Roberto Costa empareda Andrea Murad

Em conversa descontraída, ontem, com profissionais da imprensa que cobrem as atividades do Poder Legislativo, o presidente do diretório municipal do PMDB, deputado Roberto Costa, disse que o partido não apoia a ‘forma agressiva’ da deputada Andrea Murad fazer oposição ao governo de Flávio Dino.

Costa afirmou que não existe espaço no PMDB para ‘oposição irresponsável’ e que “o mais correto é esperar pelo menos seis meses para se observar as ações da administração e criticar o que estiver sendo feito de errado”.

O parlamentar condenou, ainda, o uso constante da tribuna por sua companheira de bancada ‘para agredir o governador’.

A propósito, por ter se posicionado contrário às orientações da direção estadual do PMDB, no que diz respeito ao ‘tiroteio’ diário na Assembleia Legislativa contra o governo, o ex-deputado Ricardo Murad estaria isolado no partido.

“Fazer o que a deputada Andrea está fazendo é seguir a orientação do deputado Ricardo Murad e nós, peemedebistas, não estamos dispostos a ser liderados por ele”, observou Costa. (Informe JP)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *