SECRETÁRIA PARTICIPA DE ENCONTRO DE POLÍTICAS PÚBLICAS E JUVENTUDE

SECRETÁRIA PARTICIPA DE ENCONTRO DE POLÍTICAS PÚBLICAS E JUVENTUDE

SÃO LUÍS – A secretária de Estado de Educação, Olga Simão, participou, nesta quarta-feira (25), da solenidade de abertura do 6º Encontro Estadual de Políticas Públicas e Juventude do Maranhão promovido pelo Instituto Formação. O evento, que vai ser realizado até sexta-feira (27), discute a oferta do Ensino Médio no Maranhão e no país na última década.

O encontro propõe diretrizes para a oferta do ensino médio na nova década, versando pela promoção de ações cooperativas, solidárias e éticas entre os entes federados, com a garantia de políticas públicas integradas de formação e qualificação profissional da juventude, via ensino regular e outras modalidades, por intermédio do Governo do Estado ou em ação cooperativa com municípios.

A secretária Olga Simão falou dos esforços que vêm sendo realizados pelo Governo do Maranhão, como a recente parceria firmada com o Ministério da Educação (MEC) e o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), para possibilitar um ensino de qualidade e alavancar os índices educacionais do estado, através de um diagnóstico da educação maranhense. A secretária também destacou o programa Maranhão Profissional, uma iniciativa inovadora que irá possibilitar formação profissional qualificada para 200 mil jovens maranhenses.

“O Governo está trabalhando forte na educação do Maranhão. A parceria com o MEC/PNUD possibilitará caminhos para que possamos trabalhar as mudanças na realidade educacional do estado”, declarou.

O encontro contou com a participação do secretário de Articulação com os Sistemas de Ensino do Ministério da Educação (MEC), Carlos Augusto Abicalil, que ministrou a palestra sobre “O papel cooperativo dos entes federativos na oferta de políticas públicas para Juventude”. Abicalil apresentou números sobre a atuação dos jovens, mostrando que muito ainda pode ser realizado, e que os caminhos que estão sendo percorridos remetem a um futuro de mais possibilidades para a juventude.

“São necessários investimentos em políticas públicas voltadas para a juventude. O quadro que expomos em nossa conferência nos mostra que muitos jovens estão em busca de ocupações. É importante que esse cenário seja propiciado a eles. Os jovens precisam ter acesso à qualificação profissional, que já vem sendo trabalhada desde as primeiras etapas escolares, com um ensino de qualidade”, comentou Abicalil.

As informações são da Secom do Estado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *