Preso pistoleiro que matou empresária no Maranhão a mando do ex-marido

Preso pistoleiro que matou empresária no Maranhão a mando do ex-marido

O homicida identificado como Amós Américo Alves, o “Negrete”, que participou do assassinato da empresária Rayra dos Santos Feitosa, em Presidente Dutra, foi preso ao se apresentar na delegacia, acompanhado de um advogado.

A informação foi confirmada pelo delegado César Ferro, na noite dessa sexta-feira (10). Ao se apresentar, Amós Alves confessou ter participado da execução da empresária, a mando de Bartolomeu Ribeiro, ex-marido da mesma, na quinta-feira (02).

Ele disse ao delegado que assassinou a empresária com a ajuda do homem identificado como Romário Batista de Sousa.

A polícia já está à procura de Romário, que é filho de um senhor conhecido como Geraldo.


Ex-marido confessou ser o mandante do crime

O ex-marido da empresária Rayra dos Santos Feitosa, Bartolomeu Ribeiro, confessou, na tarde de terça-feira (07), que foi o mandante do assassinato da ex-companheira e que pagou R$ 2 mil para Amós Américo Alves cometer o crime.

Depois da separação, Bartolomeu montou uma pizzaria, de nome Predileta, para a ex-esposa, em um posto de combustível ao lado de um clube de jovens.  Logo após deixar o trabalho, por volta de 1h da madrugada da quinta-feira (02),  já nas proximidades de casa, a empresária foi abordada por dois homens que estavam em uma moto. Ela foi atingida por disparos e morreu no local.

A polícia chegou a oferecer R$ 1 mil por informações que levasse ao assassino.

Blog do Gilberto Lima

Deixe uma resposta