ASSUNTO DO BLOG É DISCUTIDO EM SESSÃO DA CÂMARA

ASSUNTO DO BLOG É DISCUTIDO EM SESSÃO DA CÂMARA

Nosso blog desde quando entrou em operação no início do ano, tem tido o cuidado de denunciar, elogiar e criticar quando é o caso. Pois bem, temos batido num assunto que tem virado discussão no meio político tupiniquim e tem deixado “neguin” de cabelo em pé. O que se torna mais engraçado é que o reconhecimento que fizemos ao longo do tempo ninguém disse nada, na hora que começamos a mexer no calcanhar de Aquiles, “neguin” acordou e começou a questionar. Ora pílulas!

Na última sessão legislativa da Câmara (03) o Vereador Edvaldo Alves-PSL levou o assunto à tribuna da Câmara após a ler o artigo do blog que tratava sobre a posição do legislativo no que diz respeito à prestação de contas do recurso que a Câmara recebe todo mês do Executivo.

Edvaldo Alves questionou que o legislativo precisa dar o exemplo para que a população não seja obrigada a fazer questionamentos dessa natureza. Val questionou ainda que os vereadores não recebem nenhuma ajuda da Câmara e que qualquer ajuda extra solicitada pelo povo ou o vereador se rebola para conseguir na Prefeitura, ou sai do próprio bolso dos parlamentares.

Diante do discurso de Val, nenhum dos vereadores se manifestaram, ao contrário houve silêncio total por parte de todos, principalmente do Presidente da Câmara Mariano Crateús-PTB, que respondeu ao parlamentar sobre todos os assuntos questionados, menos quando o assunto foi o repasse das verbas. Até quando o tema permanecerá em sigilo absoluto? Ficamos felizes de pelo menos um Vereador criar coragem e levar a discussão pra o debate. Se a mesa diretora não se pronunciar poderemos utilizar os meios legais e provocar o Ministério Público tão pregado pelo Vereador Américo de Sousa-PT para que tudo venha às claras e que o principio legal da transparência seja garantido. O Vereador Val como sempre rouba a cena e merece nossos cumprimentos. Nota 10 para Ele!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *