Vice prefeito Antônio Pires faz denúncias envolvendo Instituto de Previdência e setor da saúde de Coelho Neto

O vice-prefeito Antônio Pires (PCdoB),  fez uso do espaço de participação popular na Sessão Ordinária desta quinta (22), para fazer denúncias envolvendo o Instituto de Previdência e a saúde em Coelho Neto.

Sobre o Instituto de Previdência do Município, o vice-prefeito fez um longa explanação a respeito de um ofício solicitando diversas informações após identificação de alguns critérios em situação irregular, mas que não teve as informações e documentos atendidos na integra.  Ele mostrou preocupação com o não cumprimento dos itens questionados com receio de que estes possam prejudicar a previdência própria e quem dela depende.

Sobre a saúde, o vice-prefeito denunciou a ausência dos médicos do Programa Saúde da Família na zona rural. Ele falou que esteve recentemente no povoado Monte Alegre e de que lá foi informado que a última vez que um médico esteve na localidade foi no mês de maio.

Na sua fala, o vice-prefeito chamou atenção de que todos os postos de saúde da zona rural estão fechados e que curiosamente na base de informação do Ministério da Saúde todas as unidades permanecem ativas e funcionando semanalmente, incluindo o do povoado Bananalzinho que se encontra depredado, desativado na prática e recentemente tema de matéria estadual na TV Mirante.

Além da falta de atendimento, o vice-prefeito pontuou a regularidade na transfêrencia de recursos para manter o funcionamento dos postos e equipes, questionando para onde está indo estes recursos. Ele finalizou solicitando dos vereadores apoio na apuração das denúncias no Ministério Público com seus devidos encaminhamentos.

Durante a fala, o vice-prefeito foi aparteado pelos vereadores Dr Ricardo Chaves (Cidadania), Reginaldo Janse (MDB), Luiz Ramos (PSD), Liza Pires (PCdoB) e Osmar Aguiar (PT), que puderam manifestar seus poscionamentos acerca das denúncias que estavam sendo feitas.

Ao final o presidente Marcos Tourinho (PDT), agradeceu a visita do vice-prefeito, prometeu que os assuntos tratados na tribuna por ele deverão ser objeto de análise por parte dos edis e deixou o espaço a disposição para que as representantes do Instituto de Previdência e Secretaria de Saúde façam uso do mesmo espaço caso queiram, para prestarem seus esclarecimentos.

Assecom/CMCN

Deixe uma resposta