Coligação de Adelmo Soares tenta barrar na justiça a realização do Natal Iluminado em Caxias

Coligação de Adelmo Soares tenta barrar na justiça a realização do Natal Iluminado em Caxias

A coligação Caxias de Todos Nós, que tem como candidato a prefeito de Caxias Adelmo Soares (foto) ingressou com ação de investigação judicial e eleitoral, com pedido de tutela de urgência, contra o prefeito de Caxias, Fábio Gentil, contra o vice-prefeito, Paulo Marinho Júnior, e contra uma empresa engenharia, por conta da realização do evento Natal Iluminado.

A coligação alega que a empresa de engenharia já estaria trabalhando na implantação das estruturas, de palco e de iluminação, relacionadas ao evento Natal Iluminado. Assim, a ação quer que a Justiça Eleitoral interrompa imediatamente os serviços de implantação da estrutura de palco e iluminação relacionado ao Natal Iluminado, além dos pagamentos devidos, até o dia 15 de novembro deste ano.

Os citados na ação, prefeito Fábio Gentil, vice-prefeito Paulo Marinho Júnior e a empresa, ainda devem apresentar as suas defesas no processo.

O Natal Iluminado é o maior evento natalino da região dos Cocais e foi criado pela administração do prefeito Fábio Gentil desde o seu primeiro ano de governo, em 2017. O evento de grande importância fomenta a cultura e o turismo gerando lucros para a economia local e este ano não terá as tradicionais apresentações artísticas e musicais por conta da pandemia e com isso evitando aglomeração, será realizado somente a ornamentação da cidade.

Tentar barrar na justiça um evento cultural dessa magnitude talvez não tenha sido muito inteligente por parte da coligação do candidato Adelmo Soares.

Fortalecer a cultura deve ser uma das principais bandeiras de campanha de qualquer candidato a prefeito como uma das principais preocupações de um gestor para com isso fomentar a economia do município.

Do Blog do Ludwig

Eleições 2020: Em Caxias está faltando um…

Eleições 2020: Em Caxias está faltando um…

Tivemos a informação que nesse momento a bancada do PL está reunida com o prefeito Fábio Gentil. Atualmente 5 vereadores fazem parte do Partido Liberal em Caxias. São eles: Dr. Magno Magalhães, Luís Carlos Ximenes, Sargento Moisés, Gentil Cantanhede e Darlan Almeida.

Acontece que chegou ao nosso conhecimento que faltou um componente do grupo à referida reunião. Ontem (13), nas redes sociais da Princesa do Sertão circulou uma foto do vereador e presidente da Comissão Permanente de Saúde, Dr. Magno Magalhães, com o principal oponente do prefeito Fábio Gentil, o deputado estadual Adelmo Soares (PCdoB).

Já se sabe que alguns edis da base governista foram desprestigiados pelo Cabeludo. Porém, o que se viu nos últimos dias foi uma movimentação do alto clero com o prefeito Fábio. Não se pode imaginar até onde essa corda pode ser esticada.

Lembrando que já vimos esse filme nas eleições de 2016, quando vereadores da base se revoltaram contra o prefeito Léo Coutinho na época e elegeram Cabeludo, tido como o azarão naquele pleito.

Hoje o atual cenário que se apresenta é semelhante ao acontecido há 4 anos. Magalhães tem feito algumas críticas quanto à gestão da Saúde no município ao falar numa sessão remota que não haveria diálogo entre a Secretaria de Saúde e a Câmara de Vereadores, acirrando o debate com a gestão municipal.

Vale aguardar!

Nova pesquisa consolida vantagem do prefeito Fábio Gentil na disputa da reeleição em Caxias

Nova pesquisa consolida vantagem do prefeito Fábio Gentil na disputa da reeleição em Caxias

Pesquisa realizada pelo Instituto Prever, contratada pelo Blog do Daniel Matos, consolidou a ampla vantagem do prefeito Fábio Gentil (Republicanos) na disputa da reeleição em Caxias, com 41% das intenções de votos no cenário espontâneo, em que o eleitor diz em qual pré-candidato pretende votar, sem que lhe sejam apresentados nomes.

Os questionários foram aplicados entre os dias 30 de julho e 1º de agosto, em 30 bairros/setores do município. A pesquisa Prever/Blog do Daniel Matos foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo MA-02778/2020.

Em segundo aparece o pré-candidato Adelmo Soares (PCdoB), com apenas 10% de preferência do eleitorado caxiense. O levantamento traz Paulo Marinho Jr. (Progressistas) em terceiro, com 1%, seguido do ex-prefeito Léo Coutinho (PSB), também com 1%.

O percentual de votos nulos é de apenas 4%, de acordo com a sondagem, enquanto 42% dos entrevistados disseram não saber ou não responderam em quem votarão para prefeito em novembro.

Estimulada

Na pesquisa estimulada, em que é apresentada ao eleitor uma lista de pré-candidatos e ele diz em qual pretende votar, Fábio Gentil tem vantagem ainda maior. Declararam voto no prefeito nada menos do que 59% dos entrevistados. Na sequência, aparecem Adelmo Soares, com 16%; Júnior Martins, com 5%; Tino Castro, Professor Arnaldo Rodrigues, Luis Carlos Moura e César Saba, todos com 1%. Brancos e nulos somaram 6% e não sabe/não respondeu, 10%.

Confronto direto

Em uma segunda rodada estimulada, no confronto direto com Adelmo Soares, Fábio Gentil também confirma seu amplo favoritismo, com 44% de diferença sobre o principal adversário. O prefeito obteve 65% de intenções de votos, contra 21% de Adelmo. Brancos e nulos totalizaram 7%, mesmo percentual dos entrevistados que disseram não saber em quem votarão ou não responderam à pesquisa.

A pesquisa Prever/Blog do Daniel Matos ouviu 400 eleitores em Caxias. A margem de erro é de 5%, para mais ou para menos, com intervalo de confiança de 95%. Fora entrevistados eleitores nos seguintes povoados: Baixinha, Baú, Brejinho, Cabeceira dos Cavalos, Campo de Belém, Cangalheiro, Castelo Branco, Caxirimbu, Centro, Centro das Cabeceiras, Cohab, Engenho d’Água, Fumo Verde, Ipem, Itapecuruzinho, João Viana, Mutirão, Nazaré do Bruno, Nova Caxias, Pampulha, Pirajá, Ponte, Engenho D´agua, Refinaria, São José, Siriema, Tamarineiro, Trizidela, Veneza, Vila Alecrim e Volta Redonda.

As informações são do Daniel Matos

Pesquisa Escutec confirma favoritismo de Fábio Gentil em Caxias

Pesquisa Escutec confirma favoritismo de Fábio Gentil em Caxias

A tendência de que Caxias pode ser palco de uma das vitórias mais acachapantes nas eleições deste ano é constatada em mais uma pesquisa do instituto Escutec.

Sendo a segunda pesquisa do instituto em menos de 15 dias, essa nova sondagem acontece por conta da celeuma provocada por um dos partidos da base de apoio do pré-candidato Adelmo Soares, que alegou um suposto prejuízo ao pecebista, onde o questionário da sondagem anterior não teria respeitado a ordem alfabética na apresentação dos postulantes ao cargo de prefeito.

Nessa nova pesquisa, os números confirmaram o resultado anterior e o prefeito Fábio Gentil está na dianteira com uma margem folgada.

Confira a reportagem do jornal O Estado do Maranhão:

Em nova pesquisa Escutec/O Estado, os números confirmam liderança do prefeito Fábio Gentil (Republicanos) na corrida pela cidade de Caxias. Em três cenários estimulados, Gentil aparece com mais de 60% da opinião dos entrevistados.

O levantamento ouviu 500 eleitores no município nos dias 21 a 24 de julho. O registro na Justiça Eleitoral tem o número MA 00645/2020. O intervalo de confiança de 90% e margem de erro de quatro pontos percentuais para mais ou para menos.

Na pesquisa Escutec/O Estado há quatro cenários sobre a disputa eleitoral em Caxias. Em todos eles, Fábio Gentil conseguiria ser reeleito. Os percentuais de intenção de votos para o prefeito de 43% até 64%.

Na espontânea, primeiro cenário da pesquisa, Fábio Gentil foi citado por 43% dos ouvidos no levantamento. Ele é seguido pelo deputado estadual Adelmo Soares (PC do B) que obteve 8%. Paulo Marinho Jr vem em seguida com 4%, e Júnior Martins, 3%. César Sabá, Tino Castro e professor Arnaldo Rodrigues aparecem com 1% cada. Não sabe ou não respondeu somaram 39%.

No primeiro cenário estimulado, que tem sete nomes na disputa, Gentil aparece com 60% da opinião dos entrevistados.

No cenário seguinte, com cinco nomes na disputa, o prefeito seria reeleito em Caxias com 64% dos votos. O deputado do PC do B obteve na pesquisa, 16%. Nenhum dos candidatos foi a opção de 11% dos ouvidos na pesquisa e 9% disseram não saber ou não responderam.

Aprovação

A aprovação da gestão de Fábio Gentil em Caxias é de 66% da população de Caxias. Outros 30%  dos entrevistados disseram desaprovar e 4% não sabe ou não respondeu.

Rejeição

Já sobre rejeição, o levantamento mostra que Adelmo Soares tem 28% de rejeição. Não votaria em Fábio Gentil, 16% dos entrevistados. Outros 6% disseram que não votariam em César Sabá e em Júnior Martins. Professor Arnaldo Rodrigues aparece com 4% de rejeição, Luis Carlos Moura com 2%, Tino Castro com 2% e nenhum dos candidatos com 26%. Não sabe ou não respondeu, 9%.

(Fonte: jornal O Estado do Maranhão)

Eleições 2020: Queiroz Neto fecha apoio em torno da pré-candidatura a vereador de Teodulo Aragão

Eleições 2020: Queiroz Neto fecha apoio em torno da pré-candidatura a vereador de Teodulo Aragão

Prego batido e ponta virada! O pré-candidato a vereador Teodulo Aragão acaba de ganhar o apoio do jovem Queiroz Neto, que chega como reforço de peso na sua pré-candidatura para concorrer a uma vaga para a Câmara de Vereadores.

Militante político de longa carreira participando ativamente das últimas eleições, Queiroz Neto que até pouco tempo atrás era tido como pré-candidato a vereador abriu mão de disputar o cargo eletivo para apoiar o nome do ex-vereador de Aldeias Altas.

Na ação de apoio da pré-candidatura, Neto trás diversas experiências com a juventude através de sua atuação como presidente da Liga Caxias de Futsal, além de assessor político e parlamentar, com atuação em vários outros segmentos.

Em conversa com o blog, Queiroz Neto diz que envidará todos os esforços para ajudar Aragão. “Apesar de não ser eu o pré-candidato, vamos entrar na pré-campanha como se fosse, com a mesma dedicação e afíncuo para ajudar a aleger nosso amigo Teodulo, jovem pormissor que se iguala as minhas idéias e ao projeto político encabeçado pelo prefeito Fábio Gentil que tanto desenvolvimento tem trazido para nossa cidade de Caxias”, disse ele.

Luto: Morre o deputado Zé Gentil

Luto: Morre o deputado Zé Gentil

Morreu na madrugada desta segunda-feira (15) o deputado estadual Zé Gentil (Republicanos), vítima de Covid-19.

O parlamentar estava internado em Teresina desde o dia 7 de junho e teve um grave piora do seu quadro de saúde no ontem (14), segundo boletim médico emitido pelo médico Rafael Lima, diretor-técnico do Hospital Unimed Primavera, na capital piauiense, onde ele estava internado.

De acordo com o comunicado médico, Gentil apresentou “instabilidade hemodinâmica e parada cardiorrespiratória” e mantinha-se “grave, instável, com ventilação mecânica e necessidade de drogas vasoativas”.

O parlamentar tinha 80 anos e era pai do prefeito de Caxias, Fábio Gentil (Republicanos).

Do Blog do Gilberto Leda

Prefeitura de Caxias atende a solicitação da CDL e Sindilojas e autoriza retomada das atividades seguindo normas da OMS

Prefeitura de Caxias atende a solicitação da CDL e Sindilojas e autoriza retomada das atividades seguindo normas da OMS

O encontro entre os representantes da classe empresarial de Caxias e a gestão municipal foi na sala de reuniões da Prefeitura Municipal. Depois de várias ideias e ponderações, ficou acertada a retomada gradual do comércio de Caxias a partir desta quarta-feira (03), com algumas adequações: os empresários devem providenciar internamente pias com água e sabão para que os clientes possam fazer higienização, além de álcool em gel; marcação no piso para garantir o distanciamento entre os clientes; controle da quantidade de pessoas dentro do estabelecimento, a fim de manter o distanciamento social. Todas as medidas estão respeitando as normas da Organização Mundial de Saúde (OMS).

“A gente entendeu que é importante a gente retomar e aprender a viver com consciência com este vírus. Então, a gente está do lado da prefeitura para combater e prevenir a população”, afirma Leninha Aragão, superintendente do Caxias Shopping Center.

“Apresentamos a ele a necessidade que o comércio de Caxias tem de reabrir as portas e acabamos de decidir que a retomada do comércio irá iniciar gradualmente. É uma ação da Sindilojas e da CDL e de alguns empresários que nos acompanharam neste momento para buscar uma solução que possa manter o afastamento social e a saúde das pessoas. Nós estamos a 70 dias parados, mas tivemos uma reunião proveitosa. Será feito um decreto para colocar todas as sugestões”, frisa Ivan Ferreira, presidente do Sindilojas.

A prefeitura vai autorizar o funcionamento, mas o monitoramento da quantidade de casos da covid-19 será feito constantemente para que os impactos da ação sejam avaliados.

“Tivemos uma reunião junto ao município e conversamos sobre a saúde econômica. Então, iremos abrir gradualmente com responsabilidade. Chamamos os empresários para tratar com todas as normas da OMS para proteger os nossos clientes”, ressalta Maria dos Remédios, presidente da CDL.

Tanto o poder público, quanto os representantes da classe empresarial destacaram que a própria população pode ajudar na fiscalização informando ao poder público, que fará a fiscalização para saber se as normas estão sendo seguidas, sob pena de sanções conforme estabelecido em decreto municipal publicado dia 1º de junho, que estabelece multa ou até a cassação do alvará de funcionamento do estabelecimento.

“Queremos ressaltar para os empresários que a responsabilidade é de cada empresa. A empresa será responsabilizada pelos seus atos, pelo controle de pessoas no interior, pela higienização na entrada, colocando pias, assim como alternância dos funcionários. Espero que a gente possa dar este passo em busca da normalidade”, afirma Ivan Ferreira.

Por meio do Decreto Municipal nº 164, de 1º de junho de 2020, a Prefeitura de Caxias reforça o Estado de Calamidade Pública já declarado por meio do decreto nº 143, de 21 de abril de 2020, reconhecido pela Assembleia Legislativa por meio do Projeto de Decreto Legislativo n°008/2020, para fins de prevenção e enfrentamento à covid-19, mantém as medidas de isolamento social até o dia 15 de junho e flexibiliza o funcionamento das atividades comerciais constantes nos decretos nº 93, 94, 126, 132 e 143.

Conforme o decreto, a partir das 0h do dia 3 de junho, ficam permitidos a abertura e o funcionamento das atividades comerciais, de serviços e industriais das 7h às 13h, desde que atendendo as exigências a seguir:

– O uso de máscaras de proteção, descartáveis, caseiras ou reutilizáveis, conforme determinado pelos decretos anteriores acima referenciados.

– É vedada qualquer aglomeração de pessoas, devendo ser observado o distanciamento social, limitando-se, ao estritamente necessário, a circulação de pessoas e a realização de reuniões presenciais de qualquer tipo.

– As empresas deverão adotar escala de revezamento de funcionários e/ou alterações de jornada, com vistas a diminuir o risco de exposição do trabalhador ao coronavírus (SARS – CoV-2).

– Deverá ser assegurada a distância mínima de dois metros entre o funcionário do estabelecimento e o cliente.

– Para os estabelecimentos nos quais o atendimento aos clientes se dê de forma simultânea ou conjunta, deve ser assegurada a distância mínima de dois metros entre cada cliente.

– Manter ambientes arejados, intensificar higienização de superfícies e de áreas de uso comum, disponibilizar, em local acessível e sinalizado, álcool em gel, água e sabão, bem como adotar outras medidas de assepsia eficazes contra a proliferação do coronavírus.

– Adoção de medidas para controle de acesso de clientes a fim de que sejam evitadas aglomerações, no interior ou no exterior do estabelecimento, bem como organização de filas, quando houver, inclusive com a marcação no solo ou adoção de balizadores.

– As reuniões de trabalho, assembleias e demais atividades que exijam o encontro de funcionários deverão ocorrer por meio de tecnologias que permitam a sua realização à distância.

Outras informações encontram-se no Decreto nº 164, de 1º de junho de 2020, que está no Diário Oficial do Município, no site da Prefeitura Municipal de Caxias. As informações são da prefeitura de Caxias.

Belo exemplo! Prefeitura de Caxias dá início à confecção de 1,5 milhão de máscaras para a população

 

Teve início na manhã desta segunda-feira (20) o trabalho de confecção de máscaras que serão distribuídas para a população caxiense. A iniciativa da gestão municipal reúne esforços das secretarias municipais de Políticas para as Mulheres e de Assistência e Desenvolvimento Social e o apoio da Secretaria Municipal de Cultura, Patrimônio Histórico, Esporte, Turismo e Juventude.

“A Secretaria da Mulher fica muito satisfeita em estar trabalhando, ajudando a população caxiense. Hoje nós estamos neste mutirão de costura para que todos os dias a gente possa fazer, em média, de 3 mil e 4 mil máscaras”, frisa Alyne Danielly, secretária adjunta da Mulher.

“Nós convocamos nossas costureiras para que trabalhem nesta ação que é a confecção de máscaras em grande escala para distribuir para a população de Caxias, principalmente nos locais onde há a circulação de pessoas. Então, nós estaremos distribuindo estas máscaras para a população”, reforça Kiara Braga, secretária municipal de Assistência e Desenvolvimento Social.

Ao todo, estão sendo utilizadas 30 máquinas e a previsão é que as costureiras fabriquem uma média de 3 mil a 4 mil máscaras por dia. Enquanto, de um lado, a Prefeitura de Caxias vai confeccionar máscaras, por outro, voluntários que desejarem contribuir com a confecção podem ir buscar a matéria-prima no Ginásio de Esportes João Castelo e fazer as máscaras em suas casas para a distribuição gratuita. A Prefeitura de Caxias também vai comprar máscaras feitas por costureiros e costureiras que desejam vender sua produção de máscaras particular.

“Pra mim é um prazer contribuir com a população de Caxias. Esta foi uma boa atitude do nosso prefeito. Vai ser muito bom para nossa população”, afirma Ana Machado, colaboradora.

“Num momento como este, a gente tem que colaborar para evitar este mal que está atacando toda a sociedade”, afirma Lúcia Reis, voluntária.

Secom/PMC

Caxias: Júnior Martins despacha os Coutinho e mantém pré-candidatura a prefeito

Caxias: Júnior Martins despacha os Coutinho e mantém pré-candidatura a prefeito

O ex-vice-prefeito de Caxias e atual gestor da Agerp, Júnior Martins publicou uma Nota Oficial onde anuncia que deixa o grupo da deputada estadual Cleide Coutinho.

Júnior Martins fez um histórico do tempo em que passou como aliado dos Coutinho e finaliza reafirmando que mantém sua pré-candidatura a prefeito de Caxias.

Leia abaixo a íntegra da Nota Oficial.

Do Blog do Ludwig

 

Fábio Gentil que se cuide: PCdoB quer a Prefeitura de Caxias

A situação parece ter complicado para o prefeito de Caxias, Fábio Gentil (PRB). O gestor que se elegeu sendo Oposição ao grupo político de Flávio Dino (PCdoB) na cidade, mas depois sucumbiu a “cartilha do comunista”, agora corre o sério risco de perder a Prefeitura de Caxias, justamente para o PCdoB.

O presidente do PCdoB, deputado federal Márcio Jerry, nas redes sociais, afirmou que foi celebrado um acordo com o PDT, da deputada estadual Cleide Coutinho e o PCdoB, para apoiar a pré-candidatura do deputado estadual Adelmo Soares.

“A convite do PCdoB em Caxias participei de uma reunião dos deputados estaduais Adelmo Soares, do PCdoB , e Cleide Coutinho, do PDT, em que os dois parlamentares debateram a formação de uma composição para a disputa da prefeitura municipal este ano. Pelo acerto político entre os dois parlamentares e seus partidos , Adelmo disputará a prefeitura tendo como vice uma indicação de Cleide Coutinho. Chapa forte”, afirmou Jerry.

A junção do PCdoB com o Grupo Coutinho, inegavelmente, fortalece a pré-candidatura de Adelmo e deixa a reeleição de Fábio Gentil bem mais complicada.

Imperatriz – Vale lembrar que além de Caxias, o PCdoB também irá muito forte, inclusive como favorito, na disputa pela Prefeitura de Imperatriz, com o deputado estadual Marco Aurélio.

Curiosamente, Caxias e Imperatriz, foram duas grandes cidades em que o grupo político de Flávio Dino foi derrotado em 2016, mas pela fraca administração e condução política desastrosa dos dois gestores atuais, podem eleger dois prefeitos do PCdoB.

É aguardar e conferir.

Do Blog do Jorge Aragão