Uma semana para o prefeito de Coelho Neto esquecer…

Américo: semana para esquecer

A série de desculpas esfarrapadas dadas pelo prefeito de Coelho Neto Américo de Sousa (PT), semanalmente em seu programa de rádio chegou no limite e parece não convencer mais a ninguém, nem os próprios aliados.

Ao invés de contornar a situação positivamente, a coisa só tem agravado, prova disso foi a última semana em que o petista teve várias derrotas significativas o colocando em situação ainda mais vexatória perante a população, o Legislativo e o Governo do Estado.

A idéia de impor um projeto de lei reduzindo salários sem qualquer estudo de impacto – ele diz que apresentou para os vereadores mas não tudo não passa de uma mentira – sofreu uma derrota humilhante de 10 x 3, com votação em massa da sua própria base. Para tentar desgastar a imagem dos vereadores perante a opinião pública, disse que terá que demitir funcionários em razão da não aprovação do projeto.

A sua declaração infeliz contra o Governo do Estado também o coloca “ingrato” diante do Palácio dos Leões. Com todas as ajudas que recebeu até agora, o prefeito classificou as conquistas viabilizadas pelo governador Flávio Dino como “muito tímidas”.

Por último, viu a manobra orquestrada para barrar as obras da rádio do ex-prefeito Soliney Silva irem por água abaixo, graças a inabilidade e truculência do secretário de meio ambiente Gabriel Delano – o pior do governo – que se achando juiz deu voz de prisão a quem estava presente e acusou de montagem um documento oficial.

Nos grupos de whatsapp os defensores do governo sumiram e os poucos que restam não conseguem fundamentar uma linha de raciocínio sequer que justifique tanto desajuste em tão curto espaço de tempo.

E foi mergulhado no desgaste e em derrotas pessoais que o petista concluiu a semana.

Uma semana para ele esquecer…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *