POLÍCIA DO MARANHÃO PARTE PARA O CONFRONTO COM MANIFESTANTES

POLÍCIA DO MARANHÃO PARTE PARA O CONFRONTO COM MANIFESTANTES


Começou, desde às 18h50, o confronto entre policiais militares e manifestantes que participam de um protesto na capital maranhense.

Havia um acerto prévio entre as duas partes, a de que o movimento seria pacífico e que os manifestantes ficariam na praça Dom Pedro II por alguns instantes  e que voltariam mais uma vez. O acordo não foi cumprido.

Por determinação do secretário de Segurança Pública, Aluísio Mendes, os policiais fecharam todas as entradas de acesso à pra Dom Pedro II.

Os manifestantes estiveram próximo do local, se retiram, ocuparam a ponte do São Francisco (já liberada), foram até ao São Francisco, e voltaram para tentar ocupar a Praça Dom Pedro II. Foi aí que o pau comeu.

Do alto, três helicópteros acompanham a multidão de mais de 30 mil pessoas, jogando bomba de gás lacrimogênio para dispersar a manifestação.

Uma das aeronaves desceu na praça enquanto as outras duas jogavam bombas do alto. Uma cena ridícula e com semelhança da época negra da ditadura. Uma demonstração de força de poder contra pessoas desarmadas. Contra estudantes, na sua ampla maioria, indefesos.

Agora, às 19h30, o Maranhão vai ficar mais uma vez conhecido  por uma imagem negativa. Aquela de repressão desnecessária e truculência descabida. É só aguardar os noticiários nacionais. Lamentável.

Do Blog do Luis Cardoso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *