A missão de Socorro Waquim frente ao boicote da base de Leitoa…

Sessão sofreu boicote da turma aliada a Luciano Leitoa. Foto: Valdinar Viana

A vereadora Socorro Waquim (MDB) é desde a última terça (01), a presidente “pro tempore” da Câmara de Timon. Ela assume o cargo em decorrência da não convocação da eleição da Mesa Diretora que deveria ter sido feita pelo ex-presidente Uilma Resende (PDT), espécie de “cão de guarda” do grupo Leitoa.

A manobra teria sido arquitetada pelo fato do grupo do prefeito Luciano Leitoa (PSB), não ter conseguido garantir maioria para barrar a eleição de um nome da oposição. Desde o início é visível a interferência governista para manter seus tentáculos de interferência e garantir a ascensão de um presidente aliado.

A nova presidente teve como um dos primeiros atos a convocação dos edis para uma sessão nesta quarta (02). Curiosamente, toda a base aliada do governo decidiu boicotar a sessão, o que em tese confirma a ingerência do Executivo nas atividades do Legislativo… ou alguém acha que isso foi uma coincidência?

Luciano Leitoa sabe que a eleição de um vereador da oposição para o comando da Casa dificultaria e muito sua vida, nesse momento em que seu governo mostra fragilidade e problemas de toda ordem.

Waquim tem a missão importante de conduzir o Poder Legislativo, garantir a unidade do G-11 e convocar a eleição da nova Mesa Diretora, pois a Câmara não pode ser uma extensão da Prefeitura e os vereadores não podem se submeter as vontades “do coronelzinho” que governa a cidade.

E que se acha acima de tudo e todos…

Sem coleta, população protesta colocando o lixo na rua em Timon

Timon: população revoltada protesta contra o descaso administrativo da gestão de Luciano Leitoa

A população de Timon continua sofrendo com o descaso que a gestão do prefeito de Timon Luciano Leitoa (PSB), se mergulhou após o período eleitoral.

Antes era tudo as mil maravilhas, mas bastou conquistar os votos em favor de seus candidatos para Leitoa agradecer a população da pior forma possível, fazendo a população de sentir vítima de um grande estelionato eleitoral.

Se não bastasse o calote nos servidores, o caos vem se estendendo a outros setores, com destaque para o da limpeza pública.

Na última sexta (28), o vereador Henrique Júnior denunciou o caos vivido pela população no Bairro Mutirão. Na Avenida Parnarama, por exemplo, a população cansada resolveu protestar de forma inusitada e optou por colocar o lixo na via pública.

É o fantasma do descaso administrativo da gestão Leitoa voltando a assombrar a cidade…

Para desespero de Luciano Leitoa, oposição segue unida em Timon

A maré realmente parece não está para peixe quando o assunto é a gestão de Luciano Leitoa (PSB), em Timon. O prefeito “estrela” conclui o ano sofrendo as agruras de voltar aos tempos do atraso de salário dos servidores e do marasmo administrativo causado por um governo apático e sem ação.

Se administrativamente Luciano parece perdido, politicamente está mais parado que água de poço. Encastelado em sua casa “ao longe” dos burburinhos da cidade, o pessebista parece ter dado com os burro n´água mais uma vez na última quinta (27), quando os parlamentares da ala oposicionista se reuniram na casa do vereador Anderson Pêgo para marcar posição e mostrar unidade.

Ao contrário do zigue-zague do prefeito que já fez de um tudo para usar os aliados para intervir na Câmara com receio de uma derrota, a oposição segue firme  no objetivo de tirar buscar a independência do Poder Legislativo e livrá-lo das ingerências e da submissão do Executivo.

Durante a reunião, os 11 parlamentares trataram de diversos assuntos, dentre os quais a posse da vereadora Socorro Waquim (MDB), no comando da Casa, já que a certeza da derrota do governo acabou comprometendo a convocação da eleição da Câmara, ainda comandada por Uilma Resende (PDT), aliado de primeira hora do governo.

Na ocasião, Pêgo celebrou sua passagem pela liderança da oposição e passou o bastão ao colega Henrique Júnior (PMN), ungido novo líder da bancada oposicionista.

Com a posse de Waquim no comando da Casa a oposição mostra força.

E rejeita se submeter aos caprichos do “coronelzinho”…

Com contribuição do Blog do Eduardo Rego

128 anos de Timon: sem festa, sem lenço e sem documento…

Post na rede social do prefeito foi a única coisa para lembrar a data seguido da cobrança de servidores ao pagamento de salários

O governo do prefeito de Timon Luciano Leitoa (PSB), ao que parece decidiu mesmo se entregar ao marasmo e ao descaso com a gestão pública.

Entregue a uma maré baixa e impopularidade em alta, o prefeito e seu governo decidiu ignorar por completo a data do aniversário da cidade (22 de dezembro). Nada, absolutamente nada foi feito para celebrar os 128 anos de Timon. Será que se o aniversário da cidade fosse realizado antes das eleições desse ano o prefeito teria ignorado a data da mesma forma?

Cadê a parceria do agora deputado eleito Rafael Leitoa (PDT), que vende “livre trânsito” com o governador Flávio Dino (PCdoB), mas que deixou a data mais importante da cidade passar despercebido? Se faz dessa forma com a cidade que o elegeu, imagina com a cidades dos outros…

Pois bem, Leitoa vive numa maré tão baixa que até o pagamento de salários anunciados com festa pela imprensa ligada ao governo não saiu conforme o anunciado… Pense numa fake-news! E ainda quiseram colocar a culpa na Caixa Econômica, como se não soubessem que para liberar a folha o município precisa obedecer um protocolo que exige organização e tempo.

E assim segue Timon sob o comando de Luciano Leitoa.

Sem festa, sem nada para comemorar, sem respeito com o povo, sem lenço e sem documento…

Ao parabenizar Timon, Luciano Leitoa é cobrado por atraso no pagamento do 13º de professores

 

O prefeito de Timon Luciano Leitoa (PSB), fechará o ano de 2018 vivenciando o pior momento de sua gestão e gozando de uma rejeição visível em todas as esquinas da cidade.

Pagando pela língua quando enchia a boca para denunciar atraso de salários, o pessebista confirma que perdeu a rédea da própria gestão.

Ao aproveitar a rede social para parabenizar a cidade de Timon, o prefeito foi duramente criticado, principalmente pelos profissionais da educação. A cobrança era pelo atraso no pagamento do 13º salário.

A revolta entre a classe é grande.

E reforça a tese de que você só colhe o que planta…

Simples assim!

Fim do factóide! TRE aprova contas de campanha da ex-prefeita Socorro Waquim

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) aprovou ontem, 11, a prestações de contas de campanha da Professora Socorro, que concorreu ao cargo de deputada estadual este ano e ficou na primeira suplência de sua coligação.

A aprovação da prestação de contas é uma das prerrogativas utilizadas pelo tribunal para diplomar eleitos e não eleitos, no caso, de Socorro Waquim, ela será diplomada pelo Tribunal, em solenidade que deverá ocorrer ainda este ano.

Existia, pelo menos, por parte do grupo Leitoa, expectativa de que as contas da ex-prefeita não seriam aprovadas, inclusive com notas plantadas na mídia antes mesmo do julgamento pelo TRE.

Abaixo a decisão:

PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531) – 0601631-15.2018.6.10.0000
RELATOR: JUIZ JULIO CESAR LIMA PRASERES
REQUERENTE: MARIA DO SOCORRO ALMEIDA WAQUIM

EXTRATO DA ATA

Presidência do Excelentíssimo Desembargador TYRONE JOSE SILVA. Presentes os Excelentíssimos Juízes VICENTE DE PAULA GOMES DE CASTRO, WELLINGTON CLÁUDIO PINHO DE CASTRO, ITAÉRCIO PAULINO DA SILVA, JULIO CESAR LIMA PRASERES e GUSTAVO ARAUJO VILAS BOAS. Presente, também, o Dr. Pedro Henrique Oliveira Castelo Branco, Procurador Regional Eleitoral.

DECISÃO:  ACORDAM os Membros do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão, por maioria, APROVAR, COM RESSALVAS, A PRESTAÇÃO DE CONTAS, nos termos do voto do Juiz Relator. Vencido o juiz WELLINGTON CLAUDIO PINHO DE CASTRO.

Votação definitiva (com mérito) :

Juiz JULIO CESAR LIMA PRASERES. Relator.

Juiz VICENTE DE PAULA GOMES DE CASTRO. Acompanha Relator.

Juiz WELLINGTON CLÁUDIO PINHO DE CASTRO. Divergente.

Juiz ITAÉRCIO PAULINO DA SILVA. Acompanha Relator.

Juiz GUSTAVO ARAUJO VILAS BOAS. Acompanha Relator.

SESSÃO ORDINÁRIA de 11/12/2018.

Do Veja Timon

“Quase 04 meses”, diz servidora sobre atrasos nos pagamentos da Prefeitura de Timon

 

Temendo represália servidor da SEMDES pede para não ser identificado e faz denúncia de que está com quase 4 meses sem receber salário da gestão do prefeito Luciano Leitoa

A situação não anda na boa para os servidores da gestão Luciano Leitoa que são contratados pela empresa Mega-On Soluções Ltda mesmo depois de várias denúncias feitas pela imprensa com base em informações publicadas nas redes sociais e em discurso de vereador na Câmara Municipal (reveja aquiaqui e aqui). Mas, pelo visto os salários desses servidores contratados continuam com os pagamentos atrasados, pois não para de chegar denúncias sobre essa triste situação.

Esta semana um servidor da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (SEMDES), contratado por meio da empresa Mega-On Soluções Ltda que pediu para não ser identificado, entrou em contato com o Blog do Ludwig para denunciar que estão com três meses sem receber seus salários e já completando o quarto mês, como mostra a imagem acima.

O mais estranho nisso é que durante todo esse tempo nem a prefeitura de Timon e muito menos a empresa Maga-On nunca se pronunciaram sobre essa denúncia de atraso nos pagamentos desses servidores mesmo com essa grande quantidade de meses.

Do Blog do Ludwig

“Vestiu a camisa do atraso e não quer mais tirar”, diz vereador sobre Luciano Leitoa

Vereador Henrique Júnior

O vereador Henrique Júnior denunciou nesta segunda (03), a manobra do prefeito Luciano Leitoa (PSB), de não formalizar através de decreto a retirada das gratificações de servidores conforme havia anunciado.

Segundo o vereador, ao não formalizar a medida o prefeito fica a vontade para descontar de uns e outros não. “Ele quer enxugar a prefeitura que ele mesmo encharcou e agora maltrata servidores com salário atrasado Infelizmente vestiu a camisa do atraso e não quer mais tirar”, disse ele.

Confira o vídeo do discurso do vereador:

MPF pede indisponibilidade de bens de Luciano Leitoa por irregularidades no FUNDEB

Prefeito Luciano Leitoa

O Ministério Público Federal do Maranhão, através do Procurador da República Marcelo Santos Correia, ingressou com ação de Improbidade Administrativa contra o prefeito de Timon, Luciano Leitoa, na Justiça Federal de Caxias.

O Procurador da República acusa Luciano Leitoa de cometer “irregularidades na prestação de serviços de transporte escolar no período de 2014 a 2015, consistente na malversação de recursos públicos federais do FUNDEB, ocasionando inequívoco prejuízo aos cofres públicos e à coletividade, bem como enriquecimento ilícito por parte de terceiros beneficiários”.

Para o Ministério Público, Luciano Leitoa demonstrou completo desinteresse em fiscalizar a prestação do serviço de transporte escolar, e que sua postura foi determinante para ocorrência do prejuízo ao erário, na ordem de R$ 4.008.349,56 (quatro milhões, oito mil trezentos e quarenta e nove reais e cinquenta e seis centavos)”.

De acordo com o MPF, o prefeito de Timon, além de negligente, atuou de forma consciente e deliberada em fazer “vistas grossas” diante da evidente má prestação do serviço e da apropriação de recursos públicos federais, responsabilizando-o pelo dano ocasionado aos cofres públicos.

Por fim, o Ministério Público Federal pede a Justiça Federal que decrete, liminarmente, a indisponibilidade dos bens do prefeito Luciano Leitoa no valor de R$ 4 milhões, além da suspensão dos direitos políticos por 8 anos e a perda da função pública. O processo foi ajuizado em 12 de junho de 2017.

Do GP1

Presente de Natal antecipado: Luciano Leitoa manda cortar gratificação de servidores de Timon

Luciano Leitoa: presente de grego para servidores

 

 

O prefeito de Timon Luciano Leitoa (PSB), resolveu antecipar o presente de natal dos seus colaboradores. O “presente-grego” foi anunciado nesta terça (27), quando o pessebista anunciou o corte em 100% de todos os servidores.

Passado o período eleitoral em que não se precisa mais dos votos, o prefeito acabou pegando toso os servidores de surpresa. A seguir a integra da nota divulgada pelo governo:

NOTA DE ESCLARECIMENTO

A grave crise econômica que assola o país tem reflexos, sobretudo, nos estados e municípios, impactando na oferta de serviços, projetos e investimentos. Mesmo com esse cenário, a Prefeitura Municipal de Timon registrou crescimento em diversas áreas e tem realizado uma gestão comprometida com a população. E é com o objetivo de manter os salários em dia, décimo terceiro, a viabilidade da realização de convênios com os governos estadual e federal, e cumprir o limite de gastos com pagamento de pessoal, previsto pela lei de responsabilidade fiscal (LRF), que a Prefeitura de Timon informa que será realizada a suspensão dos valores referentes a gratificações do quadro de servidores da administração, sendo eles efetivos e comissionados, a contar do mês de Novembro, além de corte de 30% no custeio da máquina pública.

A ação do executivo atende o que estabelece a lei complementar 101/2000, a qual determina que, ao exceder os limites estabelecidos, o município deve primeiramente reduzir em pelo menos 20% as despesas com cargos em comissão e função de confiança, entre outras medidas.

Assessoria de comunicação da prefeitura de Timon