CAPS de Coelho Neto sofre com o descaso do governo…

Denúncias recebidas por esse blog mostram o verdadeiro descaso que o atual governo municipal vem tratando o Centro de Atenção Psicossocial – CAPS de Coelho Neto.

Uma das revoltas se deve em decorrência do aumento de carga horária sem um real a mais no salário. No governo anterior funcionava até as 17h e agora passou para as 18h dos servidores nível médio mesmo com os pacientes sendo liberados as 16h, o que representa uma prestação de serviço de 50hs, pois segundo as denúncias o trabalho é ininterrupto.

O profissional psicólogo também teve sua atuação ampliada já tinha carga horária de 30h e está tendo que cumprir 40h. A pedagoga e artesã segundo informações estão bancando as oficinas muitas vezes do próprio bolso, mesmo recebendo pouco e sem direito a insalubridade.

No governo anterior tinha um carro pra pegar os pacientes em casa, hoje o carro só pega uma paciente (sobrinha de uma autoridade do governo) e na terapia é todo mundo no calor, pois não tem sequer um ventilador.  O prédio está em péssimas condições, os colchões rasgados e sem qualquer conforto para os pacientes que precisam do repouso.

A ausência do psiquiatra que já foi alvo de denúncia por esse blog e que chegaram a dizer que já tinha sido contratado é tudo balela, pois até agora ainda não havia dado as caras, isso sem falar na ausência do profissional de educação física que também não existe.

E é aos trancos e aos barrancos que o CAPS de Coelho Neto vai funcionando, sem qualquer atenção por parte da Prefeitura e da Secretaria de Saúde…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *