Prefeitura de Codó vai contratar 300 professores…

O projeto de lei no qual o prefeito Francisco Nagib (PDT) pedia autorização para contratar professores em Codó apenas analisando currículos terminou recebendo a aprovação de 16 vereadores, apenas 1 se opôs mesmo diante da discussão a respeito da constitucionalidade do pedido.

Agora a prefeitura, com o aval da Câmara,  vai realizar o seletivo curricular  e já corre contra o tempo para fazer isso uma vez que as aulas deverão começar dia 20 de fevereiro.

A secretária de Educação, professora Deuzimar Serra, nos informou agora pela manhã que  pretende contratar, inicialmente, 300 professores e ir aumentando este número conforme a verba da Educação (FUNDEB)  permitir.

ONDE ENTREGAR CURRÍCULO?

O edital  (lançado ainda hoje)  dá apenas dois dias para a entrega dos currículos que serão recebidos no prédio da chamada Praça do Vereda, que fica no bairro São Francisco (no Centro de Artes e Esportes Unificado de Codó) . Os currículos serão recebidos somente nos dias 8 e 9 de fevereiro, sendo que a secretária admitiu que poderá esticar este prazo até sexta-feira (mas é bom seguir os dias do edital).

Dos candidatos à professor de Educação Infantil e dos anos iniciais do Ensino Fundamental o edital exige Licenciatura em Pedagogia, mas admite formação mínima em nível médio na antiga modalidade NORMAL.

Já os candidatos a professor dos anos finais do Ensino Fundamental terão que apresentar licenciatura na referida área que desejar atuar.

A secretária explicou que a banca examinadora, formada por mestres e doutores em educação, vai pontuar de zero à 10 os documentos apresentados pelo candidato, quanto mais pontos, mais chances de vir a ser contratado.

 “E nessa pontuação vai levar em consideração, além da licenciatura, também a formação continuada, a questão da pós-graduação, se tiver, e a experiência profissional, então vai ser contabilizado isso olhando o currículo (…) além disso nós temos também que observar o plano de curso se está devidamente preenchido conforme o que diz a didática, né’, disse

QUAL O SALÁRIO?

Professores contratados em Codó em anos anteriores, conforme denúncia do sindicato, ganhavam menos que um salário mínimo. Sobre isso a secretária disse que está lutando por novos valores mas ainda precisa do estudo de impacto na folha de pagamento para definir quanto ganhará quem passar pela seleção.

Tá sendo feito um estudo pra ser pago conforme o piso, mas a gente precisa, realmente, qual será o impacto financeiro, seria uma irresponsabilidade divulgar sem antes a gente ter este estudo, então eu também estou trabalhando com isso, hoje de manhã a gente ainda vai retomar junto com uma equipe e eu creio que a resposta vai ser satisfatória com fé em Deus”, disse com esperança

INTERFERÊNCIA DE VEREADORES?

Também a perguntamos sobre a interferência política nesta escolha sobretudo a de vereadores aliados do prefeito  indicando currículos, uma preocupação de todos. Garantiu que isso não ocorrerá.

 “Essa seleção vai seguir um critério  rigoroso por uma banca de pessoas sérias, habilitados, mestre, doutores que foram convidados (…) então eu te garanto que esta interferência não vai existir porque eles já estão sabendo disso, conscientes”, disse.

Do Blog do Acélio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *