Social: Mais um setor inexistente do governo Américo….

Américo: governo sem qualquer viés social

No final da tarde de ontem (12) passou a circular na rede social o depoimento bastante incisivo de alguém questionando se a cidade não tinha primeira dama. A dúvida em tom provocativo foi em razão do governo na cidade não ter feito qualquer atividade aberta em alusão ao Dia das Crianças, ações que normalmente são lideradas pela mulher do prefeito, independentemente de ter cargo ou não no governo.  Não há notícia do envolvimento da atual primeira dama Iranete Sousa em qualquer projeto social até agora, rompendo uma tradição de suas antecessoras.

Analisando as últimas ocupantes do posto podemos destacar o trabalho de altíssimo alcance social desenvolvido por Lúcia Guanabara no final da década de 80, período em que liderou a implantação das creches no município. O trabalho foi tão sólido que por esse motivo ganhou uma com o seu nome e que ainda hoje encontra-se em pleno funcionamento.

Pastora Cruz que se tornou primeira dama após o marido assumir o mandato em definitivo com a renúncia da titular e também atuou no social na época, comandando a antiga Secretaria de Ação Social que entre outras ações coordenava a distribuição de leite aos carentes.

A ex-primeira dama Cristiane Bacelar teve um trabalho com ações na área da criança, de apoio a juventude, na área de geração de emprego e renda, do meio ambiente e principalmente da mulher.

Suely Silva desenvolvia atividades sociais lá bem atrás quando o marido ainda era vereador, trabalho que continuou após a eleição deste para o primeiro mandato de deputado e se ampliou quando ela se tornou primeira dama. Festa de carnaval com crianças, festa de debutantes para jovens de baixa renda, doação de brinquedos em datas como dia das crianças e natal, apoio a atividades das mulheres e festa das mães ficaram como uma de suas marcas.

Sem nenhum projeto social da atual primeira dama, caberia a Secretaria de Assistência Social fazer as vias, fato que anda longe de acontecer.  Essa área no governo Américo simplesmente não existe e a atuação da Secretaria de Assistência Social é pífia e sem qualquer visibilidade.

Não há um projeto com viés social como idéia do governo petista desde então, pois falta traquejo, sensibilidade e principalmente competência para fazer o melhor para a população.

One thought on “Social: Mais um setor inexistente do governo Américo….

  1. Concordo plenamente com vc Samuel e a palavra chave para essas duas mulheres é a falta de competência e compromisso com a população de Coelho Neto.
    Onde vai Parar essa falta de competência absurda de um governo petistas que não sabe escolher as pessoas certas para que assim possa fazer a diferença em um trabalho competente para um melhor desenvolvimento de uma cidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *