Prefeito de Coelho Neto segue sem ajudar famílias carentes e ignora decreto assinado por ele próprio

Prefeito de Coelho Neto segue sem ajudar famílias carentes e ignora decreto assinado por ele próprio

A cidade de Coelho Neto é uma das poucas cidades do Maranhão a não anunciar qualquer medida para ajudar as famílias carentes que estão em casa cumprindo a quarentena.

Diferentemente da maioria dos gestores da região, o prefeito de Coelho Neto Américo de Sousa (PT), segue sem prover qualquer ajuda. Na manhã desta quarta (08), a ex-vereadora Cristiane Bacelar usou sua rede social para cobrar a distribuição de alimentos para os mais carentes.

Em seguida, um dos defensores do governo na rede social veio com uma “conversa para boi dormir” de que as doações estão proibidas em decorrência do ano eleitoral. Tudo conversa fiada! Quer dizer que os prefeito de todo o país estão fazendo errado e só o de Coelho Neto está certo?

O próprio prefeito de Timon Luciano Leitoa (PSB), primo do deputado Rafael Leitoa (PDT), já anunciou a doação de 20 mil cestas básicas para as famílias carentes com recursos do município. Ao defender essa tese, o prefeito e seus principais apoiadores esquecem do Decreto nº 440/2020, que decreta situação de emergência em saúde pública em Coelho Neto.

Nesse documento assinado pelo próprio prefeito, o artigo 19 não só prevê a doação de cestas básicas como também a doação de material de higiene e limpeza.

Decreto assinado pelo prefeito prevê doação de cestas básicas e material de higiene e limpeza. Não faz porque não quer.

Quem será que esse pessoal estão querendo enganar?

3 thoughts on “Prefeito de Coelho Neto segue sem ajudar famílias carentes e ignora decreto assinado por ele próprio

  1. alguém que veio da pobreza quando se acha com o poder não quer ajudar ninguém, quem estava na lama e saiu joga lama nos outros é o caso do prefeito do PT
    Américo de Souza

  2. Revoltante. Quando se não tem nenhum preparo em gestão pública, acaba nisso. Só o fato de querer ser prefeito não é o bastante. Precisamos de pessoas competentes, capacitadas e principalmente olhar a real necessidade de seu povo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *