Osmar é notificado pela Promotoria no caso S-10 e já monta versão de defesa…

Presidente da Câmara Osmar Aguiar: o arauto do dedo em riste na cara das pessoas simplesmente murchou

Às 11h:22

O presidente da Câmara de Coelho Neto Osmar Aguiar (PT) reapareceu na sessão da Câmara ontem (16), para comandar a sessão. Durante os trabalhos, não deu um pio sobre o caso do contrato imoral da caminhonete e nem deu notícias de seu paradeiro.

Segundo fontes do blog, o presidente já foi notificado pela promotora de justiça Dra Alice Silva Albuquerque que deu 10 (dez) dias para que o petista apresente sua defesa.

A ação é fruto de um processo movido pelo ex-vereador Edvaldo Alves – Val para cobrar esclarecimentos sobre o caso. A promotora cobrou do presidente uma cópia integral do processo Licitatório em comento, bem como cópia dos documentos do veículo locado, qualificação do condutor responsável pelo veículo, cópia da ata da sessão da Câmara em que a contratação da empresa foi apresentada e aprovada pelos demais vereadores.

Os vereadores da oposição estão acompanhando o processo de perto e podem ser chamados para prestar esclarecimentos, já que a sessão de aprovação desse contrato ao que se sabe nunca existiu.

Para se justificar Osmar Aguiar estaria decidido a usar em sua defesa a estratégia de colocar a culpa na empresa por ter entregue o carro em nome de pessoa física. Ora pílulas, será que o presidente acha que as pessoas são trouxas a esse nível? Uma versão como essa só vai reforçar seu despreparo para está na função que está e de quebra que a Câmara tem um setor jurídico incompetente.

Se foi assim, por que será que o presidente não revogou o contrato? Por que a empresa não substituiu o veículo? Por que o carro está escondido desde que a denúncia foi levada a conhecimento da opinião pública.

Acreditamos que a denúncia está em boas mãos e que o Ministério Público saberá apurar o fato, sem deixar que ele caia no esquecimento ou fique na impunidade.