Rapidinhas da Boca da Noite

Rapidinhas da Boca da Noite

Tristeza

Rapaz me perguntaram quem tinha morrido numa cidade acolá e eu disse que não tinha sido informado da morte de ninguém. Foi ai que a pessoa sorriu, disse que era brincadeira e resolveu me explicar: é que o clima numa prefeitura acolá depois da divulgação de uma tal pesquisa era de total velório kkkkkkkkkkkkkkkkk Pense numa coisa que deixou neguin fulo da vida. kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Fraco

O informante disse que lá fazia era dó os para choques cabisbaixo, triste, encurujado pelos cantos… lá tinha bramura “mesti” kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Reforço

A tristeza por lá tá tão grande que teve um com a idéia de mandar reforçar compras de lexotan, diazepan, chá de cidreira e uma carrada de maracujá kkkkkkkkkkkkkkkkkkk lá tem nervo abalado kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Reunião

Falando nisso, dizem que ontem teve uma reunião com os vereadores da base de um governo acolá… ou melhor com parte deles. Qual a pauta? Nada de novo pode acontecer em um governo que já nasceu velho né… Segundo soube depois teve um almoço… o prato eu não sei, mas posso apostar que a digestão com certeza não foi 100% kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Música

Hoje amanheci com vontade de ouvir aquela música cantada pela Roberta Miranda: Arruma a mala aê, arruma a mala aê, Arruma a mala aê, A rural rai arribar kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *