Mais de 320 mil estudantes do Maranhão estão aptos a fazer as provas do Enem

1328124359concursopublico

Este ano, 327.800 estudantes da Rede Estadual de Ensino, incluindo os que já concluíram o Ensino Médio em anos anteriores, se inscreveram e estão aptos a fazer as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), neste sábado (5) e domingo (6). O aumento no número de estudantes inscritos é de 7,2% em relação ao ano passado, quando 304.327 alunos da rede se inscreveram.

O crescimento na taxa de inscrições já é resultado das ações desenvolvidas pelo Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), junto às Unidades Regionais de Educação (UREs), no sentido de garantir, nas escolas, o suporte necessário com a disponibilização dos laboratórios de informática para que os alunos pudessem fazer as inscrições.

Outro desafio do Governo do Maranhão é garantir que a participação dos alunos da rede seja qualitativa. Para isso, também, com orientação da Seduc e das 19 UREs, as escolas fizeram um trabalho voltado para o reforço do preparatório para o Enem. Dentre as ações, a realização dos aulões; aplicação de simulados integrados entre duas ou mais escolas, por área de conhecimento, trabalhando as matrizes curriculares do Enem; e estímulo ao uso das plataformas do Governo Federal, conhecido como ‘A hora do Enem’, na qual as escolas disponibilizam os laboratórios de informática para que os alunos possam realizar os provões. Além disso, várias escolas têm projetos exclusivos.

“O Governo do Maranhão tem a meta de melhorar tanto quantitativa e qualitativamente a participação dos nossos estudantes da Rede Estadual no Enem. É preciso que os nossos alunos estejam preparados para ocupar as vagas que são destinadas a eles. O número de inscritos, este ano, já nos aponta um avanço. Mas precisamos continuar trabalhando muito mais para continuar crescendo esse nível de participação. Outro desafio é reduzir o índice de abstenção na hora da prova. Precisamos garantir que o aluno que se inscreveu compareça aos locais de provas para fazer o exame. Por isso, motive-se, acredite no seu potencial”, enfatizou o secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão.

Provas 

O índice de alunos que se inscrevem no exame e deixaram de fazer as provas do Enem vem caindo gradativamente. Em 2013, 41,3% dos estudantes da Rede Estadual inscritos do Enem deixavam de fazer as provas, enquanto em 2015 este índice caiu para 28,3%.

As causas da abstenção são diversas e vão desde problemas relacionados à dificuldade de acesso, por conta de transporte e estadia de estudantes nas cidades/pólos de aplicação, a simples atrasos na chegada aos locais, nos dias de provas. A meta é continuar reduzindo esses índices, para isso, as UREs foram orientadas pela Seduc para garantir o apoio necessário no sentido de superar os problemas que levam à abstenção nos dias do exame.

“O Enem é uma política pública de grande significado no processo de formação de estudantes, pois avalia, não apenas informações, mas competências; é a porta de entrada para o ensino superior, bem como o Prouni. Acreditando nesta política, a Seduc acompanhou todo o processo de inscrição, bem como tem incentivado as Unidades Regionais de Educação para que estejam criando as condições necessárias no intuito de garantir que todos os alunos inscritos realizem a avaliação sem contratempo e garantindo que eles tenham resultado satisfatório no processo”, enfatizou a secretária adjunta de Gestão das Unidades Regionais de Educação, Rosyjane Paula.

Locais de prova do Enem serão divulgados nesta quarta (19)

1328124359concursopublico

Os candidatos do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2016 terão acesso às informações sobre os locais de prova nesta quarta-feira (19), a partir das 15h. O cartão estará disponível pela internet e também no aplicativo do Enem, disponível nas plataformas Android, iOS e Windows Phone.

O cartão de confirmação de inscrição, além do local, data e horário de prova, terá o número de inscrição do estudante, a opção de língua estrangeira e, quando for o caso, a indicação de atendimento especializado e específico e a solicitação de certificação do ensino médio.

Para obter o cartão, o participante deve acessar o site do exame, na área destinada ao participante. É preciso informar CPF e senha.

Para evitar atrasos, uma dica para os candidatos é fazer o caminho de casa até o local de prova antes da data do exame para conhecer o trajeto e evitar imprevistos. No dia da prova, é recomendado chegar com antecedência ao local. Os portões abrem uma hora antes do início do exame.

Enem

As provas do Enem 2016 acontecerão nos dias 5 e 6 de novembro. Mais de  8,6 milhões de candidatos se inscreveram neste ano. Nos dois dias de prova, os portões serão abertos às 12h e fechados às 13h, no horário de Brasília. Os estudantes devem ficar atentos ao horário de verão e verificar na localidade onde moram o horário exato do exame. As provas começam a ser aplicadas às 13h30.

No primeiro dia de aplicação do exame, serão realizadas as provas de ciências humanas e de ciências da natureza, com duração de quatro horas e meia. No segundo dia, os participantes terão cinco horas e meia para resolver questões de linguagens e códigos, redação e matemática.

A nota do exame é usada na seleção para vagas em instituições públicas, por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), bolsas na educação superior privada, pelo Programa Universidade para Todos (ProUni) além de ser requisito para receber o benefício do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Para pessoas maiores de 18 anos, o Enem pode ser usado como certificação do ensino médio.

Para se preparar para o exame, o candidato pode acessar a plataforma Hora do Enem,que disponibiliza gratuitamente um plano de estudos individual. O estudante faz um cadastro no qual preenche o curso que pretende fazer. O site também permite ao candidato participar de simulados nacionais, além de ter acesso ao Mecflix – portal com mais de 1,2 mil videoaulas.

Do Portal Brasil