SOLINEY DÁ MAIORIA DE VOTOS A SEUS CANDIDATOS E CONSOLIDA SUA LIDERANÇA

SOLINEY DÁ MAIORIA DE VOTOS A SEUS CANDIDATOS E CONSOLIDA SUA LIDERANÇA

Não adiantou. As eleições do último dia 03 de outubro ficará marcado na cidade como uma data memorável para uns e humilhante para outros. As intrigas, as fofocas, os insultos, os factóides criados contra o Prefeito Soliney Silva-PSDB durante todo o processo eleitoral, não mudaram em nada o rumo da história. O prefeito tucano conseguiu transferir para os seus candidatos, a maior votação para deputados que se tem notícia e de quebra desbancou toda a oposição da cidade no voto, a exemplo do que ocorreu há exatos dois anos atrás.
Durante o início da manhã, Soliney (foto) esteve na cidade para votar acompanhado da 1ª. Dama Suely Silva. Os dois almoçaram e se deslocaram para a residência do casal nas Pimentas para acompanhar a apuração. Na cidade o processo correu dentro da normalidade, com algumas pessoas detidas e denúncias de bocas de urna e compra de votos. O clima embora de euforia, estava dentro do previsto, sem fatos de grandes proporções.

A APURAÇÃO

Após o encerramento da votação, um QG improvisado foi montado na residência (foto) do Prefeito Soliney Silva no Conjunto Duartão. Sob o comando de Soliney Filho o grupo montado recebia o boletim final das urnas e fazia a tabulação da quantidade de votos, enquanto o Prefeito acompanhava tudo por telefone. Secretários de governo, autoridades, lideranças e a população em geral, chegavam a todo instante atrás de informações e com expectativa no resultado.
À medida que os boletins iam chegando, o quadro final das eleições na cidade começava a se desenhar. O candidato Max Barros-DEM e o candidato Américo de Sousa-PT, iniciaram a apuração apertado, sempre com o primeiro em vantagem. Após a chegada dos votos do colégio eleitoral do Bairro Sarney, o candidato dos democratas ampliou a vantagem em cima do petista e permaneceu liderando até o resultado final. Na disputa para federal, a vantagem do candidato Gastão Vieira em cima de Antonio Bacelar-PV foi humilhante desde o início. Nem os argumentos de que Bacelar era filho da terra, serviram para sensibilizar o eleitor, ao contrário, o eleitor preferiu apostar e alto no prestígio de Gastão, que ao final das apurações, foi eleito o deputado federal mais votado em todo o Estado.

A VITÓRIA

Após a apuração de 100% das urnas, o deputado estadual Max Barros recebeu 8.563 votos contra 5.914 do candidato Américo de Sousa-PT, numa diferença de 2.649 votos. Já na disputa para federal, o candidato Gastão Vieira obteve exatos 10.809 votos contra minguados 5.319 votos de Antonio Bacelar. Tanto Max quanto Gastão, receberam de Coelho Neto suas maiores votações. Os dois ligaram para Soliney, para agradecer os votos e demonstrar a satisfação com o apoio dado pelo município às suas candidaturas.

A COMEMORAÇÃO

A essa altura do campeonato, o mesmo Américo que havia chegado à tarde na Escola Sarney eufórico e batendo nos peitos que seria eleito não foi mais visto. Partidários dos outros candidatos ficaram tão aéreos que não sabiam o que fazer. Apostaram tanto numa vitória esmagadora da oposição e na derrota dos candidatos do Prefeito, que nem se prepararam para o contrário. Resultado: Descontentamento total! A caixa dos remédios controlados Lexotan e Diazepan sumiram das prateleiras das farmácias. Louças de vidro eram arremessadas contra a parede como forma de descarregar a decepção do resultado. Enquanto isso o estampido dos foguetes na residência dos Silva já podia ser ouvido e a chegada de dezenas de populares (foto), marcavam o início da comemoração.

Com o resultado proclamado, o Prefeito Soliney Silva-PSDB saiu em carreata pelas ruas da cidade para agradecer a vitória. Por onde passava era cumprimentado e saudado por populares e eleitores eufóricos. Durante todo o percurso da carreata (foto), Soliney se manteve acompanhado do vice Sérgio Guanabara e do primogênito Soliney Filho.
O DISCURSO

Ao findar a carreata, o Prefeito foi chamado para fazer uso da palavra, onde iniciou agradecendo a Deus e a sua família. Agradeceu o apoio recebido dos Vereadores, dos Secretários de governo, dos empresários e comerciantes, dos Agentes de Saúde, da parceria com o Grupo João Santos, das lideranças comunitárias, das igrejas e do povão em geral. Disse que estava decidido que não disputaria mais nenhuma eleição, nem ao menos a sua reeleição, mas que a ira da oposição lhe deu ânimo para continuar lutando contra o ódio e a favor do povo. Afirmou que a sabedoria do povo é soberana e que não se deixaram enganar pelo denuncismo a todo custo e pelas agressões infundadas contra ele e seu governo.

Soliney destacou que o povo não aceitou os ataques contra ele, porque as obras do seu governo se fizeram vistas. A população, sobretudo a menos favorecida reconhece o nosso esforço e agora mais do que nunca, continuarão sendo beneficiadas por nosso trabalho. O Prefeito comentou ainda a votação esmagadora dada a Governadora Roseana (15.770 votos), e aos senadores Edison Lobão (18.421 votos) e João Alberto (17.041 votos), aumentando o comprometimento destes com o município. Confirmou que a festa da vitória seria realizada junto com as comemorações do aniversário da cidade no próximo dia 31, com a entrega de obras e o fest-show provavelmente com a Banda Magníficos. Após o discurso, Soliney foi cumprimentado por populares ao som da letra do jingle “Do lado de lá a coisa tá feia, to lado de cá o trem ta bão demais”… Não disse que “O Cara” era “O Cara”… bom de voto mesmo!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *