VENDEDORES AMBULANTES DO NHOZINHO SANTOS SERÃO QUALIFICADOS

VENDEDORES AMBULANTES DO NHOZINHO SANTOS SERÃO QUALIFICADOS


Jovens Empresários do Maranhão fazem parceria com a Semdel para qualificar os vendedores ambulantes do Estádio Nhozinho Santos

Membros da Associação de Jovens Empresários do Maranhão – AJE  estiveram em reunião com o Secretário Raimundo Penha para falar sobre o resultado do relatório da visita ao Estádio Nhozinho Santos, que integra acordo feito para revitalização do estádio. 
A participação da AJE foi selada em uma primeira reunião ocorrida em fevereiro, na Semdel, ocasião em que Penha solicitou a parceria da instituição no sentido de profissionalizar o comércio informal que trabalha no estádio em dias de atividades.
O Estádio Nhozinho Santos abriga, em dias de jogo, cerca oitenta vendedores ambulantes, cada um com dois assistentes e mais os vendedores dos bares. Dessa forma  qualquer ação com o comércio informal do estádio irá envolver mais de 270 pessoas. 
O relatório apresentado ao Secretário Raimundo Penha mostrou uma série de possibilidades, entre elas a de que o Sebrae-Ma poderia funcionar como alternativa, através do Empreendedor Individual, para qualificar com abordagens sobre otimização no atendimento ao público, noções sobre marketing de venda e marketing pessoal entre outros temas.
Um dos desafios a serem enfrentados é conscientizar os ambulantes sobre a importância de se regularizarem como autônomos, situação essa que traz para eles a possibilidade de uma aposentadoria. 
Outro desafio está relacionado com a higiene e apresentação do produto. O Secretário Raimundo Penha se comprometeu a estabelecer contato com a Secretaria de Segurança Alimentar para viabilizar uma capacitação relativa a esse assunto.
A Aje – Ma  também vai buscar,  junto ao Banco do Brasil, a alternativas de financiamentos, por intermédio de linhas de crédito com parcelamento e juros acessíveis. A participação da  instituição na revitalização do Nhozinho Santos deve mudar o perfil dos comerciantes informais do estádio. 
De acordo com Rafael Sombra , a tendência é que o estádio passe por uma modernização e o comércio informal precisa acompanhar esse processo”.
Do Blog da SEMDEL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *