CONSELHOS DE JUVENTUDE PARTICIPAM DE ATO NO SENADO FEDERAL

CONSELHOS DE JUVENTUDE PARTICIPAM DE ATO NO SENADO FEDERAL

BRASILIA (DF) – Políticas públicas para a juventude, num processo de socialização e inclusão, foram o tema de audiência na Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH), realizada na mahã do último dia 11 de março

O debate foi realizado a pedido do senador Paulo Paim (PTRS) e tem entre seus convidados os deputados federais Lobbe Neto (PSDB-SP), Reginaldo Lopes (PT-MG) e Manuela D’Ávila (PCdoB-RS). Também foram chamados para a audiência sobre questões relativas à juventude o presidente da União Nacional dos Estudantes (UNE), AugustoChagas; o secretário nacional de Juventude, Beto Cury; o presidente do Conselho Nacional da Juventude, Davi Barros; e o secretário da Juventude do PT do Rio Grande do Sul, Mauricio Piccin e representantes de conselhos municipais e estaduais de todas as regiões do país, inclusive do Maranhão.
PEC DA JUVENTUDE
O senador Paulo Paim pediu que os parlamentares votem favoravelmente à Proposta de Emenda à Constituição 42/08, a chamada PEC da Juventude, do deputado Sandes Júnior (PP-GO). Paim saudou integrantes do Conselho Nacional de Juventude e dos conselhos muncicipais e estaduais de todo país, que ocupavam as galerias do Senado.

O senador explicou que a PEC estende aos jovens a proteção e os direitos já consagrados às crianças e aos adolescentes.
“Os jovens têm seu próprio modo de ver as coisas, têm seus interesses e pontos de vista, e a PEC da Juventude abre caminho para que se garanta a representação desses pontos de vista nas instituições sociais e políticas”. Afirmou Paim.
O líder do governo, Romero Jucá (PMDB-RR), informou que lutará pela aprovação da proposta em um único dia, quebrando os interstícios regimentais para votá-la em dois turnos na mesma data.

O senador Gerson Camata (PMDB-ES) disse que o discurso de Paulo Paim o convenceu a votar pela aprovação do Estatuto da Juventude.
Outros 12 senadores manifestaram apoio à proposta que já deve ser votada na próxima semana.

Antes de receber a comissão que representava o evento, o Presidente do Congresso Nacional Senador José Sarney já havia recebido e confirmado a delegação do Maranhão que a PEC seria prioridades e que teria o apoio de todos os senadores.

(Com colaboração do blog do Senador Paulo Paim e do Vereador Assis Filho).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *