Secretaria de Educação de Coelho Neto emite nota para responder denúncia do vice-prefeito Antônio Pires

A Secretaria de Educação de Coelho Neto emitiu nota nesta segunda (25), em que se manifesta oficialmente diante das denúncias do vice-prefeito Antônio Pires formalizadas na tribuna da Câmara sobre o Censo Escolar.

A seguir a integra da nota:

A SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO E CULTURA de Coelho Neto vem trabalhando para garantir o direito de aprendizagem de todos os alunos da Rede Municipal de Ensino, pautando suas ações no respeito e na aplicação correta e transparente dos recursos do FUNDEB (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e Valorização dos Profissionais do Magistério).

Em 2016 nossa cidade recebeu cerca de 44 milhões do FUNDEB, em 2017 esses recursos tiveram uma queda para 37 milhões, onde foi observado uma baixa nos alunos matriculados e a não adesão ao Programa Mais Educação por falta de responsabilidade dos sujeitos que estavam à frente do processo educacional. A governabilidade com essa queda de recursos foi o grande desafio do governo municipal em 2017, mas com trabalho e aplicação de medidas pontuais conseguimos garantir a qualidade da educação e avançar na busca da elevação dos recursos federais.

As medidas adotadas por essa secretaria foram: Adesão ao Programa Mais Educação, Criação de um Centro de Apoio a pessoa com deficiência, oferta INÉDITA de atendimento às crianças de 2 e 3 anos, ativação da Busca Ativa dos alunos fora da sala de aula principalmente dos Jovens e Adultos, melhoria na infraestrutura de várias escolas, valorização salarial dos professores (respeitando o piso salarial e reajustes do FUNDEB), entre outras ações. Conforme o gráfico abaixo nossos recursos em 2019 são equivalentes ao ano de 2016. Cabe uma reflexão: O que você comprava com 100 reais em 2016, você consegue comprar com os mesmos 100 reais agora em 2019?

Um dos grandes avanços deste governo, é o atendimento às crianças de 2 e 3 anos, que deveriam está sendo atendidas nas creches, uma vez que o governo federal disponibilizou os recursos para estas na gestão passada, mas infelizmente essas obras não foram concluídas embora os recursos tenham sido gastos pelos gestores da época.

Como não temos as creches, adaptamos as escolas para atender essas crianças tanto na sede como no campo, temos ainda um Centro de Atendimento (prédio alugado da Maçonaria) com excelência em aceitação e qualidade de ensino. No campo essas crianças de 2 e 3 anos são atendidas junto com as crianças da educação infantil, no modelo multisseriado.

Abaixo imagens das crianças de 2 e 3 anos em atividades lúdico-pedagógicas na Escola Mul. Companheiro Leão José Silva (Bairro Anil), Espaço de Atendimento a criança de 2 e 3 anos(Maçonaria) e Escola Mul. Professora Maria do Socorro Sousa Lima (Povoado Santo Inácio).

Hoje nossa maior preocupação além da qualidade de ensino e o resultado final dessa aprendizagem através do IDEB, são as questões que envolvem a distorção idade-série e evasão escolar, pois são problemas que impactam consideravelmente os resultados finais da educação e consequentemente a garantia de recursos federais.

Recentemente foi divulgado os municípios maranhenses investigados por fraudes e irregularidades no CENSO ESCOLAR, e Coelho Neto não faz parte dessa relação o que estimula este governo enfrentar desafios e avançar na Educação que queremos e merecemos.

Afirmamos nosso compromisso com a Educação, NÃO trabalhamos com irregularidades no Censo, NÃO negociamos com os direitos dos estudantes, NÃO negamos nossos desafios, NÃO nos acovardamos diante das críticas e NÃO temos compromisso com erros e sim com acertos.

Portanto, nos colocamos a disposição da comunidade para esclarecimento de dúvidas e recebimento de sugestões que venham colaborar com a garantia da qualidade de nossa educação.

SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO E CULTURA

Deixe uma resposta