Familiares de vítima de imprudência no trânsito realizam manifestação em Coelho Neto

A família de Laurindo Teixeira, 54, atropelado e morto por um motoqueiro, no último dia 2, reuniu amigos e populares em uma manifestação, pedindo por justiça.

O fatídico acidente que ceifou a vida do industriário Laurindo aconteceu em frente a escola Coelho Neto. Segundo informações, a morto Titan 150, prateada, era pilotada pelo também industriário Ascelau Meireles, que estaria pilotando em alta velocidade.

No local existia uma faixa de pedestres, mas, foi apagada com o tempo sem que a secretaria de obras providenciasse uma reforma. Ascelau, que segundo consta, não possui habilitação, teria fugido do local sem prestar socorro à vítima. A moto teria sido emprestada de um amigo.


Horas depois do acidente, ele teria se apresentado à delegacia local, onde prestou depoimento, tendo sido liberado posteriormente. O proprietário da moto apreendia também teria recebido o veículo.

O vereador Luiz Ramos também participou da manifestação em solidariedade ao amigo Laurindo. “Sou a favor da manifestação no sentido de despertar as autoridades policiais para esse tipo de ocorrência, o que tem resultado em lágrimas para as famílias dessas vítimas “, disse o parlamentar.

Do Blog Direto ao Assunto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *