Justiça mantém prisão de acusados de tráfico presos em Coelho Neto

Autoridades envolvidas durante a operação
Autoridades envolvidas durante a operação

A juíza da 2ª Vara de Coelho Neto, Karla Jeane Matos de Carvalho, manteve a prisão de todos os acusados de tráfico presos durante a operação desencadeada na quinta- feira da semana passada.

Com a decisão, a magistrada também entendeu como tráfico a conduta de Marcifran Caldas, o Márcio da Van, Bruno Oliveira, Maria Francisca Oliveira, Raimunda Oliveira e o preso mais conhecido por Chico Índio.

As informações também são de que os acusados também já tiveram a liminar em habeas corpus negada pela Câmara Criminal do Tribunal de Justiça, em São Luís. 

A partir de amanhã os trabalhos serão retomados com a perícia nos veículos, drogas pelo Instituto de Criminalista em Timon/ Ma e oitiva de novos depoimentos. A intenção é encaminhar os inquéritos para a Justiça o mais rápido possível.

A operação foi coordenada por quatro delegados, entre eles o regional Jair Paiva, após investigações conduzidas pelo delegado Sidney Tenório e pelo capitão PM Flávio.

Com base em depoimentos e investigação policial, a Justiça expediu dez mandados de busca e apreensão em residências apontadas como pontos de tráfico de drogas. Foram apreendidos maconha, crack, cocaína, dinheiro, veículos e uma lancha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *