RECESSO NEM SEMPRE SIGNIFICA FÉRIAS OU FOLGA

RECESSO NEM SEMPRE SIGNIFICA FÉRIAS OU FOLGA

Por Weverton Rocha*
Em fevereiro começa os trabalhos legislativos da Câmara dos Deputados em Brasília. Como acontece eleição para a nova mesa diretora, os parlamentares estarão mais cedo na capital federal para as articulações, pois além da presidência, outros cargos são disputados com candidatos de partidos, alianças ou isolados. A bancada de 28 deputados do PDT reúne-se na sexta-feira, 30, para anunciar qual a posição dos parlamentares trabalhistas na sucessão do atual presidente, Marco Maia.
Recesso nem sempre significa férias. Apenas as atividades legislativas ficam paralisadas. Em janeiro, após a posse no início do mês, agora como titular, a atuação do mandato na Câmara pautou-se em três eixos: o desenvolvimento urbano com enfoque para a regularização fundiária, o Seminário de Cultura e a instalação do gabinete itinerante.
O gabinete itinerante é uma realidade. Como ambulantes, a equipe percorre os 217 municípios do estado e bairros das grandes cidades por meio dos instrumentos disponíveis que vão desde a presença física até os contatos pela internet. Os endereços são os seguintes: Rua dos Afogados, 400, sede do PDT, São Luís, MA (Real) e http://www.facebook.com/wevertonrocha12. (Virtual).
Em qualquer um, tanto no prédio físico quanto na rede mundial de computadores, é possível levar sugestões, reivindicações e críticas ao mandato.
O Seminário de Cultura é uma iniciativa do gabinete itinerante em conjunto com entidades parceiras, a Associação de Imprensa da Região Tocantina (Airt), o Movimento Popular de Ação Cultural (MPAC), o Centro de Cultura da Alemanha e o Boi Pirilampo.
As inscrições, gratuitas, podem ser feitas no endereço http://wevertonrocha.com.br/home/01/2013/seminario-de-cultura-inscreva-se-aqui/, será realizado na última semana de fevereiro no auditório da Ufma com três temas, Economia Criativa, Plano Municipal de Cultura e Captação de Recursos Federais.
Sobre a regularização fundiária das regiões que compreendem a circunvizinhança da Universidade Federal do Maranhão, a exemplo do Sá Viana e Itaqui-Bacanga, encaminhamos a reivindicação ao reitor da Ufma, Natalino Salgado, e temos boas perspectivas em vista.
Ainda este ano, as famílias da região devem ter uma grata surpresa, com avanços consideráveis em relação à regularização de suas respectivas moradias.
E dessa forma, o recesso do mandato transformou-se em bastante trabalho que agora será acrescido, a partir de fevereiro com os trabalhos legislativos e os retornos ao Maranhão para as atividades de receber o público no gabinete itinerante real, realizar o seminário de cultura e garantir a regularização das moradias de milhares de famílias.
*Weverton Rocha é deputado federal (PDT-MA). Nascido em Imperatriz, ele preside o Partido Democrático Trabalhista na capital do Maranhão, São Luís.
Do Blog do Jonh Cutrim

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *