De como a proximidade da eleição aumenta a probabilidade de disseminação das Fake-News…

De como a proximidade da eleição aumenta a probabilidade de disseminação das Fake-News…

A medida que os dias vão passando em direção a proximidade das eleições, os bastidores políticos tendem a esquentar.

Estamos diante de uma eleição diferente, com interferência direta das redes sociais e de um volume muito grande de informações.

Ao mesmo tempo que é uma boa aliada, a tecnologia também tem seu lado ruim, pois a explosão da influência das redes sociais trouxe consigo a infestação das fake -news.

Em Coelho Neto essa onda já começou. O desespero e o afã de atingir o lado adversário força pessoas a tentar ver o que não existe, simular brigas, estimular contendas e criar factoides dos mais diversos embasados em nada com coisa nenhuma. A situação é similar a pré-candidato que sai dizendo que vai fazer isso, que vai fazer aquilo, que vai mandar construir isso, que vai mandar implantar aquilo sem dizer a procedência do recurso, porque falar para tentar ganhar votos é fácil, conhecer a situação administrativa de uma cidade e suas possibilidades é outra bem diferente.

Diante da gravidade do cenário que se apresenta, caberá a população procurar discernir o que é notícia, o que é especulação, o que é jogo de intrigas e o que é fake news.

Esperamos que a Justiça Eleitoral seja enérgica com as medidas que possam coibir os abusos e os excessos daqueles que não conhecem o limite e que tentarão fazer da disputa um vale tudo onde tudo vale.

Lamentavelmente…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *