Gastão Vieira disputará novamente uma vaga para deputado federal…

De O Estado

O ex-ministro do Turismo, Gastão Vieira (PROS), deverá disputar uma vaga na Câmara Federal nas eleições de 2018. Foi ele próprio quem admitiu a possibilidade ontem, durante o 1º Encontro de Vereadores e Prefeitos do PROS no Maranhão, realizado no Plenarinho da Assembleia Legislativa.

Até então considerado um dos prováveis nomes para a disputa do Senado da República, Gastão deve abrir mão do projeto pelo qual já havia expressado interesse, para seguir a orientação do seu partido político. O PROS tem como principal meta para 2018, eleger de 18 a 20 deputados federais em todo o país. A bancada da sigla na Câmara atualmente é formada por apenas cinco parlamentares.

“Hoje cedo [ontem] ele [Felipe Espírito Santo] me passou a informação de que o presidente do partido me quer como deputado federal em 2018, e isso ajuda o partido na reforma eleitoral. O partido precisa eleger de 18 a 20 deputados. Já tivemos 12, mas hoje estamos com cinco, e precisamos aumentar esse número. E aqui já lanço a oportunidade, inclusive, para quem quiser se candidatar a deputado federal, […] esse é um projeto que nós vamos abraçar”, disse.

Felipe Espírito Santo, a quem se referiu Vieira, é presidente da Fundação da Ordem Social (FOS) e representou a direção nacional da sigla no encontro de ontem, em São Luís.

Gastão Vieira destacou o fato de o país estar hoje sob o comando de grandes partidos políticos – ele citou PMDB, PSDB, DEM e PCdoB -, mas lembrou do resultado da eleição de 2014 no estadopara a Câmara Federal, que consolidou a eleição de deputados federais de pelo menos seis legendas de pequeno porte.

“Se nós soubermos nos unir, evidentemente teremos condições de eleger até nove. Por que não, se elegemos seis sem essa harmonia?”, completou.

Durante o evento, logo após falar sobre o projeto do partido para 2018, Gastão Vieira deu oportunidade para que cada vereador presente no encontro se apresentasse à mesa e pregou unidade e organização no PROS.

A legenda, segundo a direção estadual, conseguiu eleger no ano passado, dois prefeitos, seis vice-prefeitos e 68 vereadores em 51 municípios maranhenses.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *