Um dia após repercussão, esposa de Paulynho Paixão nega agressões

A esposa do cantor Paulynho Paixão usou suas redes sociais, nesta segunda-feira (12/08), para esclarecer a motivação da prisão do cantor no último domingo (11). Paulynho Paixão foi preso em flagrante após agredir sua esposa depois de um show realizado em Bacabal, no Maranhão.

De acordo com informações da imprensa de Bacabal,  Paulinho Paixão e a esposa teriam ido para um hotel depois do evento e lá tiveram uma discussão. O alojamento no qual o casal se hospedou fica localizado ao lado da Delegacia de Polícia de Bacabal.

No momento da agressão, a esposa de Paulinho Paixão teria corrido para a delegacia e solicitado ajuda. Nesse momento, uma guarnição da Polícia Militar da região foi até o hotel e deu voz de prisão ao cantor, que estava no quarto todo revirado.

Abaixo veja o que disse nesta segunda-feira (12) a esposa do cantor piauiense sobre o episódio ocorrido em Bacabal:

Do blog do Elias Lacerda

Mais um feminicídio: Homem mata a esposa dentro de casa no MA

Um homem de identidade ainda não divulgada matou a companheira dentro da residência do casal, na rua sete, bairro Forquilha, São Luís.

De acordo com relatos de vizinhos o autor do crime ainda tentou o suicídio. A Polícia Civil já está no local e irá conduzir o assassino para a Delegacia da Mulher.

As circunstâncias do crime ainda não foram divulgadas, nem a identidade da vítima. Aguardem novas informações…

Os números de feminicídio no Maranhão são alarmantes. Clique e relembre alguns.

Do blog do Luis Cardoso

Violência: Três pessoas são mortas na mesma residência em Coelho Neto

Fotos dos mortos logo começaram a circular nos grupos de redes sociais

O início da manhã deste sábado (03), em Coelho Neto foi mais uma vez sangrento e expõe o nível de violência em que a cidade está submetida.

Pelas primeiras informações pelo menos três pessoas da mesma casa foram mortas. O triplo homicídio a bala ocorreu no Bairro Sarney.

Pelas características há quem acredite que os crimes tenham características de execução. Aguardando maiores informações e detalhamento do ocorrido por parte das autoridades policiais.

Mulher grávida de três meses é assassinada a facadas pelo ex-companheiro no MA

Raimunda Pereira Barbosa foi assassinada a facadas pelo ex-companheiro na madrugada deste domingo (7) na zona rural do município de Anapurus, localizado a 291 km de São Luís. A vítima estava grávida de três meses.

De acordo com a Polícia Militar, o casal teria discutido durante uma festa e em seguida, Edmilson dos Santos desferiu vários golpes de faca na ex-mulher. Após o crime, a vítima chegou a ser levada para o Hospital Municipal de Anapurus, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Segundo a polícia, o suspeito fugiu logo após o crime. Buscas estão sendo realizadas na região para tentar localizá-lo.

G1 Maranhão

Preso mandante da chacina que deixou quatro ciganos mortos em Coelho Neto

O criminoso Antônio Carlos Sobral da Rocha, conhecido como “Didoca” ou “Cigano”, foi preso pela Polícia Civil, na última sexta-feira (14), na cidade de Vitória do Mearim.

Ele é o mandante da chacina que deixou quatro mortos e cinco feridos na cidade de Coelho Neto, a 364 km de São Luís, no domingo (09), nas proximidades do mercado do produtor.

“Didoca” responde a pelo menos oito processos por homicídios, assaltos a bancos e porte ilegal de arma, além ser o líder e mandante de diversas investidas contra grupos de ciganos rivais por várias cidades do interior do Maranhão.

O criminoso será apresentado à imprensa às 10h da manhã desta segunda-feira (17), na sede da Polícia Civil, ocasião em que serão repassados detalhes sobre a atuação criminosa do bando chefiado por ele.

Mortos e feridos na chacina

Três dos mortos foram identificados como José de Ribamar Silva Costa, conhecido como “Cacau”; Antônio José da Silva, conhecido como “Gê”; e Antônio Francisco da Silva Costa. Os três pertenciam à mesma família.

As vítimas feridas, Francisco Camilo da Rocha, Raimundo Nonato da Silva Costa e Maria Antônia da Silva Costa, foram conduzidas para a UPA e transferidas para Timon.

A criança, Francisco Guilherme da Silva Costa, de 3 anos, foi encaminhada ao Hospital de Presidente Dutra. Ela foi atingida por um disparo na cabeça.

Resgatado do Socorrão em 2012

Em abril de 2012, o homicida foi resgatado por criminosos quando estava algemado em uma maca, no Hospital Municipal Clementino Moura, o Socorrão II.

Os bandidos renderam o vigilante e o agrediram fisicamente, em seguida, o libertaram “Didoca” que estava algemado na maca, no meio do corredor.

Baleado no braço, o assaltante de banco foi levado na garupa de uma das motos, por um dos cúmplices.

Assassinato em 2013 em Itapecuru Mirim

Antônio Rocha foi pronunciado a Júri Popular no dia 13 de outubro de 2016, como incurso nas penas do art. 121, § 2º, inc. IV, do CP, por ter assassinado Carlos Gonzaga Rodrigues.

O crime ocorreu no dia 09 de março de 2013, no Povoado Colombo, na BR-135, em Itapecuru Mirim. A vítima estava em uma motocicleta quando foi alvejada com vários tiros disparados por “Didoca”, que estava em um veículo com outros comparsas.

Prisão em 2015

Ele é considerado um dos bandidos mais perigosos da Região dos Cocais. Anteriormente, ele foi preso em 24 de setembro de 2015 durante operação da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic) em Miranda do Norte.

Prisão em 2016

O assassino foi preso no dia 11 de maio de 2016, na cidade de Miranda do Norte, durante operação realizada pela Superintendência Estadual de Repressão ao Narcotráfico (Senarc) e da 8ª Delegacia Regional de Itapecuru-Mirim. Ele foi preso em companhia de Jaime de Assis Licar Santana, de 25 anos.

O mandado de prisão preventiva foi expedido pela 2ª Vara da Comarca de Itapecuru-Mirim pela prática de crime de homicídio.

Do Blog do Gilberto Lima

Violência campeia: Chacina deixa 04 mortos em Coelho Neto

Violência campeia: Chacina deixa 04 mortos em Coelho Neto

 

A cidade de Coelho Neto viveu momentos de pânico no início da manhã deste domingo (09). As informações a que se tem acesso revela que uma possível rixa entre grupo de ciganos rivais terminou com 04 homens mortos e 04 feridos (02 homens, 01 mulher e 01 criança).

Segundo relatos de presentes, um grupo de ciganos chegaram atirando a queima roupa e os demais ciganos de Coelho Neto revidaram. Do grupo que chegou atirando, apenas um veio a óbito e os corpos serão levados para o Instituto Médico Legal – IML de Timon.

A chacina ocorreu nas proximidades do Mercado do Produtor e causou pânico em populares, por se tratar de um período de grande fluxo de gente no local. Todos os mortos eram ciganos, alguns locais e outros ainda sem informações de onde residem. A polícia que recebeu reforço ainda está colhendo os detalhes e há suspeita de que a ação tenha sido motivada por acerto de contas. Nenhum popular foi atingindo.

Apenas uma pessoa foi presa, pois estava ferida e não conseguiu fugir. Outros 04 abandonaram o veículo e tomaram rumo ignorado.

Post Alterado as 12h:50 para complementação de informação

Homem é preso após agredir a esposa e um bebê em Caxias

Homem é preso após agredir a esposa e um bebê em Caxias

A Polícia Militar prendeu na cidade de Caxias, a 364 km de São Luís, o homem identificado como Raimundo Pereira dos Santos, de 31 anos, por agressão contra uma mulher e um adolescente menor de idade, no Bairro João Viana.

A guarnição foi ao local, na Rua Wilton Lobo, por volta de 22h30 de sábado (25), após recebimento de denúncias feitas por populares.

No local, foi relatado aos policiais por várias testemunhas que Janaína Silva dos Santos estava sendo agredida no interior da residência e que ela gritava devido aos espancamentos. Os policiais ainda tentaram uma negociação para adentrar a residência.

Antes de os PMs adentrarem o imóvel, o suspeito empreendeu fuga pelo quintal, mas, em seguida, foi detido pela guarnição.

Além das lesões causadas em Janaína, foi constatado ainda que o filho do casal, de apenas 1 anos e 7 meses, também teria sido vítima das agressões, apresentando marcas na face e no peito que lhe causaram sangramentos.

Imediatamente a guarnição de serviço prestou assistência à criança e fez a   condução do agressor ao 1º Distrito Policial para as providências cabíveis.

Do Blog do Gilberto Lima

Homem é preso após estuprar ex-enteada com Síndrome de Down no MA

Homem é preso após estuprar ex-enteada com Síndrome de Down no MA

O homem identificado como Manoel Oliveira Rodrigues, de 47 anos, foi preso pela Polícia Militar, por volta das 20h30 desta sexta-feira, na cidade de Senador La Roque, a 652 km de São Luís, por acusação de crime de estupro.

A vítima foi uma adolescente de 17 anos com síndrome de Down, ex-enteada do estuprador. O crime aconteceu por volta das 19h na sede do município.

A mãe da adolescente tem dois filhos adultos. Um deles tentou agredir o próprio pai após saber do ocorrido. Foi a própria adolescente quem contou pra mãe sobre o ocorrido. A mãe encontrou um short da filha com manchas de sangue.

A mãe contou que há um mês tinha visto a filha saindo da casa onde o acusado mora com o filho mais velhos. Ela disse que a filha estava com as costas sujas de barro da parede. Ela acrescentou que não denunciou para polícia porque ficou com medo do ex-marido fazer coisa pior com a filha.

Manoel negou que tenha praticado o estupro e disse que a mãe não tinha provas.

O estuprador foi conduzido ao Plantão Central para os procedimentos cabíveis. Ele deverá responder por crime de estupro de vulnerável, previsto no art. 217-A do Código Penal. A pena poderá chegar a 15 anos de reclusão.

………………..

Estupro de Vulnerável

Art. 217-A. Ter conjunção carnal ou praticar outro ato libidinoso com menor de 14 (catorze) anos:

Pena – reclusão, de 8 (oito) a 15 (quinze) anos.

  • 1º Incorre na mesma pena quem pratica as ações descritas no caput com alguém que, por enfermidade ou deficiência mental, não tem o necessário discernimento para a prática do ato, ou que, por qualquer outra causa, não pode oferecer resistência.
  • 2º (VETADO)
  • 3º Se da conduta resulta lesão corporal de natureza grave:

Pena – reclusão, de 10 (dez) a 20 (vinte) anos.

  • 4o Se da conduta resulta morte:

Pena – reclusão, de 12 (doze) a 30 (trinta) anos.

……………….


Com informações do Blog Notícia da Foto

Justiça decreta prisão temporária do filho do presidente da Câmara dos Vereadores do Rio

RIO – A Juíza Yedda Christina Filizzola, do 2° juizado de Violência Doméstica de Bangu, decretou a prisão temporária Fábio Tuffy Felippe, de 44 anos, filho do presidente da Câmara dos Vereadores do Rio, Jorge Felippe (MDB), por lesão Corporal decorrente de violência doméstica e ameaça.

Ele é acusado de ter agredido a mulher Christini Cardoso de França Felippe, no último dia 21. Imagens da vítima com o rosto desfigurado, com os olhos roxos e inchados, foram compartilhadas nas redes sociais por parentes, que registraram o caso na Delegacia de Atendimento à Mulher, em Campo Grande.

A Polícia Civil e o Ministério Público já haviam solicitado a prisão temporária de Fábio, por cinco dias. No entanto, os pedidos foram negados pela juíza Angélica dos Santos Costa, no plantão judiciário do dia 30 de dezembro.

O processo corre em segredo de Justiça.

Bandidos tentam matar policial militar no MA; Estado de saúde do PM é grave

O policial militar Jefferson Ferreira Soares, de 22 anos, residente no bairro Vila Nova, em Imperatriz, lotado no 29° BPM, e que ingressou na corporação neste ano, foi alvejado com 5 tiros no início da madrugada deste domingo (30), no povoado Creoli do Sinhá, na cidade de Graça Aranha.

Foram presos os dois autores do ataque contra o PM, os irmãos Antônio Davi Miranda de Sousa Nascimento e Pedro Gabriel Dias de Miranda Nascimento, e o tio deles, José Divino Dias de Miranda Nascimento, que escondeu as armas e os sobrinhos.

Com eles, a polícia apreendeu um revólver calibre  38 e uma pistola PT 100 calibre .40, que os bandidos tomaram do PM, uma motocicleta.

O PM foi encaminhado ao Socorrão da cidade de Presidente Dutra, onde foi submetido à intervenção cirúrgica. Sem estado de saúde é grave.

Segundo testemunhas, os autores dos disparos foram os irmãos Antônio Davi e Pedro Gabriel. Antônio Davi teria começado a atirar com um revólver cal.38 após discussão com um homem não identificado.

O policial, ao perceber a situação, interveio sacando a pistola, mas foi surpreendido à traição por Pedro Gabriel, que tomou a arma e efetuou alguns disparos. Antônio Davi pegou a arma que estava com o irmão e começou a disparar, com o revólver e a pistola, contra o policial, que foi atingido por cinco tiros.

Após descarregar as duas armas, os irmãos empreenderam fuga numa motocicleta Bros 160, placa PSR-4439, para a casa do tio deles,  José Divino, que escondeu as armas e arrumou um local para esconder os sobrinhos

Por volta de 4h da madrugada, os criminosos foram encontrados e resistiram à prisão. Os PMs tiveram que usar de força para imobilizá-los e prendê-los, provocando lesões corporais.

Eles foram conduzidos à 13° Delegacia Regional de Presidente Dutra para autuação em flagrante.

Do Blog do Gilberto Lima