VEREADOR CARÁ PROPÕE TÍTULO DE CIDADANIA HONORÁRIA AO PREFEITO SOLINEY SILVA

VEREADOR CARÁ PROPÕE TÍTULO DE CIDADANIA HONORÁRIA AO PREFEITO SOLINEY SILVA



Às 10h:43 

Um projeto de decreto legislativo de autoria do Vereador Reginaldo Janse-DEM (Cará) propõe a concessão do Título de Cidadania Honorária Coelhonetense ao Prefeito Soliney Silva-PSD. Ao falar sobre o tema, Cará disse que o Projeto é extremamente oportuno e vem para corrigir uma falha histórica.
O Prefeito Soliney Silva tem quase 30 anos que escolheu Coelho Neto como sua terra. Aqui trabalhou e por intermédio daqui obteve todos os mandatos que ocupou inclusive o de vereador e prefeito por duas vezes. Era inaceitável que ele não tivesse o Título de Cidadão Coelhonetense já dado a ele pelo povo, mas que agora com a sensibilidade dos colegas será referendado pela Câmara Municipal, em razão de todos os relevantes serviços prestados por ele para nossa sociedade”, disse ele. 
Na justificativa ao Projeto o vereador Cará fez um breve relato da história do Prefeito Soliney Silva desde que chegou a Coelho Neto. Confira:
SOLINEY DE SOUSA E SILVA nasceu em São João do Piauí-PI em 08 de setembro de 1971 sendo filho de José Ferreira da Silva e Maria de Sousa e Silva. Empresário, chegou a Coelho Neto em 1986 junto com o pai para comandar filial de negócios da família na cidade. Iniciou sua carreira política em 1992, como vereador de Coelho Neto e em 1994 foi eleito Presidente da Câmara de Vereadores de nossa cidade.
Em 1998 foi eleito deputado estadual pela primeira vez tendo sido o mais jovem da legislatura e em 2002 se reelegeu. Sempre com votação crescente, exerceu três mandatos no parlamento estadual onde se destacou como voz firme em defesa do povo mais humilde de nossa terra e em defesa dos valores da honestidade e da decência pública. Na sua última eleição de deputado estadual, em 2006, obteve 9.998 votos em Coelho Neto dos 51 mil votos que o tornaram o quinto deputado estadual mais votado do Estado.
Na Assembléia foi membro da Mesa Diretora, Líder do Governo e membro de várias Comissões Permanentes dentre as quais a de Constituição, Justiça e Redação Final, a de Orçamento, Finanças e Fiscalização, de Relações do Trabalho e Administração Pública, de Obras, Serviços Públicos e Habitação, de Ética, de Legislação Participativa. Foi destaque ainda na Comissão Parlamentar de Inquérito-CPI do Crime Organizado que desbarateou várias quadrilhas em todo o Estado.
Como deputado foi autor de vários projetos que beneficiaram a cidade e a zona rural como o de instalação da telefonia móvel, o que transformou de Pelotão para Companhia a Polícia Militar da cidade, o que instalou o Pólo da UEMA além de obras viabilizadas junto ao governo do Estado como implantação de poços artesianos, recuperação da MA-034, asfaltamento do trecho Coelho Neto a Duque Bacelar e pavimentação de ruas e avenidas da cidade. É fruto de sua emenda parlamentar por exemplo, os equipamentos médicos que comporão o Centro de Imagem e Diagnóstico, o primeiro totalmente público do Maranhão.
Em 2008, disputou pela terceira vez a Prefeitura de Coelho Neto, onde foi eleito com 13.952 votos na maior votação da história da cidade, que pôs fim ao domínio de 12 anos da família Bacelar.
Durante o primeiro mandato colocou ações nas áreas de infra-estrutura, educação e saúde como prioridade. Em 3 anos e meio a frente do Executivo foi condecorado com o Prêmio JK como um dos melhores prefeitos do Maranhão, foi destaque no ID-SUS como a 5ª. saúde mais bem avaliada pelo Ministério da Saúde, recebeu o Selo SUAS em reconhecimento as ações na área da Assistência Social, na Educação um dos municípios que mais cresceram na última avaliação do IDEB e foi premiado com o Selo UNICEF – Município Aprovado 2009-2013 pelo Fundo das Ações Unidos da Infância pelas ações na área da criança e do adolescente.
Filiado ao PSD, disputou o segundo mandato e foi reeleito Prefeito de Coelho Neto repetindo a votação consagradora com 55,93% dos votos válidos o que corresponde a 13.335 votos. Esse ano foi eleito Vice-Presidente da Federação dos Municípios do Maranhão – FAMEM.
Recebeu o Título de Cidadania Maranhense outorgado pela Assembléia Legislativa do Maranhão e foi condecorado com a Ordem Estadual do Mérito Renascença do Piauí, maior comenda daquele Estado. Soliney casou-se em com Dona Mara Suely Almeida e Silva e do matrimônio nasceram Soliney Filho, Bruno José e Marcelo Henrique.
Em toda a vida como Empresário e principalmente como político, Soliney de Sousa e Silva tem sua história ligada com Coelho Neto, pois foi aqui que constituiu família, teve sua principal base eleitoral para conquistar vários mandatos, dentre os quais o de vereador e de Prefeito por duas vezes. São estas, entre outras, as razões maiores que lhe conferem o merecimento do Título de Cidadania Honorária Coelhontense. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *