Flávio Dino destaca diversidade cultural do Carnaval do MA

Ao prestigiar as manifestações culturais no Laborarte e as escolas que desfilaram na Passarela do Samba, na última segunda-feira (16), o governador Flávio Dino destacou que este ano o Maranhão está conseguindo realizar um carnaval para todos os maranhenses.

Foto-de-Francisco-Campos-Passarela-5

“Carnaval com respeito à diversidade maranhense. Por isso, eu tenho muito orgulho de afirmar que esse sim é o carnaval de todos nós e que o ano que vem será ainda melhor”, garantiu.

Para o secretário de Governo da Prefeitura de São Luís, Lula Fylho, que estava representando o prefeito Edivaldo Holanda Júnior na Passarela do Samba, a união entre o Governo do Estado e a Prefeitura de São Luís trará muitos benefícios ao estado.

“Essa parceria no período carnavalesco traz três grandes benefícios para todos: a otimização dos recursos públicos, o diálogo para a realização de políticas públicas mais efetivas e o sonho de que o carnaval de São Luís volte a ser um dos melhores do Brasil”, disse Lula Fylho.

Outro ponto importante desse novo momento para o Maranhão é o compromisso do governo com a segurança. Durante as prévias da festa momesca, e nos dias oficiais da folia na capital, os brincantes foram atraídos para as ruas pelas festividades animadas e seguras, graças à mobilização do Estado para garantir estruturas adequadas e policiamento.

O Governo do Estado também está apoiando as manifestações e retiros culturais em vários pontos de São Luís e do interior. “Nós estamos apoiando manifestações culturais em São Luís, na passarela, nos circuitos e também nos bairros, e estamos presentes também em várias cidades do Maranhão. As mesmo tempo estamos apoiando também eventos das comunidades religiosas”, explicou o governador.

Após percorrer as festividades em vários pontos, a secretária estadual da Cultura, Ester Marques, avaliou que o carnaval está chegando a todos e que essa descentralização é a quebra de um modelo que já vinha sendo realizado há muito anos e que não beneficiava a população brincante.

“Obviamente, como nós pegamos o carnaval muito em cima da hora, não conseguimos atingir a todos da forma como a gente queria, mas eu penso que nós conseguimos dar um bom passo, que foi iniciar um processo de reversão de um modelo que está saturado. Então, a gente precisa realmente descentralizar e levar o carnaval pra mais lugares, para que mais pessoas possam brincar próximas as suas casas e tenham mais oportunidades de apreciar outros tipos de expressões populares fora aquelas que elas já estão muito habituadas”, afirmou Ester Marques.

Para o presidente da Fundação Municipal de Cultura, Marlon Botão, o grande sucesso do carnaval de São Luís se deve à parceria entre o Estado e o Município. “A parceria hoje do Governo do Estado com a Prefeitura está propiciando um novo formato de carnaval para a nossa cidade. Hoje, nós temos um carnaval acontecendo em todas as regiões de São Luís por conta dessa parceria. É essa união que nos permite estar dando apoio às inúmeras brincadeiras, pois são mais de 200 apresentações pela cidade inteira”, destacou.

Ele também lembrou que essa bem-sucedida parceria será expandida para as demais festividades características do estado. “Esse é o começo da parceria, que estamos experimentando com o carnaval, e logo mais virá o São João, a perspectiva é que a nossa agenda cultural tome dimensão nacional e internacional porque nós temos uma diversidade cultural enorme e que agora terá incentivo do poder público”, disse Marlon Botão.

Carnaval de Segunda

Há 27 anos integrando o período momesco em São Luís, o Carnaval de Segunda do Laborarte, realizado na Rua Jansen Müller, Centro, foi um show à parte na segunda-feira. Antes de ir à Passarela do Samba, o governador Flávio Dino, acompanhado de parte do seu secretariado, prestigiou o evento e interagiu com os foliões, participando das brincadeiras carnavalescas.

Foto-de-Francisco-Campos-Passarela-2

O projeto é uma ação cultural voltada para o carnaval de rua da capital, apresentando batucadas, blocos tradicionais, casinha da roça, turmas de samba, turmas de fofão, tribos de índios, blocos de sujo, blocos afros, shows com artistas maranhenses, baile infantil e adulto. O governador ressaltou a importância do Carnaval de Segunda do Laborarte e o incentivo aos artistas que se dedicam ao evento.

“A nossa visita ao Laborarte foi para apreciar esse grande e admirável trabalho desenvolvido por artistas natos que fazem parte da nossa cultura e se consolidaram na luta pela democratização. O primeiro passo já foi dado que foi a descentralização do carnaval. Sabemos das nossas deficiências, mas sabemos também da nossa capacidade, este foi apenas o nosso primeiro carnaval, o próximo será ainda mais planejado para que alcancemos a marca de ser o melhor carnaval”, afirmou o governador.

Uma das coordenadoras do evento, Luana Reis, comentou que a festa de rua é realizada desde 1989, com o intuito de receber as brincadeiras locais e reunir a população maranhense. Ela ressaltou que, este ano, o Carnaval de Segunda contou com dois palcos e dezenas de atrações para os mais diversos públicos, divertindo famílias, adultos, idosos, jovens, crianças e até estrangeiros.

Turistas elogiam segurança no carnaval de São Luís

O americano Sheldon Lotspelch, 23 anos, oriundo do estado da Califórnia, fez questão de cumprimentar o governador Flávio Dino durante sua passagem em meio à multidão e elogiou a organização e a segurança.

Foto_Reproducao_Turista_Sheldon

“É a primeira vez que venho ao Brasil e estou há dois meses em São Luís, lugar que gostaria muito de morar por suas belezas e encantos. Mesmo não sendo daqui e não dominando tão bem o português, me sinto seguro no carnaval da cidade e estou encantando com as apresentações locais que são únicas. O Governo do Estado e toda a população maranhense está de parabéns”, disse o americano.

Para conhecer o carnaval brasileiro, Sheldon escolheu permanecer em São Luís e conhecer o típico carnaval de rua da cidade. Ele conta que conheceu o Centro Histórico, o litoral e os Lençóis Maranhenses e, com a proximidade do período festivo, resolveu adiar o retorno a sua cidade natal – São Francisco, na Califórnia, e experimentar o carnaval maranhense.

Anfitriã do americano na cidade, Juliana Ayoub, 31 anos, confirma a experiência positiva vivida pelo turista. Maranhense e moradora de São Luís, Juliana destacou que as marchinhas carnavalescas, as atrações de rua e as fantasias populares são marcos positivos que atraem a atenção do turista. “Ele ficou encantado com a diversidade do Maranhão”, resumiu.

Os participantes da festa destacaram a segurança para curtir o carnaval, como a dona de casa Rosa Maria Pacheco, 50 anos, que ficou admirada com a forma simples e amistosa do governador entre os populares. Ela relatou que a proximidade com as pessoas vai ajudar Flávio Dino a identificar os anseios dos maranhenses. “Poder abraçá-lo e dizer que ele é a nossa esperança me fez muito bem. Sei que dias melhores virão porque acredito nesse governo e sei que o Flávio não vai nos decepcionar”, disse.

Estiveram presentes com o governador Flávio Dino, os secretários de Estado: Ester Marques (Cultura), Robson Paz (Comunicação), Francisco Gonçalves (Direitos Humanos), Bira do Pindaré (Ciência e Tecnologia e Ensino Superior), Simplício Araújo (Indústria e Comércio); o diretor-geral do Detran-MA, Antônio Nunes; o diretor-presidente da Caema, Davi Telles.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *