01 mês da denúncia do contrato da caminhonete e o silêncio sepulcral de Osmar Aguiar…

Osmar Aguiar: fechado em copas, presidente não comprovou lisura do contrato e nem deu paradeiro da caminhonete sumida há quase um mês

Há exatos 01 (um) mês, esse blog denunciava o contrato imoral de quase R$ 200 mil reais para aluguel de uma caminhonete celebrado pela Câmara de Coelho Neto.

A notícia caiu como uma bomba no parlamento, já que muitos dos vereadores alegaram não haverem sido informados dos valores do contrato. Nas redes sociais os protestos e críticas ao presidente teve repercussão imediata.

A princípio o presidente da Câmara Osmar Aguiar (PT), tentou desmerecer a denúncia com um discurso desesperado, atacando quem não tinha nada haver e achando que com seu teatro o caso se daria por encerrado. Mesmo alegando inocência, não apresentou nenhum documento nem aos seus pares e nem a imprensa sobre o ocorrido.

Acontece que o petista não contava que o blog teria acesso privilegiado de uma foto da caminhonete, o que facilitou o acesso aos dados do veículo.

Para nossa surpresa, o carro que deveria está em nome da empresa vencedora da licitação está em nome de pessoa física, o que no entendimento do Tribunal de Contas do estado – TCE é vedado. Após a denúncia, a caminhonete nunca mais foi vista, ou seja, vão pagar o contrato do mês sem o veículo ter prestado qualquer serviço ao Poder Legislativo.

De tão cobrado pela população, o assunto passou a ser alvo de debate de instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito – CPI, faltando à assinatura apenas de um vereador para que a investigação seja aberta.

Por fora, o ex-vereador Edvaldo Alves – Val levou o caso ao Ministério Público e aguarda-se o posicionamento da promotora para início das investigações.

No seio do governo, já existem os que admitem a falha do presidente e a gravidade da denúncia, que pode afastá-lo da presidência e até cassar o seu mandato. O prefeito de Coelho Neto Américo de Sousa (PT), estaria puto com a história e não mostra disposição alguma em defender o aliado.

Apesar de utilizar-se do líder do governo Luiz Ramos (PSD), para fazer um discurso de que estaria passando por problemas de saúde na família e que deveria ser poupado pelo momento, o que se viu na prática no último sábado (11), foi o presidente presente no leilão do povoado Volta, alegre e aparentemente muito disposto.

A denúncia é grave e merece explicações. Esse contrato imoral já deveria ter sido cancelado lá no início, como optou por não fazê-lo o petista deve explicações a seus pares, a sociedade e agora principalmente a justiça.

Se pensou que o assunto terminaria em pizza como acontece no Congresso o presidente errou feio.

O assunto está mais vivo do que nunca. E as cobranças também…

One thought on “01 mês da denúncia do contrato da caminhonete e o silêncio sepulcral de Osmar Aguiar…

  1. Isso é uma vergonha esse vereadores não tomarem uma atitude e deixam essa barbaridade acontecer ou será que eles também tem os rabinhos presos???
    Porque não há outro motivo pra tanta silêncio!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *