PCdoB, PSOL, PV, Pros e Novo em risco por cláusula de barreira em 2022

PCdoB, PSOL, PV, Pros e Novo em risco por cláusula de barreira em 2022

O desempenho na eleição municipal deste ano acendeu o alerta para os partidos que correm risco de não atingir a chamada cláusula de barreira na disputa para a Câmara dos Deputados daqui a dois anos.

Dos 33 partidos, 18 tiveram mais de 2% dos votos totais nas eleições para vereador no pleito deste ano, de acordo com levantamento do Diap (Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar).

Este será o patamar de votos que valerá na cláusula de barreira em 2022 na votação para deputado federal. Os partidos que não atingirem este patamar de votos irão perder o direito à verba do fundo partidário e ao tempo de propaganda na TV e no rádio.

Caso o desempenho dos partidos na votação para vereador se repita na eleição para a Câmara dos Deputados em 2022, 15 partidos não atingirão o patamar mínimo da cláusula de barreira. Dentre eles, estariam legendas como o PSOL, PC do B, PV, Pros e Novo.

A cláusula de barreira foi aprovada no âmbito da reforma eleitoral de 2017 com o objetivo de reduzir o número de partidos no Brasil. A medida começou a valer em 2018, com um mínimo de 1,5% dos votos.Esse patamar vai aumentar progressivamente até 2030, quando o percentual mínimo de votos para superar a barreira será de 3% dos votos para deputado federal, desde que este patamar seja atingido em no mínimo nove estados.

Da Folha de S. Paulo

Braide vence Flávio Dino e Duarte Júnior, e elege-se prefeito de São Luís

Braide vence Flávio Dino e Duarte Júnior, e elege-se prefeito de São Luís

O deputado federal Eduardo Braide (Podemos) é o novo prefeito de São Luís.

Com 89,27% das urnas apuradas, ele já conta com 55,95% dos votos válidos e pode ser considerado eleito.

A vitória do candidato do Podemos marca, além da derrota do seu concorrente direto, Duarte Júnior (Republicanos), um revés histórico para o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB).

O comunista já havia sido derrotado no 1º turno, quando seu candidato, Rubens Júnior (PCdoB), ficou apenas em quarto lugar.

No 2º turno, decidiu entrar de cabeça na campanha de Duarte Júnior – e constrangeu secretários a fazer o mesmo -, acreditando que poderia, à força, virar o jogo.

Não conseguiu…

E, agora, deve arcar com o ônus não apenas eleitoral, mas também político da sua decisão.

Juiz proibe realização da festa da vitória em Coelho Neto; Bruno Silva diz que cumprirá decisão

Juiz proibe realização da festa da vitória em Coelho Neto; Bruno Silva diz que cumprirá decisão

Às 14h:00

O Juiz de Direito Dr. Paulo Roberto Brasil Teles de Meneses, decidiu nesta quinta (26), deferiu pedido de liminar suspendendo a realização do Show da Vitória, que seria realizada pelo prefeito eleito Bruno Silva nesta sexta (27).

A decisão é fruto de uma Ação Civil Pública com trânsito na 1ª Vara de Coelho Neto e cuja decisão proibe a realização da festa.

Em contato com o blog, o prefeito eleito Bruno Silva (PP), antecipou que mesmo com parte da equipe já estando na cidade para cuidar dos preparativos da festa, ele cumprirá a decisão na integra e pediu desculpas a população pelo ocorrido.

Comentário do Blog – O curioso do argumento da decisão é que no período eleitoral um grande comício foi realizado exatamente no Corredor da Folia com grande aglomeração de pessoas e não teve absolutamente nada. No período eleitoral todas as atividades de campanha estavam liberadas sem problema algum, mas pelo visto o risco voltou agora depois da eleição. Cômico se não fosse trágico!

Econométrica/votos válidos: Braide tem 58%; Duarte, 42%

Econométrica/votos válidos: Braide tem 58%; Duarte, 42%

Pesquisa Econométrica de intenções de votos para prefeito e São Luís divulgada hoje (26) confirma tendência de crescimento do candidato do Podemos, Eduardo Braide, nos últimos dias e aponta vitória dele no próximo domingo com 58% dos votos válidos – excluídos brancos, nulos e não sabe/não respondeu.

Segundo o mesmo levantamento, Duarte Júnior (Republicanos), tem apenas 42%.

São 16 pontos percentuais de diferença – na quarta-feira (25) apontava vantagem de 13,2 pontos pró-Braide (reveja).

Considerados os votos totais, Eduardo Braide aparece com 52,6% e Duarte Jr. com 38,1%. nesse caso, 4,6% disseram votar nulo e outros 4,7% não sabem/não responderam.

O instituto Econométrica ouviu 1.018 eleitores, nos dias 22 e 23 de novembro. A margem de erro da pesquisa é de 3 pontos percentuais, para mais, ou para menos, e o intervalo de confiança é de 95%. O registro na Justiça Eleitoral foi feito sob o número MA-08813/2020.

Migração

A consulta Econométrica aferiu, ainda, a migração de votos dos candidatos que não chegaram ao 2º turno para os dois que seguem na disputa.

Nesse quesito, destaque para os 49% que votaram em Neto Evangelista (DEM) e declararam votar agora em Braide – apenas 38% disseram votar agora em Duarte; e para os 67,1% que votaram em Rubens Júnior (PCdoB) e agora votam no republicano – enquanto 27,1% dos eleitores do comunista agora votam no candidato do Podemos.

DataM: Braide 51,28% x Duarte 33,58%

DataM: Braide 51,28% x Duarte 33,58%

Pesquisa do Instituto DataM divulgada neste domingo (22) confirma vitória de Eduardo Braide (Podemos), com 51,28% das intenções de votos, no 2° turno da eleição em São Luis. Duarte Júnior (Republicanos) tem 33,58%; Não sabem ou não quiseram responder 8,18% e Nenhum ou nulo 6,96%.

O levantamento foi feito entre os dias 16 e 19 de novembro.

Se considerados apenas os votos válidos, Braide chega a 60,4% das intenções de votos.

O levantamento feito pelo Instituto DataM ouviu 800 pessoas, está registrado sob o número MA-1140/2020, tem margem de erro de 4 pontos para mais ou para menos e intervalo de confiança de 95%.

Do Blog do Gilberto Leda

Ibope: 60% acreditam em vitória de Braide no 2º turno

Ibope: 60% acreditam em vitória de Braide no 2º turno

A pesquisa Ibope/TV Mirante também apurou a chamada expectativa de vitória. Nesse quesito, o eleitor entrevistado foi instado a apontar quem ele acredita que será eleito novo prefeito de São Luís no próximo domingo, 29, independentemente do seu voto.

Nesse caso, 60% dos entrevistados afirmaram acreditar numa vitória do candidato da coligação “Pra Frente São Luís”, deputado federal Eduardo Braide (Podemos).

De outro lado, 33% disseram que o vencedor será o candidato da coligação “Resgate o amor pela Ilha”, deputado estadual Duarte Júnior (Republicanos).

Outros 8% disseram não saber quem pode ganhar, ou preferiram não opinar.

De O Estado

O novo presidente do SINTASP e a maré de azar do prefeito derrotado de Coelho Neto

O novo presidente do SINTASP e a maré de azar do prefeito derrotado de Coelho Neto

A taca de votos foi tamanha, que o prefeito de Coelho Neto Américo de Sousa (PT), segue em total silêncio se recuperando diante da resposta nua e crua das urnas.

Iludido pela claque de bajuladores que o cercam – incluindo os pagos para atuar na blogosfera, o petista vendia uma disputa acirrada com o agora prefeito eleito Bruno Silva (PP), que nunca existiu e que se confirmou após a contagem de votos.

Ainda tonto com a derrota nas urnas, Américo teve que assistir nesta terça (17), o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais – SINTASP (sua antiga casa), ser ocupado por um grupo de adversários em cumprimento a decisão judicial.

É mais um capítulo da maré de azar que o prefeito enfrenta nessa reta final antes de entregar as chaves da prefeitura para o sucessor.

Adversários reconhecem a derrota e desejam boa sorte a Bruno Silva; Américo segue em silêncio

Adversários reconhecem a derrota e desejam boa sorte a Bruno Silva; Américo segue em silêncio

Pouco mais de 24 horas da divulgação do resultado da eleição em Coelho Neto, adversários políticos utilizaram suas redes sociais para comentar sobre o pleito. Há uma tradição na política de que a cordialidade democrática manda aos perdedores reconhecer a derrota e felicitar o eleito.

O então candidato a prefeito Antônio Pires (PL), agradeceu a equipe e desejou boa sorte ao prefeito eleito Bruno Silva. “Obrigado também aos nossos candidatos a vereadores e toda nossa equipe de campanha pelo empenho. Ao candidato eleito Bruno Silva eu desejo sorte e muitos acertos, a final de contas sou a favor do nosso povo”, disse ele.

O também candidato a vice prefeito Albino Klauberth (DEM), também se manifestou em sua rede social sobre o pleito. “Obrigado mesmo a todos que acreditam em uma Coelho Neto melhor, não foi desta vez!! Que Deus abençoe todos na nossa Coelho Neto!! Desejo sorte ao próximo prefeito e que possa ajudar nossa Coelho Neto que sofre o descaso há décadas!”, destacou.

Também candidato a prefeito, Ilson do Baiano (PMB), gravou um vídeo e também desejou boa sorte ao prefeito. “Depois de uma noite de bom sono e reflexão, uso o bom senso e a educação parabenizo os mais de 13 mil eleitores e a Bruno Silva por sua eleição”, disse ele.

Após a derrota histórica, o prefeito de Coelho Neto Américo de Sousa (PT), permanece até o momento sem qualquer manifestação.

Arquimedes vence em Afonso Cunha, Flávio em Duque Bacelar e Arnaldo surpreende de virada em Buriti

Arquimedes vence em Afonso Cunha, Flávio em Duque Bacelar e Arnaldo surpreende de virada em Buriti

A eleição também foi de intensa movimentação nos bastidores políticos das cidades de Afonso Cunha, Duque Bacelar e Buriti.

Na cidade de Afonso Cunha, o prefeito Arquimedes Bacelar (PDT), foi reeleito com 2.634 votos com 47,67% dos votos.

Em Duque Bacelar o ex-prefeito Flávio Furtado (PDT), volta ao comando do município. Ele foi eleito com 4.765 votos, ou seja 64,69% dos votos.

A grande surpresa ficou por conta de Buriti. Lá o atual prefeito Naldo Batista (PSC), foi derrotado por Arnaldo Cardoso (PL) que foi eleito com 7.861 votos.

Eleições 2020: regras, horários e cuidados a serem adotados

Eleições 2020: regras, horários e cuidados a serem adotados

As eleições municipais terão o primeiro turno neste domingo (15) e com o período pandêmico, novas regras e normas deverão ser adotadas pelos eleitores e zonas eleitorais.

Além da alteração da data (as eleições seriam realizadas em outubro), os horários também passaram por alterações, sendo adotado um horário preferencial para eleitores pertencentes ao grupo de risco.

Conforme a Justiça Eleitoral, o horário para comparecimento será de 7h às 17h, sendo o período entre 7h e 10h preferencial para pessoas acima de 60 anos que compõem o grupo de risco do novo coronavírus.

A Justiça Eleitoral publicou diversas normas para os eleitores que deverão votar no próximo domingo. Veja detalhes abaixo:

Lembretes:

  • Se estiver com febre ou se tiver tido Covid-19 nos 14 dias antes da votação, fique em casa;
  • Não esqueça a “cola” com os números dos candidatos para votar mais rápido;
  • Confirme o local de votação e seção;
  • No caminho até o local de votação, tente manter distância mínima de um metro e evite veículos cheios;
  • Saia de casa com a máscara, item obrigatório em todas as seções eleitorais;
  • Se possível, não leve crianças e acompanhantes;
  • Se possível, leve sua própria caneta para evitar contato com objetos.

Cuidados no local de votação:

  • Mantenha distância mínima de 1 metro;
  • É proibido o uso do celular dentro da cabine de votação;
  • Não é permitido se alimentar, beber ou fazer alguma atividade que exija retirada da máscara;
  • Se tossir ou espirrar, use a parte interna do cotovelo ou um lenço;
  • Limpe as mãos com o álcool em gel que será disponibilizado em todas as seções antes e depois de votar;
  • Evite cumprimentos, abraços e apertos de mão. Não toque no rosto.

Passo a passo do voto:

  • Entre na seção eleitoral e fique na frente da mesa;
  • Mostre seu documento oficial com foto em direção ao mesário;
  • Após o mesário ler em voz alta o seu nome, confirme quem é você;
  • Em alguns casos específicos, o mesário pode pedir para o eleitor se afastar da mesa e retirar a máscara para reconhecimento;
  • Guarde seu documento;
  • Limpe as mãos com álcool em gel;
  • Assine o caderno de votação;
  • Se precisar do comprovante de votação, solicite ao mesário;
  • Quando a urna for liberada, dirija-se à cabine de votação;
  • Digite os números dos seus candidatos;
  • Na saída, limpe as mãos com álcool em gel novamente.

Do site Direção Concursos