Envolvido na operação desastrosa da PM que resultou em morte de adolescente em Coelho Neto é afastado

Envolvido na operação desastrosa da PM que resultou em morte de adolescente em Coelho Neto é afastado

A Polícia Militar resolveu se manifestar sobre a operação que acabou com a morte de um adolescente em Coelho Neto na tarde de ontem (19).

De acordo com o Blog do Raphael Duarte, o Boletim de Ocorrência “ a guarnição de serviço encontrava-se em rondas na região de acesso a localidade Vila Pimenteira, onde mais cedo teriam ocorridos dois assaltos praticados por uma dupla de motoqueiros. No momento em que os policiais avistaram dois homens em uma motocicleta em atitude suspeita, iniciaram o acompanhamento tático (perseguição), e na abordagem, a vitima esboçado reação colocando uma das mãos na cintura como se fosse pegar um objeto, momento em que um dos policiais efetuou um disparo que veio a atingir a boca da vitima, vindo a óbito minutos depois”.

Pelo boletim de ocorrência a gente ver o quanto a operação foi desastrosa. Para a andar em cima do tanque de uma moto sem gasolina e colocar uma das mãos na cintura foi uma atitude considerada de tamanha, que foi preciso sacar uma arma e mandar bala. O adolescente que não tinha passagem pela polícia segundo informações acabou morrendo , enquanto os verdadeiros autores dos assaltos do dia seguem foragidos. Pelas manifestações nas redes sociais a revolta é grande e não poderia ser diferente.

Já imaginou para um pai e uma mãe saber que seu filho saiu para tomar banho de riacho com os colegas e voltar em um caixão morto por uma “atitude suspeita”?

De acordo com o Comando da PM local, o policial envolvido se apresentou espontaneamente as autoridades competentes e foi encaminhado para a Delegacia Regional de Polícia Civil na cidade de Caxias-MA, sendo ouvido pelo delegado plantonista. Uma das primeiras medidas legais adotadas pelo comando do 2º Batalhão, foi determinar o afastamento do mesmo das suas funções e instaurar a abertura de inquérito que deverá ser concluído em até 20 dias.

Para a família e os amigos resta chorar o luto pela perda irreparável e revoltante…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *