Rebeldia: Vereadores da base aliada ignoram mais um evento de Américo

Rebeldia: Vereadores da base aliada ignoram mais um evento de Américo

O prefeito de Coelho Neto Américo de Sousa (PT), não consegue mais esconder que atrás do sorriso amarelo enfrenta a rebeldia da base aliada que até agora decidiu ignorar solenemente seus eventos políticos-partidários.

Mesmo com o contato telefônico disparado para todos os aliados, os vereadores já haviam ignorado na semana passada a mobilização feita para receber a candidata a vice Cristiane Bacelar (Solidariedade).

Na noite do último domingo (27), quando inaugurou um dos comitês partidários como primeiro ato de campanha, Américo também foi ignorado pela maioria da base aliada – incluindo a própria liderança do governo. Dos 07 vereadores que integram a sustentação ao governo na Câmara, apenas Osmar Aguiar, Wilson Vaz e Luiz Ramos se fizeram presente.

Sem se envolver na articulação política de forma direta (coisa que nunca foi seu forte), Américo indicou dois interlocutores mais próximos que na prática não tem conseguido avançar no diálogo com os membros insatisfeitos do governo – gerando inclusive perdas como a do ex-secretário de Esportes Eduardo Penha como o caso mais recente.

A própria Cristiane Bacelar já teria sinalizado desejo de entrar no circuito para tentar contornar a situação, mas já teria sido desaconselhada inclusive por próprios parlamentares para evitar dissabores e um aumento no clima de animosidade.

A tentativa do governo de mostrar unidade já não cola e a insatisfação da própria base aliada é o reflexo dos inúmeros erros do governo.

Que só se avolumam a cada dia…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *