Prefeitura de Coelho Neto quebra ciclo histórico e investimentos na cultura vai ficando no passado…

Grandes eventos realizados pelo município vai se tornando coisa do passado…

Corte nos investimentos atinge em cheio a economia da cidade, a geração de empregos temporários e a renda dos que lucravam com eventos de promoção cultural para o grande público

 

Editorial

A Prefeitura de Coelho Neto optou por esse ano quebrar um ciclo histórico da cidade nos investimentos das atividades culturais. Os cortes ocorrem justamente no período em que o governo recebeu recursos extras do Fundo de Participação dos Municípios – FPM.

Nos últimos anos, o Festejo Junino da cidade era uma referência. Esse ano transformaram a festividade num arremedo “de quadra” que não trouxe convidados e nem garantiu estrutura alguma para que alguém pudesse lucrar com a festa sem pompa alguma. Para se desculpar, o prefeito Américo de Sousa (PT), foi ao rádio e justificou a “pobreza” do evento alegando que os recurso seriam investidos na reforma no Hospital alugado pelo município.

Mas o pior estava por vir. A Prefeitura optou por sepultar a programação festiva que arrastava cetenas de pessoas para o Corredor da Alegria. O evento que fora inaugurado na gestão do ex-prefeito Soliney Silva com 10 dias de programação já havia sido reduzida pela gestão petista para três dias e esse ano não teve dia algum.

Diferentemente do São João, a Prefeitura desta vez não se manifestou. Não houve qualquer comunicado oficial sobre a não realização da programação festiva e restou para “os festeiros” aproveitar a programação festiva da vizinha cidade de Buriti.

Coelho Neto sempre teve no Carnaval, São João e Festejo de Sant´Ana os pontos altos das atividades culturais nos últimos anos. Se o governo deixa de investir que investimentos no setor essa cidade vai priorizar? O atual governo fechou a biblioteca mais antiga da cidade e agora corta os investimentos que beneficiariam a cidade sem nenhuma cerimônia. Para salvar a a lavoura, o 8º Motofest do MotoClube Os Tarja Preta – MC Coelho Neto movimentou a cidade no último final de semana.

Tradicional evento do Motofest que esse ano realizou sua oitava edição movimentou a cidade e atraiu visitantes

De junho até a presente data, a cidade recebeu de transferências constitucionais (sem Saúde e Assistência Social) a bagatela de quase R$ 10 milhões de reais.

Demonstrativo do Banco do Brasil confirma milhões depositados nas contas da Prefeitura: falta de dinheiro não é

E há quem se preste ao papel de defender os cortes.

Mesmo sem provar absolutamente nada de que algum vintém fora transferido para outros investimentos.

É uma balela que só engana os para-choques. Ou os candidatos a estes…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *