Mais de R$ 600 mil: Em meio a pandemia, Prefeitura de Coelho Neto formaliza contrato para compra de lanches, almoços e jantares

Mais de R$ 600 mil: Em meio a pandemia, Prefeitura de Coelho Neto formaliza contrato para compra de lanches, almoços e jantares

Em meio a pandemia que assola o país, a Prefeitura de Coelho Neto não consegue distinguir coisas que são prioritárias com coisas extremamente supérfluas.

Se estamos vivendo tempos de isolamento social sem previsão de flexibilização das regras e do retorno ao convívio normal, qual a necessidade do governo municipal realizar processo licitatório nesse momento para compra de lanches, almoços e jantares ?

O contrato que acabou de ser assinado tem valor global da ordem de R$ 648.455,00 (seiscentos e quarenta e oito mil e quatrocentos e cinquenta e cinco reais), para o prazo de apenas 08 (oito) meses.

Entre os itens de compras estão previsto 4.500 bolos de goma, 4.700 bolos de trigo, 34.500 pão francês, 41.500 pão massa fina, 5.900 refeições, 5.100 almoços/jantares e 5.600 coffee break.

Outra coisa que espanta é o tamanho da fome do governo. No ano de 2019, a licitação para lanches, almoços e jantares somaram R$ 346.307,20 e esse ano o valor saltou de forma inexplicável para mais de R$ 300 mil reais, quase o dobro.

Enfim, enquanto se briga para o aumento de itens dos kits de merenda escolar, o governo municipal se preocupa com licitação para seus banquetes, com valores astrônomicos e em descompasso com a realidade vivida pelas famílias atualmente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *