Vídeo: Sem as chaves “de casa”, sindicalistas arrombam o portão do SINTASP e entram “na marra”…

Servidores comissionados lideraram a reunião e contratados também foram chamados para fazer volume

Parecia uma cena de filme. Servidores comissionados e contratados mobilizados durante todo o dia desta segunda (28), resolveram dar uma prova de “heroismo” e passar por cima de uma decisão judicial.

Com o sindicato lacrado pela justiça e sob as ordens do discurso enfurecido da professora Ângela Saraiva, a claque de aliados do governo resolveram invadir o sindicato no início da noite. Ora como um dono não tem a chave da própria casa? “Como não sabemos com quem está as chaves da nossa casa, nós vamos arrebentar”, disse ela sobre gritos dos presentes.

Desde que uma assembleia destitiuiu a “diretoria-pelega” da entidade no último sábado (26), que o desespero é vísivel em aliados do governo municipal. Vários servidores foram abordados em suas casas por ocupantes de cargo de confiança do prefeito solicitando assinatura de uma ata para tentar invalidar a primeira assembleia.

Não é a primeira vez que os sindicalistas aliados do governo passam por cima da decisão do juiz Dr Manoel Felismino. O valor das multas fruto da desobediência do senhor Izaque Vale, está em cifras segundo comentários da ordem de quase R$ 1.000.000,00 (um milhão de reais).

Como não conseguiram brecha com a justiça, decidiram mostrar que estão acima da Lei. Assista o vídeo da hora da invasão:

11 thoughts on “Vídeo: Sem as chaves “de casa”, sindicalistas arrombam o portão do SINTASP e entram “na marra”…

  1. Samuca, é um belo texto, mais muito rebuscado, ficou difícil de entender, por favor tem como aprofundar mais. Esse pessoal que invadiu é contra ou a favor do prefeito?

  2. Os que entraram no Sindicato na noite de 2ª feira são servidores municipais efetivos e sócios, pois pagam todo mês 2¢ dos seus vencimentos. Agora os que invadiram no sábado em sua maioria não são sócios e queriam se apropriar de uma casa que há mais de 8 anos não frequentam.

    1. Me admira você dizer isso, logo você que durante toda a vida ocupou cargo comissionado nas últimas gestões e que não tem qualquer histórico de sindicalista, ao contrário, se não se lembra SEMPRE FOI DURAMENTE COMBATIDA pelo mesmo sindicato quando ocupou o cargo de secretária de Adminsitração. Esqueceu que o mesmo Américo de hoje tecia duras criticas a sua pessoa? Na verdade você está de fora dos que não tem legitimidade para tratar do assunto porque está em cargo comissionado. Outra coisa você está desinformada, os servidores que estiveram lá no sabádo também pagam seus vencimentos todo mês e não invadiram, estiveram lá CUMPRINDO UMA ORDEM JUDICIAL, coisa que os asseclas do governo desconhecem. Acho bom cuidar do Instituto de Servidores… estamos chegando lá para saber como a casa está.

        1. Primeiro não teria motivo algum para tirar comentários. Segundo se houve alguma coisa de errado nesse Instituto não teve qualquer participação minha, portanto não estou nem ai. Quem dever que va pagar. E por ultimo não tenho pq ir ao Instituto lhe pedir nada. Se vc não sabe temos mecanismos de fiscalização acessíveis a qualquer cidadão. Vou consultar primeiro as movimentações bimestrais do CADPREV desde o ano passado até hoje, depois voltamos a conversar. Se precisar de alguma informação não precisarei ir até vc pq pra isso temos um Ministério Público. Estou muito bem assessorado, isso lhe asseguro. Me aguarde kkkkkkk

          1. Pois faça isso querido e publique tudo que vc encontrar lá no sistema. Isso se vc conseguir acessar, se não conseguir vem aqui que te ajudo com minha senha. Thau Samuel e seja feliz.

  3. Ia esquecendo! Duvido se vc tem coragem de chegar até ao Instituto, pois você sabe como a administração da qual vc era assecla deixou, pois tenho prazer em te mostrar como deixaram e como está hoje. Aí quero ver vc publicar alguma coisa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *