“ESTAMOS CUMPRINDO COM O NOSSO DEVER”, DIZ BALECO

“ESTAMOS CUMPRINDO COM O NOSSO DEVER”, DIZ BALECO


O Presidente da Câmara de Chapadinha Nonato Baleco – PDT já deu o tom de como será a sua gestão. Está claro que a intenção é manter o diálogo, mas sem abrir mão das prerrogativas atribuídas ao Legislativo que entre outras cabe a de fiscalizar as ações do Executivo. Para justificar as cobranças e a convocação extraordinária dos vereadores Baleco foi incisivo e categórico: “Estamos cumprindo com nosso dever”. 
E essa independência da Câmara agrada ao povo e ao mesmo tempo torna a política mais atrativa. Troca se o puxa saquismo exacerbado e a subserviência por um diálogo coeso e com foco.  Ao enviar correspondência a Prefeita Ducilene Belezinha – PRB o Poder Legislativo deu mostras muito claras de que não pretende abrir mão de seu papel e colocou o governo em plena saia justa. Tudo isso por conta de uma série de desencontros em que o discurso contrapõe com a prática. 
De um lado estava uma oposição incisiva e muito consciente do seu papel e de outro uma bancada governista totalmente desinformada e alheia ao que se passa. O vereador Eduardo Braga- PT por exemplo questionou os investimentos que a Prefeitura tem feito com o Carnaval contrariando o Decreto de Emergência e a lenga-lenga de que o município foi encontrado no vermelho.
Eduardo Sá – PRTB ficou com o papel de expor as falhas do decreto de emergência assinado pela Prefeita cobrando explicações dos pontos que na realidade se confundem e não se explicam. E onde estava Marcelo Menezes – PRP? Exercendo a função de 1º. Secretário apenas. Não deu uma palavra, em uma clara resposta aos colegas “da base” que o colocaram como persona non grata. 
A primeira performance dos vereadores foi apenas uma mostra de como deve ser o debate no parlamento… Vem chumbo grosso por ai!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *