pesquisa de intenções de votos do ano para a eleição de 2020 na cidade de Timon a ser realizada pela empresa Data Max, cujo registro é MA-08866/2020.

A pesquisa foi realizada entre os dias 08 e 12 de janeiro e só deve ser divulgada a partir do próximo dia 30 de janeiro.

De acordo com as informações obtidas, a pesquisa entrevistou 507 pessoas com grau de confiança de 95% com margem de erro de 4,35% para mais ou para menos.

É aguardar e conferir!

Pré-candidatos se reúnem: Schnneyder em Timon e Fábio em Teresina

O Coronel Schnneyder e o secretário Capitão Fábio Abreu tiveram uma longa conversa nesta quinta-feira (04)
Em Timon, o Coronel Schnneyder será candidato a prefeito no próximo ano. Em Teresina, a candidatura do major Fábio Abreu a prefeito também é dada como certa no ano que vem. Com diversas afinidades além da farda, ambos se encontraram para trocar experiências e falar de política. Fábio já tem a experiência administrativa da Secretaria Estadual de Segurança Pública (sua segunda gestão à frente da pasta). Ambos são muito populares em suas cidades e aparecem bem nas pesquisas de intenção de votos.
“Sou militar e posso até o último dia das convenções me filiar em qualquer sigla partidária”, conta Schnneyder. “Estamos sendo assediados por diversos partidos, porém, essa decisão ficará para o próximo ano”, contou. (Por Arimatéia Carvalho/Blog Primeiro Mão/Meio Norte)

Leitoa recorre de decisão da Justiça Federal que determina bloqueio de bens e dinheiro

Leitoa recorre de decisão da Justiça Federal que determina bloqueio de bens e dinheiro

O processo sobre o transporte escolar de Timon que corre na Justiça Federal e tem como réus o prefeito Luciano Leitoa, empresário Luiz Carlos Magno da Silva e a empresa LC Transporte Escolar Ltda teve mais um passo nesta terça-feira (12).

Luciano Leitoa recorreu da decisão judicial que tornou a indisponibilidade de seus bens pedindo efeito suspensivo “para excluir do bloqueio judicial ordenado pela decisão agravada todos os valores relativos a salários, vencimentos, bem como a saldos de caderneta de poupança até o limite de 40 (quarenta) salários mínimos até o julgamento do recurso interposto”.

O juiz federal Gustavo André Oliveira dos Santos deu prazo de até 5 dias para Leitoa demonstrar nos autos quais valores bloqueado são impenhoráveis e determinou ainda a retirada do caráter sigiloso da decisão das medidas cautelares.

“Desse modo e para dar fiel cumprimento ao referido acórdão, intime-se a parte agravante Luciano Ferreira de Sousa para, no prazo de até 05 (cinco) dias, demonstrar nos autos que valores bloqueados por este juízo são impenhoráveis conforme previsão legal.
Após, havendo manifestação da referida parte, dê-se vista ao MPF e, em seguida, façam-se os autos conclusos.
Determino, ainda, que se retire o caráter sigiloso da decisão que estabeleceu a realização das medidas cautelares de indisponibilidade de bens dos réus, considerando que já houve a sua efetivação”, diz o despacho do juiz federal.
Operação Topique

O empresário Luiz Carlos Magno Silva citado como réu nesse processo é o mesmo que foi preso na Operação Topique em Teresina numa ação conjunta do Ministério da Transparência, Controladoria-Geral da União em conjunto com a Polícia Federal.

Do Blog do Ludwig

“Prefeito de Timon continua o massacre”, denuncia sindicato

“Prefeito de Timon continua o massacre”, denuncia sindicato

O Sindicato dos Servidores Públicos (Sinsep), de Timon divulgou em seu site um texto onde relata a reunião ocorrida nesta segunda-feira (21), com representantes da entidade e o secretário Municipal de Administração, Raimundo Lima onde dizem que foi “perda de tempo”.
Leia abaixo a íntegra do texto divulgado pelo Sinsep:

Prefeito de Timon continua o massacre – Secretário de administração não apresentou nenhuma proposta, reunião foi apenas perda de tempo a reunião que ocorreu no dia 21 de janeiro com o secretário de administração,  Raimundo Lima, foi apenas para ele dizer o que o governo diz há 3 anos: Não tem dinheiro e estamos calculando o impacto financeiro. Perda de tempo.O Presidente, Júlio César,  vai convocar a diretoria e os servidores para deliberar sobre o que deve ser  feito considerando que o comportamento dos administradores públicos, de Timon em especial o do Prefeito Leitoa, são manobras para que o massacre contra os servidores representados pelo SINSEP. Em breve, tão logo a justiça determine a entrega dos documentos, as folhas de pagamento dos comissionados serão disponibilizadas aqui no site  para que a sociedade possa ter conhecimento da disparidade e diferenças salariais e do tratamento desigual e como o prefeito é ruim para os que entram no serviço público por meio de concurso.A categoria se reunirá e discutirá uma pauta mais enérgica uma vez que o diálogo não resolveu o problema de nenhum servidor, a situação de mais de 500 trabalhadores é crítica. Um pequeno vídeo com maiores informações está disponível na TV SINSEP para esclarecimentos dos servidores e sociedade em geral. 

Do Blog do Ludwig

Luciano Leitoa sofre nova derrota e já pode pedir música no Fantástico

Luciano Leitoa sofre nova derrota e já pode pedir música no Fantástico

Vereadores unidos após eleição: derrota ao grupo do prefeito

O prefeito de Timon Luciano Leitoa (PSB), começou 2019 com o pé esquerdo e sofrendo desgaste desnecessário provocado por ele próprio.

Nos primeiros dias do ano, a então presidente da Câmara “pro tempore” Socorro Waquim (MDB), convocou a sessão para eleger o novo presidente da Casa. A base do prefeito não foi, mas a oposição elegeu Helber Guimarães para o biênio 2019-2020.

Achando que a vergonha não tinha sido pouca, os vereadores da base do governo orquestram uma ação judicial para anular a eleição. Voltaram à estaca zero. Após um longo puxa e encolhe os vereadores decidiram fazer nova eleição, dessa vez com a participação de governistas e oposicionistas. Não adiantou.

O time do prefeito Luciano Leitoa sofreu nova derrota e dessa vez sem direito a reclamação. A nova Mesa Diretora da Câmara de Timon é composta pelos seguintes membros: vereador Helber Guimarães, presidente; vereador Ramon Júnior, 1º vice presidente; vereador Kaká do Frigosá, 2º vice presidente; vereador Cláudia Regina, 1ª secretária; vereador Adão Tavares, 2º secretário.

De tanto perder, o prefeito de Timon se quiser já tem a preferência para pedir música no Fantástico…

Com contribuição do Blog do Eduardo Rêgo