Médico morreu tentando proteger o filho; velório está sendo em São Luís

hslz

O médico Luís Alfredo Guterres, assassinado hoje (9) durante um assalto a sua residência, no Jardim Eldorado, em São Luís, tentava evitar que os bandidos atirassem em seu filho quando foi alvejado.

Diretor do Hospital Geral, ele chegava em casa quando percebeu a presença dos assaltantes. Entrou rápido e fechou o portão, que foi arrombado.

Dentro de casa, ele foi rendido por três homens e um subiu ao 2º andar. Ao voltar, ele tinha o filho de Luis Alfredo sob a mira de uma arma.

O médico reagiu. Houve luta corporal e ele acabou alvejado por um tiro no pescoço, que acabou atingindo a coluna cervical.

Depois disso, os invasores fugiram levando apenas um celular da vítima.

Velório

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) informou há pouco, por meio de nota, que as últimas homenagens a Luís Alfredo Guterres ocorrerão no PAM Diamante, onde será realizado o velório a partir das 18h deste domingo.

unnamedFactoide

Circula em grupos de Whatsapp uma história envolvendo o nome do médico Luís Alfredo que não passa de factoide.

Segundo o relato, na manhã de ontem (8) um suposto pistoleiro teria abordado o filho do deputado estadual Carlinhos Florêncio (PHS) mostrando uma suposta foto de Luís Alfredo e perguntando se eram a mesma pessoa.

Ocorre que esse “fato” fora contado pelo jornalista Décio Sá em seu blog, no dia 29 de junho de 2011 (reveja).

É importante que quem receber a mensagem não a repasse.

Do Blog do Gilberto Leda

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *