A versão “mamão com açúcar” de Aluízio…

Secretário de Obras Aluízio Santos: versão mãmao com açúcar para defender o indefensável
Secretário de Obras Aluízio Santos: versão mãmao com açúcar para defender o indefensável

Quase vinte e quatro horas depois que o militante social Juvenal Neres foi agredido por um funcionário público da Prefeitura de Chapadinha, eis que surge o Secretário de Obras de Aluizio Santos e a tropa de choque da mídia palaciana para divulgar uma versão “mamão com açúcar” no intuito de contrapor a mídia negativa em torno do ocorrido.

Agindo em causa própria já que o acusado é pessoa de sua confiança e seu funcionário, Aluízio que nem presente estava cometeu a proeza de tentar questionar o depoimento da vítima e de policiais militares que testemunharam o ocorrido.

O documento de prisão em flagrante é claro: “informo que o homicídio não foi consumado devido à chegada da polícia no momento do fato”.

Santos subestima a inteligência das pessoas ao tentar transformar um acusado preso em flagrante numa vítima perseguida. A versão dada embora seja estapafúrdia precisava de uma autoria. O titular da Secretaria de Obras precisou se expor ao ridículo de assumir uma defesa absurda, para livrar Belezinha de se manifestar sobre o vexame.

Lamentavelmente o aparato do governo municipal tenta maquiar de forma patética um atentado ao trabalho livre da imprensa e abre precedente para que isso possa ocorrer novamente.

No mais, aumentem a oferta de óleo de peroba em Chapadinha porque o estoque que tinha já foi todo utilizado…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *