DRA. ROSÂNGELA, A VOZ DA SAÚDE

DRA. ROSÂNGELA, A VOZ DA SAÚDE

Competentíssima, bastante requisitada, Rosângela Aparecida Barros Curado (foto) se destaca pelo excelente trabalho como Secretária de Saúde de Coelho Neto. Ela, que é filha de paraibano com maranhense, nasceu em São Paulo, na cidade de Santos, ao lado da Vila Belmiro e se assume como “Peixe” torcedora roxa do Santos Futebol Clube. Tem 43 anos, é casada com o pecuarista Paulo Guilherme da Silva Curado e é mãe de dois filhos, Loruama e Luami.

CURRÍCULO INVEJÁVEL

Cirurgiã dentista de formação, Dra. Rosângela Aparecida Barros Curado tem especialização em Saúde Pública, em Auditoria, Gestão e Planejamento Sistema Único de Saúde (SUS) e prestou relevantes serviços durante 20 anos na região tocantina, atuando como Secretária de Saúde nas cidades de João Lisboa e Imperatriz. E agora, no Baixo Paranaíba em Coelho Neto. (foto: Dra. Rosângela, o marido Paulo e a Assistente Social Célia)

ERRADICANDO O MAL PELA RAIZ

A cidade de Coelho Neto não é diferente de outras cidades do Brasil, temos uma população de aproximadamente de 50 mil habitantes e que as famílias estão realmente preocupadas nesse sentido e fomos procurados por algumas mães que estão passando por esses problemas que vem assolando o país, as drogas”. Fazendo um trabalho com o PROERD (Programa de Resistência as Drogas), e também por órgãos filiados, a Secretaria de Saúde de Coelho Neto vem filiando as famílias e realizando uma triagem para tratamento e cura de usuários de drogas usando métodos modernos de libertação e acompanhamento com psicoterapeuta para que essas pessoas sejam novamente incluídas no contexto social. (foto: Prédio da Fármacia Popular, prestes a ser inaugurado).

PIONEIRISMO

Contemplada pelo Ministério da Saúde, Coelho Neto é a primeira cidade do Baixo Parnaíba a receber a construção do NASF (Núcleo de Atenção a Saúde da Família), onde as pessoas se encaminham para suas equipes de PSF e os médicos e enfermeiros que trabalham nessa equipe multiprofissional encaminham para suas equipes de PSF e os médicos e enfermeiros que trabalham nessa equipe multiprofissional encaminham os pacientes para os especialistas e o atendimento de média complexidade nas áreas de ginecologia, pediatria, fonoaudiologia, terapia ocupacional, assistência social e até acupuntura, são feitos com urgência. Junto com o NASF (foto: Prédio em fase de conclusão) virá também o programa de Farmácia Popular, que beneficiará, além de Coelho Neto, as cidades de Buriti de Inácia Vaz, Duque Bacelar, Afonso Cunha, Aldeias Altas e outras. A inauguração está prevista para esse mês de julho.

A VIRADA

Dra. Rosângela Aparecida Barros Curado, que recebeu a cidade de Coelho Neto sem nenhum hospital público, o serviço era comprado do sistema privado, as AIHs eram divididas ao meio com um teto financeiro de 312 mil reais, tomou a primeira providência locando esse hospital para que fosse administrado dentro de uma visão pública para que pudesse dar um tratamento diferenciado para o paciente do SUS. A Casa de Saúde hoje conta com um plantonista em obstetrícia e de urgência e emergência, 24 horas. Também foi montado o serviço com três médicos ortopédicos com cirurgia de média complexidade. Implantado novos equipamentos automatizados, robotizados, para o laboratório de análises clínicas, onde estão sendo feitos dez mil exames por mês e cerca de sete mil pessoas, também por mês, passam pelo Hospital de Coelho Neto (foto).

POSTO DE SAÚDE

Com determinação e com uma visão centrada no modernismo, Dra. Rosângela conseguiu reformar todos os postos de saúde do município. Em 31 de outubro, dia do aniversário da cidade, foi entregue à população duas unidades de saúde, para duas equipes de PSF, uma no Bairro Santana, outra no Mutirão (foto), que também favorece o bairro Olho d´aguinha. Foram ampliadas de dez para treze as equipes de PSF e de Saúde Bucal. Foi instituída uma Central de Marcação de Consultas (CMC) e também implantado o Tratamento Fora de Domicílio (TFD) para pessoas com doenças renais crônicas que fazem tratamento em Timon ou em Caxias, pacientes que fazem exames especializados fora, que tem que ser referendados pela macrorregião Caxias e pela macrorregião São Luís, que detém os recursos da Programação Pactuada Integrada (PPI), que diz o que cada município tem que fazer dentro da sua competência.

A NOVA SEDE

Quando assumimos, a sede da Secretaria de Saúde do município era uma casa sem estrutura, todos os setores funcionavam em uma única sala, recursos humanos, compras, vigilância, tesouraria, só que agora nós instituímos uma nova sede da Secretaria Municipal de Saúde de Coelho Neto, onde tudo está em seu lugar e pela primeira vez houve uma descentralização dos recursos. Hoje a saúde é gestora própria, o Prefeito deu a gestão da saúde para o Fundo Municipal de Saúde”. Com as despesas ordenadas, o fluxo e a estrutura do Fundo Municipal de Saúde organizados, Dra. Rosângela amarra parcerias, pois sabe das dificuldades que é ser gestor no Maranhão, mas com sua vasta experiência combina as despesas, faz o planejamento, as compras, o pagamento, tudo está dentro de um cronograma que ela criou para sua Secretaria. Na gestão passada, todas as ações, todo o setor de compras, todo o setor de recursos humanos era centralizado na Secretaria de Finanças, que respondia por todo município.

ZONA RURAL COM SAÚDE

A zona rural de Coelho Neto foi contemplada com postos avançados de saúde com reforma e ampliação e que ficam abertos para os doentes. As estradas foram recuperadas para um melhor acesso às comunidades mais distantes que também são englobadas nas equipes do PSF e para maior segurança um técnico de enfermagem fica no interior, o médico vai fazer consulta no posto, melhorando assim o atendimento na zona rural.

VACINAÇÃO

Com 100% de cobertura vacinal, o município de Coelho Neto cumpre as metas pactuadas na vacinação. Com as salas já existentes e mais duas unidades recém-abertas, a vacinação tem sido feita de forma abrangente e, por conta da atenção básica, pré-requisito no pacto de indicadores, equipes volantes foram deslocadas para a imunização do município.

ATENDIMENTO VIP

No Hospital Municipal Casa de Saúde de Coelho Neto, quando chega um paciente na urgência ou na emergência, ele é encaminhado para o atendimento. Ele é atendido pelo médico, nós temos raio X, temos ultra-som, exames para detectar a doença, temos 100 leitos para, caso seja necessário, fazer a internação desse paciente. Ai vem o sistema do SUS, aquilo que não nos compete então é referenciado para a macrorregião de Caxias. Entendemos que o SUS é um sistema hierarquizado e a nós compete o atendimento de urgência e da emergência e a eles compete o atendimento de média e alta complexidade”. Com a mudança de sistema, a capital do Piauí, Teresina, não recebe mais pacientes de outras cidades, mas a Dra Rosângela conseguiu firmar parcerias para que sejam atendidos pacientes de alta complexidade, como pacientes com câncer, pacientes que precisam de operação no joelho, de cirurgia ortopédica, pacientes neurológicos, que são encaminhados para Teresina, agora com um protocolo instituído pela Secretaria de Saúde do Estado Maranhão com a Secretaria de Estado da Saúde do Piauí.

AQUISIÇÕES

Ano passado o Prefeito Soliney Silva conseguiu junto ao Governo do Estado o valor da sua emenda. Outros deputados da região, sensibilizados pela vontade e pela necessidade da região do Baixo Parnaíba de fazer um SAIDT – Serviço de Apoio de Imagem de Diagnóstico Terapêutico – ajudaram a viabilizar junto a Secretaria de Estado, à governadora Roseana Sarney e com o Secretário Ricardo Murad, que aprovou o projeto para a compra de tomógrafo, mamógrafo, teste ergométrico, eletroneuromiógrafo, dois ultra-som em três dimensões, dois raio X, ecocardiograma com Doppler, eletroencefalógrafo e todos os equipamentos de imagem para fazer um Centro de Apoio Diagnóstico Terapêutico.

UMA IMAGEM PARA SEMPRE

Acabamos de fazer a planta, já estamos com a aprovação da Vigilância Sanitária e vamos construir agora este Centro de Imagem anexo ao Hospital, até porque entendemos que para fazer, tem que fazer bem feito. Vamos fazer o Centro de Apoio Diagnóstico Terapêutico, dentro dos padrões do Ministério da Saúde, dentro dos padrões da Vigilância Sanitária de Saúde do Estado. Soliney já conseguiu junto com os seus colegas, emenda para começar essa magnífica construção”. Chamada pelo SINASV – Sistema de Informação dos Nascidos Vivos – órgão do Ministério da Saúde que registra em seu banco de dados todos os nascidos no município e pelo SIM – Sistema de Informação de Mortalidade, Dra. Rosângela recebeu os parabéns pois na sua cidade no ano passado não houve sequer uma morte materna e isso a deixou bastante sensibilizada e privilegiada, mostrando assim que o seu trabalho deu uma nova cara à saúde de Coelho Neto, instituindo algo que ali não havia, a referência e a contra-referência. Conseguiu pôr fim na ambulância-terapia e, acima de tudo, sabe que saúde não se faz de forma individualizada. Mostra para seus comandados a importância que cada um tem no seu papel, a importância de cada um em fazer o seu melhor, a valorização do profissional, a valorização da equipe que agora tem todo o conforto e a condição para fazer o melhor pela saúde de Coelho Neto.

TEXTO: DA REVISTA CARAS E NOMES

One thought on “DRA. ROSÂNGELA, A VOZ DA SAÚDE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *